Destaques

Receba as atualizações do site por email!

16/07/2018

Todo Dia (filme)

Todo Dia || Estreou em 12 de julho de 2018


Antes de comentar com vocês o que achei do filme, vale ressaltar que essas são impressões apenas do filme. Todo Dia é uma adaptação literária e embora eu tenha o livro, não li antes de assistir o longa. A estória é meio doida, e esse sentimento se mantém de quando li a sinopse pela primeira vez. É sobre uma entidade chamada A que acorda todo dia no corpo de uma pessoa mais ou menos na faixa dos 16, 17 anos. Em um desses dias, ele acorda no corpo de Justin, namorado de Rhiannon, por quem A se apaixona. O interessante é que A acorda no corpo de pessoas próximas de quem ele acordou ontem.

Então depois de Justin ele vai acordar no corpo dos amigos próximos dele e de Rhiannon. Dá para perceber que um romance entre eles será bem complicado, mas acontece. A cada dia em um corpo diferente e encontrando formas de estar perto de Rhiannon, e os dois começam algo inusitado. Pensa bem, ele acorda em qualquer tipo de corpo, homem, mulher, gordo, magro, deficiente e por ai vai. O filme acompanha não só as mudanças de corpo de A como também o amadurecimento de Rhiannon em relação a sua família. Ela tem alguns problemas com o pai e vai empurrando isso com a barriga.


Desde quando eu soube que esse livro ia virar filme a minha maior curiosidade, e preocupação, era saber como eles lidariam com o A. Como as mudanças de corpo interfeririam na personalidade dele, porque o personagem tem uma mente própria. O A é uma alma sem corpo, que todo dia usa o corpo de alguém para viver a própria vida. Parece confuso, mas não é e no filme ficou super bem explicado essa parte e a gente consegue identificar a personalidade de A em cada corpo diferente. Isso é um grande parabéns para os atores que interpretaram o A, se eu não me engano foram 17. Todos eles souberam dar uma identidade para um personagem sem rosto ou corpo.

Na verdade, todos os atores desse filme estão ótimos. A Angourie Rice interpreta a protagonista Rhiannon e ela soube se adaptar muito bem a essa situação estranha. A personagem se apaixona por essa alma e vive tudo intensamente, e isso passou do filme para mim. A estranheza no começo, ficar com várias pessoas mas na verdade sendo uma, se apaixonar e depois o final. Gostei também da atmosfera jovem do longa, as músicas e cores vivas, a diversidade dos atores que fizeram o A. Tudo isso para provocar em quem vê a reflexão do amor acima das aparências. Parando pra pensar a Rhiannon se apaixona por uma personalidade e não um rosto.


Dai você entende o que o filme quer te passar e o porquê da escolha de atores tão diferentes para o papel de A. No fundo eu fiquei muito surpresa de ter gostado do filme, julguei que seria a adaptação de um romance juvenil que pegaria as pessoas nessa estória do A, mas só isso. Eu nunca tinha parado para ler uma resenha do livro e assimilado a razão das pessoas gostarem tanto do enredo. Agora eu sei, mesmo que apenas pelo filme. E olha, não sei se como adaptação esse filme é bom, mas como filme ele é ótimo. Divertido, intrigante e com um final que não é nada mirabolante e que combina com a personalidade de A.

É um final até simples, mas que me fez penar em A muito tempo depois do filme ter acabado. E eu fiquei pensando depois o quanto isso é curioso, o fato de eu me apegar a um personagem que não tem rosto nem corpo. O filme terminou e eu fiquei "o que aconteceu com o A?". Passar a pensar na alma das pessoas e não no corpo que as abriga é uma das mensagens mais velhas que existem, A Bela e a Fera está aí para isso e todas as variações dela também, mas como esse filme fez isso é que é o grande diferencial. Ele saiu pela Paris Filmes e estreou quinta passada, então dá tempo de ver e é o que eu recomendo, assistam!

Comentários via Facebook

2 comentários:

  1. Bem diferente, ainda não conhecia o livro!

    http://submersa-em-palavras.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi Denise

    Todo Dia foi o segundo livro que li esse ano!
    Fiquei curiosíssima pra saber como iam colocar essa história num filme!
    Infelizmente ainda não consegui ir conferir, mas acredito que eu vá gostar muito!

    Bjooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

últimas resenhas e críticas

© Seja Cult – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in