Destaques

Receba as atualizações do site por email!

14/11/2018

O lado feio do amor || Colleen Hoover


O lado feio do amor é um dos livros mais conhecidos da Colleen Hoover. Não comecei minhas leituras da autora por ele porque não tinha e só li agora. Na verdade, eu comecei a leitura desse livro a um tempinho, mas não dei continuidade por não me prender muito aos personagens. A narrativa do livro é divida entre passado e presente. O passado é narrado pelo Miles Archer, 6 anos atrás, e o presente pela Tate Collins. Os dois se conhecem quando a Tate vai morar com o irmão, que é vizinho de Miles. Num primeiro momento ela tem uma péssima impressão dele, mal-humorado, frio e distante. Mas sente atração por ele e não consegue ficar longe por muito tempo. Já Miles não quer um relacionamento de jeito nenhum.

Com a leitura do passado, temos a certeza que alguma coisa aconteceu e no decorrer da leitura vamos pegando pistas até o final. Miles não quer relacionamentos porque não quer sofrer, o que aconteceu no passado destruiu seu coração e agora ele não quer entregá-lo a ninguém. Ele até sente alguma coisa pela Tate, isso é nítido, mas por medo não se envolve. Claro que a Tate vai aceitar o tipo de relacionamento que o Miles propõe, só sexo, imaginando que consegue faze-lo mudar de ideia, mas isso não acontece. Os dois vão viver nessa de um querendo uma coisa o outro outra, até Tate não aguentar mais.
Todas as coisas são Miles.
É assim quando alguém se sente atraído por uma pessoa. Ela não está em lugar algum e, de repente, está por todo canto, quer você queira ou não.

O relacionamento dos dois vai ser conturbado e basicamente só sexo. Esse é um dos livros da Colleen mais adultos, ela geralmente camufla as cenas de sexo, mas aqui são muitas e explícitas. Se você ler a sinopse vai entender que grande parte da estória gira nisso, só que tem outras coisas que acontecem no livro que são interessantes. A parte dele 6 anos atrás foi uma boa sacada da autora para entendermos melhor o Miles, não que isso justifique, porque eu não tive muita empatia com os protagonistas como vou comentar com vocês. A parte da aviação é legal também. Não comentei, mas o Miles e os homens da família de Tate são pilotos de avião, então o envolvimento deles se passa entre uma viagem e outra.

O problema que tive com esse livro foi que a narrativa é focada totalmente no casal principal. Não tem personagens secundários que te dê um alivio e chega um momento em que a Tate o Miles estão tão nesse chove num molha de "namora, não namora" que me cansou. Me deu um pouquinho de raiva também da Tate por aceitar um relacionamento tão ruim para si. Ela sabe que o Miles vai fazê-la sofrer, que é muito difícil que ela mude as atitudes dele, mas mesmo assim insiste. Chora, sofre, passa dias na bad e mesmo assim aceita o que ele propõe. Se você para pra pensar, é triste que uma mulher tenha que aceitar algo assim. Óbvio que ele muda, é um livro, mas na vida real não é o tipo de amor que eu gostaria de viver.
Morro de medo de perdê-lo de vez, então deixo que não me dê valor e aceito o que posso, apesar de saber que mereço mais.

O final sim deu uma respirada na leitura. Uma personagem aparece e narra, sai um pouco dos dois, e a dinâmica do livro muda. Esse final foi bem interessante e me emocionou em alguns momentos. Você fica imaginando o livro todo o que aconteceu com o Miles e quando descobre é bem sofrido. A segunda chance que ele se dá foi merecida, mas o modo como ele tratou a Tate o livro todo não me desceu. Fiquei nessa de não gostar dele o livro todo e no final ele ser só ok para mim, nada demais. A leitura foi boa, acabei dando 4 estrelas para ele no skoob, mas fica a ressalva que é um livro que cansa às vezes por ser focado só no casal.

Outra coisa, não entendi o livro ser em folhas brancas, totalmente destoado dos outros livros da Colleen pela editora e pelo amor de Deus, cadê a revisão? É cheio de erros. A capa foi muito bem escolhida e só faz sentido quando você entende tudo. O irmão da Tate daria um bom livro, ele não foi muito explorado, mas causa curiosidade. A autora com essa de ficar só nos protagonistas perdeu de introduzir uma boa estória com esse personagem.
O amor nem sempre é bonito, Tate. Às vezes, você passa o tempo inteiro desejando que um dia ele mude. Que melhore. E aí, antes que perceba, você já voltou para a estava zero e perdeu o seu coração em algum lugar no meio do caminho.
O Lado Feio do Amor (Ugly Love)
Colleen Hoover
Editora Galera: Twitter/Facebook

Adquira o livro no seguinte link e ajude o site:
Amazon

Comentários via Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

últimas resenhas e críticas

© Seja Cult – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in