Slider

Primeira grande antologia de poetas slammers brasileiras vira livro pela Planeta

9.4.19

A antologia Querem nos calar: poemas para serem lidos em voz alta reúne poesias de 15 mulheres slammers de todas as regiões do Brasil. Os chamados poetry slams chegaram ao Brasil pelas mãos de Roberta Estrela D’Alva, em 2008, e são batalhas de poesia falada com temática livre que tem como destaque temas como racismo, machismo e desigualdade social.

Com prefácio de Conceição Evaristo, o livro conta também com ilustrações de Lela Brandão e é organizado pela escritora Mel Duarte, autora de uma das performances de maior destaque da Flip 2016 e integrante do Slam das Minas - SP.

“As nossas falas de mulheres e notadamente a das mulheres negras podem ser agregadas como refrão às vozes desta antologia. Querem nos calar: poemas para serem lidos em voz alta, é uma escrita em confronto ao silenciamento que buscam impingir sobre nós.” Conceição Evaristo

Autoras: Anna Suav; Bell Puã; Bor Blue; Cristal Rocha; Dall farra; Danielle Almeida; Laura Conceição; Letícia Brito; Luiza Romão; Luz Riberiro; Mariana Felix; Meimei Bastos; Negafya; Roberta Estrela D'Alva; Ryane Leão


Uma das mais bem-sucedidas escritoras brasileiras, Martha Medeiros completa 25 anos escrevendo crônicas semanalmente publicadas por jornais em todo o país. Fazer sucesso neste tipo de escrita é algo raro no Brasil, mas Martha tem o dom de encantar e instigar; de questionar e inspirar. Tem milhares de leitores fiéis que a tratam como uma amiga, uma pessoa da família. O poder da crônica é justamente oferecer um papo onde quem lê se sente íntimo de quem escreve.

Para celebrar este aniversário, ela selecionou as 100 crônicas de maior sucesso em toda a sua carreira. A maioria das colunas é sobre relacionamentos – amorosos e consigo mesmo. Alguns desses textos viralizaram na internet – como Uma oração para os novos tempos, escrito em 2013 e que ganhou as redes em 2018. Há textos que foram equivocadamente atribuídos a outros escritores, outros costumam ser citados em palestras e muitos fizeram diferença na vida de pessoas. Entre eles estão: O mulherão, A melhor versão de nós mesmos e A morte devagar – conhecida nos países latinos como Muere lentamente e nos países de língua inglesa como Die slowly.

E há também alguns textos inéditos. No último, A sério, que encerra este livro, ela escreve: “Somos um grão de areia, daqui a alguns anos nem seremos mais lembrados, a não ser que tenhamos sido generosos, agradáveis e tivermos repartido nosso conhecimento.” Com certeza, Martha Medeiros será lembrada por muitas e muitas gerações.


Outros Lançamentos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Theme Designed By Hello Manhattan

Your copyright

Seja Cult - Todos os direitos reservados.