Slider

Obsessão Perigosa

17.4.19

Obsessão Perigosa || Disponível nos serviços de streaming
Crítica: Bárbara Ellen


O filme começa quando um homem que está preso em um casamento estagnado conhece um jovem casal que se muda para a casa ao lado. Logo ele percebe o que antes parecia imperceptível ao começar a observar a vida dos vizinhos. Eles pareciam mais felizes do que ele, conviviam melhor com o companheiro do que ele e estavam mais apaixonados do que ele. Até tinham uma relação amorosa mais ativa do que a dele. Pelo menos era o que ele pensava. Logo ele começa a notar certas atitudes no marido. Ele gritava alto com a esposa na frente de todos, costumava ordenar as coisas ao invés de pedir e ela deveria fazer tudo o que ele quisesse. O relacionamento aparentemente era abusivo.

Ele começa a se aproximar da vizinha, uma jovem muito gentil e atraente na esperança de ajudar, mas logo começa a questionar a própria vida. Como ele continuava em um relacionamento falido enquanto a vizinha que era simpática e linda, a pessoa que ouvia sobre o que ele gostava e até parecia ser a companheira que ele sempre quis estava em uma relação abusiva? O filme nos traz uma reflexão interessante sobre casamentos que continuam por comodismo e sobre relações abusivas e o que elas podem se tornar.

Acredito que ele pode ajudar muitas pessoas a refletir e repensar suas atitudes. Apesar de achar o filme completamente parado, acho que essa era a proposta principal. Nos mostrar a agonia do ator principal ao repensar toda a sua vida. Se eu recomendo? Depende de que tipo de filme você gosta. Se preferir um filme com uma reflexão profunda independentemente de ser parado, esse filme é pra você. Se gosta de filmes com ações e um desenrolar mais rápido: não veja ou do contrário passará raiva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Theme Designed By Hello Manhattan

Your copyright

Seja Cult - Todos os direitos reservados.