Slider

O Lado Obscuro || Tarryn Fisher

31.5.19


Tarryn Fisher está de volta com um romance diferente e parecido com os outros dela. Essa autora não escreve estórias comuns, de amor, com finais felizes. Sempre tem um toque puxado para o psicológico, personagens que nem sempre nos cativam, mas que são bastante realistas. O lado Obscuro tem exatamente esses toques e é um suspense, na minha opinião. A protagonista do livro, a escritora Senna Richards, acorda um dia em uma casa, no meio da neve, junto com seu ex-médico e ex-namorado, se é que a gente pode chamar assim. Eles não sabem como foram parar ali, só que não podem sair. A casa é equipada com suprimentos contados, então no desesperado de além de  descobrir como escapar, eles também tentam desvendar quem é a pessoa por trás do sequestro.

O sequestrador deixou pistas e elas remetem a alguém que conhece os segredos mais íntimos dois dois. Quem narra é a Senna, e essa é uma personagem gente que eu não consegui gostar totalmente, característica da Tarryn como disse. Ela não consegue manter laços com as pessoas, se abrir, e acaba magoando todo mundo, sendo desagradável. Aquele tipo de pessoa que gosta de ver as outras tristes, então não dá para engolir ela muito bem. A autora tenta equilibrar isso, justificar, com o abandono da mãe, com algumas doenças que ela passa, mas para mim isso não cola. Falando da vida real, todo mundo passa por problemas e se você se fechar, maltratar as pessoas, só fará mal a você mesmo, como fica provado no livro.

A espera pela morte é a pior forma de tortura que uma pessoa pode imaginar.


O Isaac, médico e que se envolveu com a Senna, é um santo, porque ele trata ela fisicamente e tenta ajudá-la psicologicamente. Ele se doa, envolve, fica ao lado dela e só recebe patada. Achei até injusto que um personagem como ele acabasse ficando preso com a Senna na casa, é triste na verdade, você se dedica tanto a alguém, ama essa pessoa, e não recebe nada em troca. Quando a Senna narra o passado, sabemos como eles se conheceram e como tudo acabou. Se eu fosse o Isaac já tinha pulado fora na primeira oportunidade, mas como ele mesmo diz quando a Senna pergunta porque ele ainda gosta dela, eles são almas gêmeas e isso não se escolhe.

O novo livro de Tarryn Fisher foi apresentado pra gente como o mais visceral da autora; um retrato cru de uma personagem que nem sempre desperta o melhor de quem lê e é exatamente isso. O lado Obscuro é uma obra que mexe com o psicológico nas cenas em que descreve os personagens passando fome e sem contato com o mundo, que brinca com passado e presente para tentar explicar o sequestro, e não poupa palavras para mostrar o lado feio do amor. Quem conseguir superar a casca da protagonista pode ser que torça muito por ela. Não vou entrar em detalhes para não estragar o final, mas dei a pista de como termina no começo da resenha.

E a minha única ressalva é exatamente sobre o final. O lado Obscuro é que um livro contemporâneo, que traz um sequestro e tenta fazer isso com o máximo de realismo pecou com o final, principalmente por causa da protagonista, que gosta de uma saída dramática. Não deu pra acreditar que isso aconteceria na vida real, por isso não foi cinco estrelas para mim. No mais, a leitura é boa, as pistas bem amarradas e algumas cenas causam incomodo. A Tarryn soube nos colocar na casa, passar a sensação da fome e de tentar se manter consciente numa situação dessas. Pode não ser o melhor livro de suspense e nem ter a protagonista mais cativa, mas a leitura passa angustia e desconforto e isso era exatamente o que a autora gostaria de passar.

Humanos não foram feitos para carregar o fardo de ninguém. Mal conseguimos carregar o fardo da nossa própria vida. 

O Lado Obscuro
Tarryn Fisher
Faro Editorial: Facebook/Instagram

Onde comprar (link comissionado):
Amazon

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Theme Designed By Hello Manhattan

Your copyright

Seja Cult - Todos os direitos reservados.