Ao cair da noite

19/06/2017

Ao cair da noite || Estreia dia 22 de junho de 2017
Texto: Alessandra Tapias (Tô pensando em Ler)


Fui convidada para assistir ao filme Ao Cair da Noite. Nunca tinha ouvido falar dessa história – e preferia que tivesse continuado assim – Fui pesquisar sobre e me deparei com um trailer bastante interessante que remetia ao terror. Adoro terror, então fiquei feliz com o convite. No dia acordei cedo, estava frio e caia uma chuva torrencial em São Paulo. Esse foi o maior terror daquele dia. Talvez a verba fosso pouca, talvez faltasse empenho da equipe, faltaram tantas coisas nesse filme que não valeu o tempo gasto naquela manhã chuvosa.

O início é até interessante... Um homem está à beira da morte, cobertos por feridas purulentas e respirando com dificuldade. Sua família está à sua volta usando máscaras de gás e todo o ambiente é fechado por plásticos. Dalí já se vê que existe um tipo de vírus mortal e que todos estão sujeitos a serem contaminados. O final deste senhor é bem trágico. E então, a família, composta por um casal e um filho ficam ali naquela casa sozinhos no meio da floresta. Dias depois aparece um homem que a princípio ameaça a segurança dessa família, mas logo se descobre que ele também está tentando proteger a sua própria.


Com o tempo essas duas famílias se juntam na mesma casa. Convivendo com desconfiança, todos vão tentando sobreviver à sua maneira. Mas o implacável vírus dá o ar da graça e a guerra entre todos tem início e fim. Tudo acontece nessa casa e em torno dela. O elenco é composto por dois casais, um adolescente, um bebê e um cachorro. A atuação dos atores não é das melhores que já vi, não chega nem perto de ser boa. Não é explicado em momento nenhum como surgiu esse vírus, como o mundo está fora daquela floresta, como ocorre o contágio, absolutamente nada é falado sobre isso.

O filme começa e termina sem que saibamos de absolutamente nada. Há um protagonista, o filme meio que se passa com o foco nele, mas isso não altera em nada. O garoto até tentou convencer, mas não rolou. O terror só ficou no trailer mesmo. Foi difícil manter os olhos abertos durante o filme. Chato e sem sentido. Uma pena. O assunto até pode ser um pouco batido, mas sempre tem o que tirar disso, porém, Ao cair da noite não é só mais um, é um dos piores do gênero. Não recomendo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.