Destaques

Receba as atualizações do site por email!

25/06/2018

Clash #2 || Nicole Williams


Li Crash, o primeiro dessa trilogia, muito antes de ser lançado por aqui. Tanto que quando a editora pediu aos parceiros indicações de livros para serem lançados, fui uma das que indicou ele. O problema é que eu só tinha lido o primeiro e amado, a continuação não. E qual não foi a minha surpresa ao aguardar esse livro e ter uma grande decepção com ele!!! Sim, Clash não foi nada do que eu esperava. Se você não leu Crash não recomendo que leia esta resenha pois eu posso dar spoiler do primeiro. Esse livro vai continuar de onde o primeiro terminou, com a Lucy e Jude indo para a faculdade e juntos.

Eles não estudam na mesma instituição, mas perto um do outro. A Lucy se dedica ao balé, o seu grande talento e pelo qual ela quer viver. Já Jude se transformou na astro do futebol americano da faculdade em que estuda. Ele está ficando famoso e muitos dizem que logo um grande time deve contratá-lo. Tudo estaria bem se não fosse as inseguranças de Lucy, que fazem com que ela veja coisa que não existe. O amor dos dois passa a ser testado não só pela Lucy, como também por pessoas que estão ao redor dela, mas no fim são as decisões de ambos que pode determinar o fim, ou não, do casal.


Sabe quando você lê um livro e percebe que a autora só escreveu ele para ter o próximo? Então, Clash me passou essa sensação. É como se a autora quisesse ir para o terceiro, mas precisasse desse antes e escrevesse um terço do que ela é capaz. Já começa com o livro tendo menos páginas do que eu esperava, ele tem 185. Mas superei isso, tem muito livro pequeno maravilhoso e que conta uma estória bem melhor do que vários calhamaços. O negócio degringolou quando a Lucy começou a ser insuportável. Ela é quem narra e meu Deus, eu não me lembrava dela sendo tão imatura. Aliás, ela não era assim!

A Lucy termina e volta com o Jude tantas vezes que na vida real acho que um homem não aguentaria, mesmo amando muito. Ela suspeita de algo que ele tenha feito e desestabiliza totalmente o cara com a sua insegurança. Para mim ela foi até cruel, já que sabe que o Jude não tem em quem se apoiar e ela é a única família que ele tem. Ela some, passa dias sem dar noticia e deixa o cara desesperado. Não que o Jude seja flor que se cheire, mas sério seja adulta e converse, termine e siga em frente. Largar as coisas pela metade, sem dar explicações, é coisa de adolescente e agora esses personagens já estão nos seus 20 e poucos anos.

O livro é basicamente sobre isso, os dois terminando e voltando, brigando o tempo todo. O enredo não é bem construido, com várias cenas que enriquecem a estória, é um pequeno pedaço da vida dos dois. O final sim é interessante e a autora deve começar o próximo daí. Eu fiquei bastante decepcionada com Clash. Li ele numa sentada porque a Nicole sabe prender mesmo com um enredo tão pobre. Eu fiquei agoniada para saber como os dois se entenderiam e qual o próximo passo deles como casal. Vou ler o último porque me apeguei aos personagens, principalmente o Jude. Mas olha, se esse fosse o meu primeiro contato com a série eu nem continuava.

Clash: Quando Corações Se Partem Crash # 2
Nicole Williams
Essência, selo da Editora Planeta: Twitter/Facebook

Resenha do primeiro livro da trilogia:
Crash - Quando a paixão explode

Adquira o livro no seguinte link e ajude o site: 

Comentários via Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

últimas resenhas e críticas

© Seja Cult – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in