24.11.20

O Corvo ganha edição especial bilíngue e em capa dura

A Faro Editorial vai lançar uma edição especial, bilíngue e em capa dura, de “O Corvo” de Edgar Allan Poe. Lançado há mais de 200 anos, o poema que inspirou gerações é um marco na literatura mundial.

Nunca mais” 

Uma frase enigmática, dita por um pássaro sombrio, numa noite de solidão. Um clássico atemporal , que inspira filmes, peças e permeia a imaginação dos leitores. O que é fantasia e o que é realidade? Era apenas a dor de uma perda ou um recado vi n do do além? Há quem diga que foi um pesadelo, e outros que sabem que era um presságio. A verdade é que a ave era enfática e o homem sabia, nunca mais a vida seria como antes. 

A Faro Editorial lança este mês uma edição especial do clássico de Edgar Allan Poe, “O Corvo” . Com tradução de Thereza Christina Rocque da Motta, a obra - prima de Poe chega as livrarias numa edição capa dura e bilíngue, com as ilustrações originais de James Carling. Um homem atormentado pela morte da amada é despertado pelo barulho incessante de um corvo, e a trama que se desenrola no poema demonstra tanto a genialidade do autor quanto os demônios que ele carregava. 

“The Raven” é o texto fundador de apresentação da Filosofia da Composição, proposta pelo autor, em que afirma que a boa escrita nasce d e um processo metódico e analítico, e não intuitivo. Poe escreveu diversos livros e contos, mas nenhuma outra história atraiu tantos leitores e tamanho reconhecimento pela crítica especializada.

“O Corvo” foi publicado dois anos após a morte precoce da esposa de Poe. E o autor não teve tempo para ver o sucesso de sua obra. Morreu na miséria e sem saber que seu corvo seria adaptado para TV, cinema, séries, cartoons e teatro por sua carga dramática, perene e universal. 

Ficha Técnica 
Título: O corvo 
Nº de págs: 96 
Preço: R$ 49,90 

Sobre o autor

Edgar Allan Poe nasceu em Boston em 19/01/1809 e faleceu em Baltimore em 7/10/1849. Foi poeta, contista, editor, crítico literário e trabalhou em diversos jornais em Richmond e Nova York, onde publicou diversas de suas histórias. Poe foi um dos primeiros contistas americanos e é considerado o inventor do gênero de ficção policial e científica, e o primeiro a tentar sobreviver como escritor. Casou - se em segredo com sua prima Virginia, de 13 anos, que veio a falecer 11 anos mais tarde de tuberculose, dois após a publicação de “O Corvo”, em 1845. Em 1839, foi publicada, em dois volumes, sua coleção Tales of the Grotesque and Arabesque (traduzida para o francês por Baudelaire como Histoires Extraordinaires), que, apesar do insucesso financeiro, é apontada como um marco da literatura norte - americana. Entre seus vários contos famosos estão “O gato preto” e “Os assassinatos da Rua Morgue”.

James Carling (31 de dezembro de 1857 - 9 de julho de 1887) nasce u em 31 de dezembro de 1857 em Liverpool, na Inglaterra. Sua mãe morreu quando ele tinha apenas 6 anos e seu pai morreu 4 anos após a morte de sua mãe. Desde muito jovem, James era conhecido por usar as ruas de Liverpool para sua arte e para mendigar por dinheiro. Em 1871 foi para os Estados Unidos, e, aos 23 anos, participou de um concurso da revista Harper's Magazine para ilustrar uma edição especial do poema mais famoso de Edgar Allan Poe, O Corvo. Seus desenhos estão agora expostos no Museu Edgar Allan Poe, na Virgínia, Estados Unidos. Voltou a Liverpool em 1887 com intenções de promover sua arte e carreira, mas sua vida foi interrompida precocemente. Carling ficou doente e morreu em 9 de julho de 1887, com apenas 29 anos

Postar um comentário

últimas resenhas e críticas

Acompanhe no Instagram: @dnisin

© Seja Cult. Design by FCD.