4.9.20

Quase Rivais || J. Sterling


Quase Rivais é uma história narrada em primeira pessoa pelo ponto de vista de Julia e James. Ambos têm sentimentos um pelo outro desde jovens, todavia, por conta de uma briga entre as famílias que já dura gerações, os dois não podem se envolver. James, no entanto está disposto a quebrar essa tradição, embora Julia não se mostre disposta a fazer o mesmo. Ambas as famílias possuem uma vinha vizinha a outra e cuidar dos vinhedos é tudo para Julia, que se esforça muito para que sua produção seja uma das melhores. Ela sabe que pode perder tudo se se envolver com James e, apesar dos sentimentos, ela não sabe se vale a pena arriscar tudo por alguém.

Como a história sugere, é inspirada no clássico Romeu e Julieta. James é um personagem com o qual é fácil se afeiçoar. Ele é corajoso e um amorzinho, um cara cheio de sentimentos e que não tem medo de arriscar. Julia é bem independente, mas tem receio de perder as vinhas e despertar a ira do pai, por isso reluta muito em ceder a James. Escrever um livro no nosso século com uma premissa em que famílias são inimigas por tanto tempo é uma coisa bem ousada e, honestamente, eu lia a obra com um sentimento tão cético quanto o dos próprios personagens que achavam que a coisa toda não fazia sentido quando isso tinha começado lá atrás, com os bisavós de ambos.

Mas esse é o tipo de livro para não ser levado muito a sério, um romance clichê e curtinho para tirar o estresse, então acho que seria injusto da minha parte cobrar algo mais do que isso e ao que se propõe a história cumpre sua função e consegue entreter, já que, além do clichê, a autora tem uma escrita ótima. Preciso reconhecer, no entanto, que não senti muita química entre os personagens e menos ainda os sentimentos que eles tinham um pelo outro.

Não é que não parecesse verídico, mas como o livro já começa com ambos se gostando e basicamente se trata de James tentando convencer Julia a lhe dar uma chance, senti como se tivesse começado um livro que já estava na metade. Queria ter visto mais do desenvolvimento do amor dos dois mesmo que fosse com flashbacks do passado. Quase Rivais, como dito por mim anteriormente, é um livro para ser lido sem pretensões. Rápido, com uma escrita fluida, é uma boa opção para quando você precisa de algo leve e gostoso.

Quase Rivais
J. Sterling
Faro Editorial: Facebook/Instagram

Adquira o livro em um dos nossos links comissionado:
Amazon/Americanas/Submarino

Postar um comentário

últimas resenhas e críticas

Acompanhe no Instagram

© Seja Cult. Design by FCD.