Mister O || Lauren Blakely

13/11/2017


Para quem leu Big Rock ou a resenha que fiz aqui no site, link lá embaixo, sabe que os protagonistas desse livro aparecem no primeiro e são Nick Hammer e Harper Holiday. Eles aparecem em Big Rock porque são, respectivamente, o melhor amigo e irmã de Spencer, o protagonista do primeiro. Lá na outra estória a gente já sente um clima entre os dois, mas é em Mister O que vamos conhecer melhor os dois e o relacionamento deles vai acontecer. Nick é um cartunista famoso e escreve estórias eróticas. Ele tem um programa e o protagonista é o Mister Orgasmo, o cara que sabe dar prazer a uma mulher.

Desde um acontecimento lá do livro do Spencer, ele passa a reparar em Harper mais do que como a irmã de seu melhor amigo. Só que esse fato o impede de tentar algo com ela, até que ela vem até ele. Harper quer aulas de como conquistar um homem e também descobrir o que gosta na cama. Ela não é virgem, mas tem dificuldades em se relacionar com o sexo oposto, daí entra o Nick como cobaia. Claro que ele entra feliz da vida, pois vai ter a chance de ficar com a Harper, mesmo que temporariamente. Lendo esse pequeno resumo não é difícil saber o que vai acontecer.

Qualquer cara que acha que sabe de forma automática como agradar uma mulher é um idiota vaidoso. Cada mulher é única. Cada uma tem seus próprios estímulos e excitações. 


O Nick é o personagem que vai narrar a estória, e para quem não leu a resenha do primeiro ou não está por dentro de quem é a Lauren, nessa série os homens é que vão narrar. Isso é o que mais conquista os leitores, porque é difícil livros eróticos serem narrados, completamente, pelos homens. O Nick é um cara que encanta pelo jeito nerd e tímido, mas que quando você conhece melhor percebe que é inteligente e tem esperteza com as mulheres. Os homens da Lauren são os caras que a gente gostaria de se relacionar, que se importam e respeitam as mulheres.

A Harper, e eu vou comentar sob o ponto de vista do Nick, é a mulher da vida dele. Descolada, ela também é da área artística e se importa com ele mais do que com o cartunista famoso. Quando eles começam a se relacionar, a gente percebe que eles combinam não só na cama como no estilo de vida. Essa parte que eu falei da arte, é que ele é desenhista e ela é mágica. Os dois estão em sintonia e o romance é fofo, as saídas deles, o Nick apresentando a Harper para os amigos de trabalho. E a descoberta dela, do que gosta ou não, também é interessante.

Basicamente, o orgasmo feminino é a manifestação de tudo de bom no mundo. Ainda mais quando eu o proporciono, e já o proporcionei milhares de vezes. Sou como um super-herói do prazer, um agente de boas ações, um cara tímido antes, mas agora um garanhão, e minha missão é oferecer o máximo possível de orgasmos para as minhas mulheres. 


O que me incomodou profundamente nesse livro foi o tanto de erotismo que ele apresenta. Antes que alguém venha dizer "mas ele é um romance hot, tem cenas de sexo", deixa eu explicar uma coisa. O primeiro livro não tem um décimo das cenas de sexo que esse livro apresenta. Foi um choque quando eu comecei a ler Mister O e me deparei com uma linguagem completamente diferente do apresentado antes. Eu não tenho nada contra os livros hots, de vez em quando leio e gosto, mas foi uma mudança tão brusca que sei lá. Tem mais cenas de sexo do que enredo, uma coisa que me desagrada.

O livro é muito descritivo, com palavras, detalhes e tudo o que um livro erótico tem. Tirando isso, eu gostei dele. É mais divertido do que o primeiro, só que o outro é mais maduro e tem mais enredo. O próximo eu não faço ideia de com quem será, porque a editora não adiantou nada, além de ter comprado os próximos dois da série. Eu quero ler, mas espero que tenha mais enredo e menos sexo. Acho que o estereótipo de que os homens só pensam nisso não é tão certo assim. Homens, manifestem-se!

Porque em seus olhos eu vejo tanta vontade, tanto desejo, tanto de tudo que almejei dessa garota, tudo de que vi lampejos nas últimas semanas. Eu a quero para sentir tudo isso. Pra experimentar cada segundo desse momento antes de beijá-la. 

www.sejacult.com.brBig Rock - Ele Tem Todos os Talentos.
Lauren Blakely
Faro Editorial: Twitter/Facebook

Resenha do primeiro da série:
Big Rock

Adquira o livro nos seguintes links e ajude o site: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.