Slider

Rocketman - Crítica 2

30.5.19

Rocketman || Estreia em 30 de maio de 2019
Crítica: Bárbara Ellen


Como eu poderia descrever Rocketman sem colocar as palavras “Extraordinário” e “Perfeito”? Fui ao cinema na cabine assistir e me senti completamente como uma parte da vida do Elton, ou melhor, Reggie. O filme mostra desde a infância conturbada até sua ascensão como artista, compositor e cantor. Mostra também seu envolvimento com as drogas e como a sua trajetória e falta de amor acabaram transformando-o em um alcoólatra. Seus relacionamentos familiares são mostrados de uma forma íntima e nos deixa profundamente emocionados o fato de sua mãe ter sempre o renegado e o culpado por sua vida difícil e seu relacionamento falido. Seu pai era incapaz de amá-lo. Vivendo uma vida medíocre em que não conseguia demonstrar qualquer tipo de emoção ou afeto. Sua avó foi a única que o apoiou desde o começo e levou para ter aulas de piano na Royal Academy of Music.

Logo em seguida, vê sua vida mudar ao encontrar Bernie (interpretado por Jamie Bell) e juntos eles constroem um novo império de músicas bem escritas e com sentimentos e melodias únicos. Eu sou super fã de musicais e não esperava menos do que cenas em que as músicas se encaixam perfeitamente à narrativa do filme e este em questão soube fazer isso com maestria. Cada música (apesar de nem todas terem sido escritas na ordem cronológica apresentada no filme) soube representar exatamente o que ele estava sentindo e a voz do Taron Egerton (que interpreta o Elton John) é sensacional, muito característica e deu vida ao personagem principal.


O melhor de tudo é que o filme não escondeu nada. Sua tentativa de suicídio e seu descobrimento como homossexual foram representados (creio eu) da forma mais fiel possível. O próprio Elton John acompanhou as gravações e deu palpites sobre o filme. Confesso que não sabia o que esperar e fiquei maravilhada com o figurino, com a fotografia e com as interpretações. Taron Egerton pode ser o favorito para levar o Oscar no próximo ano, porque ele estava simplesmente fantástico. Também temos Richard Madden (nosso querido Robb Stark) e Bryce Dallas Howard (Jurassic World) marcando presença no filme.

Curiosidade: O próprio Taron Egerton que canta todas as músicas. Recentemente ele cantou nos festivais ao lado do Elton em pessoa.
Recomendo: COM CERTEZA. Já quero assistir de novo.
Nota: 10/10

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Theme Designed By Hello Manhattan

Your copyright

Seja Cult - Todos os direitos reservados.