30.9.20

Magnatas do Crime

Magnatas do Crime || Em exibição em cinemas selecionados 
Crítica por Helen Nice

Imagem: Divulgação

Quando vemos que o filme tem nos créditos o nome - Guy Richie - já nos preparamos para o melhor! Diretor, produtor, roteirista, ex de Madonna e parente por ancestralidade de Catherine, Duquesa de Cambridge. Nos anos 90, Guy foi nomeado e ganhou os mais significativos prêmios do cinema por seu estilo dinâmico e peculiar. Aos 51 anos parece que, como vinho, Guy Richie está cada vez melhor, reciclando seu próprio estilo de contar uma estória de forma divertida, envolvente, única. Em suas mãos habilidosas até aquela antiga história de gangster ganha nova roupagem. 

Fiquei bem ansiosa para assistir Magnatas do Crime e não me decepcionei. Além da direção, The Gentlemen - título original - tem um elenco de peso. Sou fã de Hugh Grant e aqui ele está incrível, maquiagem perfeita, que o deixa quase irreconhecível, no papel do narrador da história, o repórter investigativo Fletcher. Por similaridade, podemos dizer que o personagem Fletcher seria o próprio Guy contando a história de seu filme. Fãs piram!!! Fletcher dá a linha de raciocínio e explica a trama de maneira engraçada, característica inata do ator britânico Hugh Grant. OMG! que sotaque lindo!!! Fletcher também faz o papel do público questionando o desenrolar da trama e dando as respostas. 

Imagem: Divulgação

Tudo gira em torno do americano Mickey Pearson, o excelente Matthew McConaughey, que construiu um império de produção e venda de maconha em Londres e vem monopolizando o comércio com lucros absurdos. Detalhe para as cenas da plantação da erva e da trilha sonora! Mas Pearson pretende se aposentar e para isso precisa vender a "empresa" com lucro. A notícia gera especulação, sabotagem, chantagem e falcatruas de todos os lados. Na linha de investigação e chantagem de Fletcher está Ray, outra fera do cinema Charlie Hunnam, que praticamente contracena o tempo todo com Hugh e juntos entregam momentos muito engraçados. 

Entre suposições e fatos, a história se desenrola numa velocidade envolvente e nos apresenta Collin Farrel como Coach, Henry Golding como Dry Eye, Jeremy Strong como Matthew e Michelle Dockery como Rosalind, a bela esposa de Mickey. Se ligue nos desvios da história principal para não se perder pelo caminho. São muitas idas e vindas. Mas não se preocupe, tudo se encaixa perfeitamente no final. Resumindo: Magnatas do Crime é aquele filme que conseguiu juntar bons personagens, uma trama engraçada e um quê de mistério na medida certa. Não tinha como dar errado!

Postar um comentário

últimas resenhas e críticas

Acompanhe no Instagram

© Seja Cult. Design by FCD.