Slider

Um Lugar Sombrio

5.8.19

Um Lugar Sombrio || Disponível nos serviços de streaming
Crítica: Karla Nayra



Em uma pequena cidade na Pensilvânia, um motorista autista de caminhão de lixo é capaz de sentir o mal cheiro da corrupção policial. Estrelado por Andrew Scott (o ator de Hulk), o filme é um estudo bem feito de personagem e um mistério que foge do lugar comum da investigação policial. Donald Devlin (Andrew Scott) fica obcecado em desvendar a morte de um garoto aparentemente acidental. Scott oferece uma interpretação convincente que prende a atenção do espectador e conduz o filme num ritmo bom. Ainda assim, o filme que é geralmente bem executado e competentemente trabalhado poderia ter sido melhor problematizado. O tema da deficiência mental e abuso infantil devem e merecem uma abordagem mais complexa do que a feita pelo filme.

O diretor Simon Fellows imprime na obra uma atmosfera bastante convincente da região estadunidense Rust Belt, especialmente considerando que, para fins de incentivo fiscal, o filme foi filmado em Griffin, na Geórgia. A obra tem um bom ritmo, mas não é tão bem sucedido quando pretende evocar um suspenses ou mesmo uma urgência narrativa. O filme trabalha questões relevantes de forma superficial, tanto psicologicamente quanto em termos de enredo. O protagonista é suficientemente perspicaz e se mostra estar ciente e frustrado por suas próprias limitações.

O estudo de personagem nos apresenta uma pessoa nada estereotipada. Ele é teimoso e rabugento, mesmo que o desempenho de Andrew Scott lhe dê uma pungência simpática. Na maioria das vezes, o roteiro não faz o personagem de repente se articular em um discurso moral quando isso se faz necessário, mas há alguns momentos que não são tão autênticos. Trata-se de um filme de baixo orçamento e por isso é possível perceber o quanto é artesanal. De um modo geral, é um bom entretenimento e traz um final que é possível questionar a decisão do diretor/roteirista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Theme Designed By Hello Manhattan

Your copyright

Seja Cult - Todos os direitos reservados.