Slider

Verão de 84

5.9.19

Verão de 84 || Estreou em 29 de agosto de 2019
Crítica: Bárbara Ellen

Até mesmo serial killers são vizinhos de alguém.

Na maior vibe de Stranger Thins (e devo confessar que me lembrou It também), nós temos crianças que estão envolvidas em um mistério mas, diferente de ST, a ameaça é humana, o que deixa o filme com um ar mais sombrio, porque é algo mais perto da nossa realidade. No filme quatro adolescentes, após ouvirem no noticiário que garotos estavam desaparecendo nas redondezas, resolvem investigar um dos seus vizinhos, o policial Wayne Mackey (Rich Sommer) ao suspeitarem que ele poderia ser o serial killer procurado do momento, o “assassino de Cape May”. Depois de Davey (Graham Verchere) convencer a todos dizendo que eles deveriam procurar pistas sobre os assassinatos na casa de Wayne, os quatro amigos traçam planos de conseguir as provas que incriminam o policial.

A parte cômica fica por se tratar de adolescentes no auge da puberdade, com os hormônios a flor da pele, que experimentam bebidas alcoólicas e veem revistas de pornografia. E o filme se passar na década de 80 nos traz toda aquela magia de ver coisas antigas como o fato deles se comunicarem por walkie talkies e caminharem na rua livremente altas horas da madrugada. Casas na árvore e a trilha sonora composta por várias notas de sintetizador fecham o combo com maestria, nos transportando diretamente para aquela época. Na trama ainda temos a presença da Nikki (Tiera Skovbe), que faz parte do estereótipo de vizinha/babá mais velha que sempre encontramos nesse tipo de filme.


Embora ela apareça frequentemente dando indícios até de que teria algo a ver com os assassinatos, achei algumas cenas dela mal construídas e fiquei com uma sensação de que algo se perdeu ao longo do filme. O mesmo acontece com alguns personagens, suas histórias são apenas jogadas em algumas partes do filme não nos dando a opção de simpatizar com os problemas pessoais de cada um. Acredito que o filme poderia ser melhor em alguns pontos, mas que ele cumpriu o papel de ser um filme divertido, que fica balançando entre cômico e terror, e que tem uma pegada Stranger Things.

Interpretando os amigos de Davey, nós temos Caleb Emery como Woody, Judah Lewis como Eats e Cory Gruter-Andrew como Curtis Farraday. A direção é do trio RKSS: François Simard, Anouk Whissel e Yohann-Karl Whissel. O filme estreou na semana passada aqui no Brasil e recomendo se você quer se divertir sim. Mas veja com a cabeça e o coração limpos rs.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Theme Designed By Hello Manhattan

Your copyright

Seja Cult - Todos os direitos reservados.