O par perfeito || Nora Roberts - A pousada #3

09/01/2017


E no último livro da trilogia A Pousada, finalmente temos o romance de Ryder e Hope, que desde o primeiro livro não se bicavam. A antipatia foi instantânea, assim como a atração. Ryder achava que Hope era metida, uma mulher da cidade grande que não se acostumaria no interior. Hope achava Ryder muito mal-humorado, o mais difícil de lidar dos irmãos Montgomery. Só que nesse romance, a fantasma da pousada dará uma mãozinha e de quebra, descobriremos quem é ela de fato, o que aconteceu e quem é o homem que ela está esperando.

Depois de dois livros, não seria no último que a autora mudaria a forma de narrar, então ainda é em terceira pessoa e acompanhando os protagonistas. Ryder é o irmão mais complicado dos três. O que não quer casar, é na dele e solitário, têm relacionamentos superficiais e não se envolve. A Hope sofreu um baque antes de se tornar gerente da pousada. Ela foi enganada e abandonada pelo noivo, então tudo o que ela não precisa é de um cara como o Ryder. Mas por baixo de toda a casca grossa, ele é um homem que sabe amar verdadeiramente uma mulher.

Ryder é um bom sujeito, como eu já disse. Um Homem esperto. Inteligente, trabalhador e sincero, quer você goste ou não. Se não for para dizer a verdade, ele fica calado. Tem um lado doce que nem sempre demonstra, e outro, rabugento, que demonstra mais do que deveria. 


Quem leu a resenha dos outros dois livros, sabe que eu não gostei de como a autora deixou tudo perfeito nessa estória. Tudo dá certo até quando dá errado e eu não conseguia ver verdade nisso. Acontece que nesse último isso não me incomodou. O mais provável é que eu estava no momento certo da leitura, perto do fim do ano e cheia de esperanças para que tudo desse certo. Então, ler um livro em que tudo se encaixa da forma como os personagens querem, me deu uma sensação boa. Algo como "se aconteceu com eles, pode acontecer comigo também".

Outro ponto que contribuiu para eu ter gostado desse mais do que os outros, é que os protagonistas se envolvem aos poucos, ao longo dos dois primeiros. Eu não engoli nos anteriores, os amigos que de repente se apaixonam. É forçado perceber que como amigos eles dão certo, mas para que tenha um livro de cada irmão, a autora teve que forçar eles a ficarem juntos. A animosidade entre a Hape e Ryder, deu um tempero mais interessante, algo diferente do molde dos outros dois. Deixou o romance deles mais parecido com o que acontece na vida real.

Um ano antes, Hope vivia satisfeita com a própria vida, encarava novos desafios no emprego e se sentia em casa no Wickham. Porém, nos últimos meses, percebera que, em Boonsboro, não se sentia apenas satisfeita, mas feliz. A pousada não era só uma casa, mas um lar. 


A finalização da estória sobre a fantasma da pousada deu um alivio para a temática principal. Finalmente descobrimos quem é a Lizzie e o amor que ela tanto espera. Esse plot secundário já tinha me chamado a atenção desde o primeiro, mas nesse ele ganhou um destaque especial e se entrelaçou com a trama de Hope e Ryder. Descobrimos que eles têm mais em comum com a fantasma do que imaginávamos.Também não dá para deixar de ressaltar, como a série foi fiel a sua proposta de estar por dentro das construções, e não só da pousada principal. Outros estabelecimentos são reformados, e a autora deu detalhes reais de como as coisas funcionam.

Se eu dissesse que não esperava mais dessa trilogia estaria mentindo. A Nora é uma autora tão aclamada, que eu sempre espero os melhores livros dela e essa já é a segunda trilogia que deixa a desejar na minha opinião. É mais pela escolha dela de como encaixar suas estórias que sempre parecem fantasiosas demais, difíceis de acontecer na vida real e dai eu não consigo me identificar com os personagens. Continuo achando a quadrilogia das Noivas a melhor série até agora, por não ter uma mão tão pesada na fantasia. Muitas pessoas amaram essa trilogia, então foi comigo que os livros não funcionaram muito bem.

O coração de Ryder quase parou. Era humilhante pensar em como Hope conseguia fazer isso mesmo sem querer. Mesmo sem saber.

www.sejacult.com.brO Par Perfeito A Pousada # 3
Nora Roberts
Editora Arqueiro: Twitter/Facebook

Resenha dos primeiros livros da trilogia:
Um novo Amanhã/O eterno Namorado


Adquira o livro nos seguintes links e ajude o site: 

4 comentários:

  1. Oi Denise
    Eu nunca li nada da Nora Roberts!!
    Não sei explicar pq mas não consigo começar nada dela
    hehehehehehe
    Vou tentar mudar isso esse ano!

    Bjoooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olá, Denise.
    Eu já li alguns livros da autora e não entendo esse fanatismo dos fãs por ela. São livros bons, mas nada de extraordinário. Essa trilogia eu não li ainda, mas pretendo ler por causa da fantasma hehe. Acho que gostarei mais do que você, já que gosto de história onde tudo dá certo, mesmo que seja um pouco fora da realidade hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  3. Oi Denise, tudo bem?
    Eu não sou fãzoca da Nora, mas tem muitos livros dela que li e gostei. Agora tem outros que não rola pra mim. Acho que é assim mesmo... Quero conferir esta trilogia, mas pelas resenhas não terei tanta pressa.
    Também gostei muito da Quadrilogia das Noivas.
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  4. Eu não li essa trilogia da Nora, confesso que tinha ficado curiosa as capas e sinopses chamam atenção. Um dia quero ver se leio.
    Bjs
    https://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.