Três coisas sobre Você || Julie Buxbaum

17/02/2017


Já começo a resenha de Três coisas sobre Você na sinceridade. Quando a Arqueiro enviou os lançamentos do mês que esse livro foi lançado, ele passou totalmente despercebido por mim. Não fazia ideia do que se tratava e só fui dar moral para ele, assim que as resenhas começaram a sair. Eram positivas e exaltavam a escrita da autora, tanto que eu decidi que era a hora de eu ter a minha opinião. Esse é um livro jovem adulto focado na vida de Jessie, que perdeu a mãe a dois anos e agora vê o pai se casando com uma mulher que ele conheceu na internet. E não só isso, a madrasta mora em Los Angeles e o pai decide se mudar para lá.

Começar em uma nova escola é o menor de seus problemas, já que ela contará com uma ajuda quando se trata de lidar com a complexidade do colégio. Jessie recebe um email anônimo indicando com quem ela deve andar, o que comer, o que esperar dos professores e outras dicas válidas para se sair bem na nova escola. Ela fica curiosa para saber quem é esse tal Alguém Ninguém e desenvolve uma boa amizade com ele, enquanto se envolve com outros garotos. A visão da estória será pela Jessie e isso deixou o mistério de saber quem é a pessoa que troca as mensagens com ela mais interessante. Como é ela quem narra, só vamos descobrir quando ela descobrir.

Três coisas sobre mim: (1) odeio pêssego; (2) nunca quebrei um osso; (3) se deixar, passo o dia vendo desenho animado.


Ser adolescente não é fácil. Ser adolescente numa escola nova, cidade nova e com uma madrasta que você nunca viu na vida é pior ainda. Jessie enfrenta bullying na escola, a situação esquisita que é morar numa casa com pessoas estranhas, o filho da madrasta não gosta dela, ela se sente mal em pedir dinheiro para quem não conhece... é uma sobrecarga de problemas. No começo ela não lida muito bem com isso, é arredia e se afasta das pessoas. Mas com o passar do livro e consequentemente o seu amadurecimento, as coisas vão se encaixando. A autora soube escrever bem o crescimento da Jessie e não ficou um livro chato só sobre ela.

Em relação aos garotos. Ela vai desenvolver uma paixonite pelo Ethan, um garoto introspectivo que passou por situações complicadas também. Ele é inteligente, bonito e não liga muito para dinheiro e aparência. Liam e Caleb são outros meninos que aparecem na vida de Jessie e a fazem questionar quem é Alguém Ninguém. Essa pessoa que parece saber muito sobre ela e por quem ela tem um sentimento platônico. Nessa de descobrir quem é esse cara, ela se mete em várias confusões. A grande sacada do livro é descobrir esse mistério e por baixo disso, tem as reflexões sobre a vida conturbada da protagonista.

Três coisas sobre mim: (1) tenho uma tatuagem inspirada em Hush Hush; (2) nunca vi um filme da série Star Wars; (3) fui voluntária na Copa do Mundo 2016.


Então, não existe romance mesmo no livro, isso acontece mais no fim. No meio dele tem a Jessie vivendo essas atribulações da nova vida, situações típicas de adolescente como estar gorda ou não, o cabelo que não está bom, maquiagem, atrair o olhar do gatinho. Geralmente eu não me conecto mais com esse tipo de personagem, porque eu já passei dessa fase a muito tempo, mas a escrita da autora é boa, te envolve e não fiquei presa no fato dela ter 16 anos. Outro ponto interessante é a relação pai e filha. Os dois se afastam quando a madrasta aparece, fica um relacionamento explosivo em muito momentos, mas eles chegam num acordo. Não é o melhor acordo, mas conseguiu ser real.

O final desse livro para mim foi ótimo, porque não é um final com arco-íris e unicórnio, é um final realista. Ela descobre quem é o Alguém Ninguém e segue a sua vida. Sabendo que coisas ruins acontecem, que perdemos pessoas nessa jornada, mas precisamos continuar. Livros que passam esse tipo de mensagem sempre me agradam. A vida é difícil mesmo, se reerguer depois de uma rasteira prova a sua força, e os personagens do livro passam por isso o tempo todo, caem e levantam. Gostei da proposta do livro, da realidade dele, dos personagens, do final e da escrita. É realmente um bom livro, com diversão e reflexão na medida certa.

Três coisas sobre mim: (1) a fotografia tem tomado um espaço no meu coração maior do que eu esperava; (2) sou uma pessoa bastante perdida; (3) piano é o meu instrumento, embora não saiba tocar.

www.sejacult.com.brTrês Coisas Sobre Você
Julie Buxbaum
Editora Arqueiro: Twitter/Facebook

Adquira o livro nos seguintes links e ajude o site: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.