Historietas Assombradas

01/11/2017

Historietas Assombradas || Estreia em 02 de novembro de 2017
Texto: Paulo Vitor Mendonça 


Historietas Assombradas é um longa de animação brasileiro derivado da série de animação “Historietas Assombradas (para Crianças Malcriadas)” exibida pelo Cartoon Network. O longa é dirigido por Victor-Hugo Borges, criador e diretor da série de T.V. A história acompanha Pepe, um “menino monstro” (até hoje na história não foi revelado o que ele é) que vive em um mundo onde monstros, magia e muita bizarrice (no bom sentido) coexistem. Logo no primeiro ato descobrimos que Pepe foi adotado como neto por Ramona, uma bruxa poderosa que tem uma fábrica de poções em que todos trabalhadores são gatos .

O garoto sai em busca de encontrar seus pais verdadeiros contrariando os desejos de sua Vó. Ela sabe que existe algo de obscuro e perigoso no passado de Pepe e deseja protegê-lo, ainda que ela se irrite sempre como o menino por ele aprontar O TEMPO TODO. Lógico que o garoto parte nessa missão cheia de perigos e mistérios acompanhado de seus amigos Marilu, seu cachorro Ramirez, Guto e Gaston (que são gêmeos siameses de nacionalidades diferentes, BIZARRO mas GENIAL). Tem muito mais, mas vamos evitar spoilers.


Antes de ver o filme, pensei em assistir todas as temporadas da animação no Cartoon Network, porém decidi não fazer isso. Já tinha visto alguns episódios, mas eu queria descobrir se o filme funcionaria como um todo, sozinho, sem ter o background da série, e se ele também poderia servir como porta de entrada para novos fãs. A resposta das duas perguntas são: sim e SIM. O filme tem começo, meio e fim, os personagens são apresentados e conseguimos entender suas personalidades, conseguimos entender a história e o mais importante é que conseguimos rir com eles!

É possível perceber que se você conhece a história da série e os personagens secundários, você terá vários presentes deixados ali no roteiro, mas sem conhecer você consegue perfeitamente aproveitar. O ritmo dos acontecimentos é bom, o tempo é muito bem aproveitado, o som é bem feito, a escolha dos planos é ótima, uma animação estilizada e impecável! Não é o estilo perfeitinho Disney que as pessoas estão acostumadas, mas é pra ser trevoso, não pra ser bonitinho! E faz isso muito bem!


Só que temos que ir ao que interessa: e as crianças? Eu não sou o público-alvo do filme e por isso fiz questão de observar as crianças na sala de cinema, ouvi risadas, ouvi interação e na maior parte do tempo não ouvi nada. Sabe por que? Porque as crianças estavam concentradíssimas no filme! Somente duas na sala inteira se dispersaram, mas eram muito novinhas, e eu realmente acho que apesar de visualmente chamativo, a trama seja um complexa demais para crianças muito novinhas (quatro anos ou menos).

E apesar de ser uma comédia, tem uma dose de terror (historietas assombradas, né?), mas nada que segurar a mão dos pais por cinco minutos não resolva. Ah! Os pais podem ficar tranquilos também, o roteiro tem camadas, então vocês também vão rir bastante! Diversão para toda família, como esse tipo de filme tem que ser! Eu tirei o chapéu para o Victor-Hugo e sua equipe que, em um país onde é difícil fazer cinema e ainda mais difícil fazer animação, conseguiram fazer um ótimo filme.

Recomendo para todas as famílias levarem suas crianças e se divertirem muito com esse maravilhoso produto nacional! E digo mais: além de gostar do filme, já virei fã da série também!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.