Slider

A Vida Secreta dos Pets 2

11.6.19

A Vida Secreta dos Pets 2 || Estreia em 27 de junho de 2019
Crítica: Karla Nayra


Esse é um filme para toda a família, mas sem dúvidas os amantes de bichos sentirão um calorzinho maior no coração quando assistirem. O filme é uma divertida e animada aventura sobre alguns animais de estimação na cidade de Nova York. Com o sucesso do primeiro filme da franquia, a continuação desenvolve melhor questões trazidas anteriormente. O momento em que o filme começa ocorre não muito depois do término do primeiro filme. Max (agora dublado por Patton Oswalt, em vez de Louis C.K.) Duke (Eric Stonestreet) e Katie (Ellie Kemper) se deparam com um novo desafio, tem um bebê em casa.

Liam é o filho de Katie e Chuck (Pete Holmes). A princípio, Max fica apreensivo, mas logo ele passa a ser o protetor de Liam. A proteção e os nervos de Max são colocados em teste quando a família se dirige a uma fazenda da família onde Max conhece um cão alfa chamado Rooster (dublado por Harrison Ford). Enquanto isso, Bola de Neve (Kevin Hart), Gidget (Jenny Slate) e Chloe (Lake Bell) entram em algumas brigas quando conhecem um novo cachorro, Daisy (Tiffany Haddish). Todo o elenco original volta para a sequência com alguns novos dubladores. Sendo esta uma sequência, a história perde um pouco do foco em certos grupos de personagens. É muito parecido com um filme dos Vingadores quando várias histórias estão acontecendo ao mesmo tempo. Mas depois vemos tudo junto na tela e tudo faz sentido. Mesmo assim, o filme termina de uma forma divertida e empolgante, porém não há nada de novo.


Muito parecido com o primeiro filme, os personagens de Hart & Slate conseguem os melhores momentos. Acho engraçado que um recurso de animação permita que esses personagens cômicos flexionem seus músculos e brilhem. Oswalt substituindo C.K. funciona bem e se encaixa na história. É quase como se eles construíssem uma outra história ao seu redor, jogando com suas forças de atuação. A animação é feita de uma maneira muito interessante. É parecido com o estilo Illumination que eles escolheram com a série Minions e Despicable Me. Felizmente, cada personagem é único e se destaca em seus próprio momento. Os co-diretores Chris Renaud e Jonathan del Va (que não são creditados no final do filme) sabem como colocar uma piada que as crianças vão ter e seguir com uma piada que vai se dar bem com os adultos no filme.

O filme traz uma mensagem sobre sair da sua zona de conforto e pedir ajuda quando necessário. Há alguns momentos em que você pode ver esses animais com problemas semelhantes aos nossos, especialmente ao ver crianças crescendo. O filme é muito engraçado e divertido. A Vida Secreta dos Pets 2 não reinventa a roda em recursos animados, mas faz o que o primeiro filme fez melhor. É um divertido filme de animação com um grande elenco de personagens que mantêm a história. Eu definitivamente assistiria um terceiro capítulo da saga dos pets. Tudo o que o primeiro filme faz bem, esse segundo recurso melhora. Eu chamaria isso de sucesso no mundo do filme.

Um comentário:

  1. eu assisti o primeiro pets e adorei, a animação é uma graça, com certeza já quero assistir o 2

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir

Theme Designed By Hello Manhattan

Your copyright

Seja Cult - Todos os direitos reservados.