Os 10 melhores livros de 2015

24/01/2016

Depois de comentar sobre as metas de 2016 e os livros que não gostei de ler ano passado, trago agora os melhores livros; aquelas que todo mundo deverei ler.


*Livros citados*

1. O sol é para todos - Harper Lee (Resenha)
2. Villette - Charlotte Brontë (Resenha)
3. Cidade de vidro - Cassandra Clare (Resenha)
4. Uma chama entre as cinzas - Sabaa Tahir (Resenha)
5. A rainha vermelha - Victoria Aveyard (Resenha)
6. Se eu morrer - Amy Plum (Resenha)
7. O último dos canalhas - Loretta Chase (Resenha)
8. Mentirosos - E. Lockhart (Resenha)
9. Lírio azul, azul lírio - Maggie Stiefvater (Resenha)
10. Eu estive aqui - Gayle Forman (Resenha)

2 comentários:

  1. Bom dia!
    Desses só li A Rainha Vermelha, e é realmente mt bom, vale super a pena!!

    Bjooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. "Villette" eu li em 2014 (lembro que eu estava lendo o finalzinho enquanto começava o jogo do 7x1). Ganhei um sorteio maravilhoso da Editora Pedrazul, pelo blog Leituras Bronteanas - veio livro, ecobag, bottoms, chaveirinhos e mil marcadores (melhor sorteio da vida!). Mas sim, o livro: amei de paixão. Aquele final foi escrito majestosamente. Não é o que o leitor quer, mas se encaixa de um jeito tão perfeito... Charlotte era incrível mesmo.

    Da sua lista eu li "A rainha vermelha" (e amei! Achei melhor que "Jogos Vorazes, acredita?) e "O Sol é para todos" (numa campanha do Skoob, Méliuz e Saraiva, acabei com ele de graça!) - este último um clássico maravilhoso. A escrita da Harper Lee flui de um jeito impressionante.

    Eu abandonei "Os Mentirosos". Não consegui me prender na narradora e na forma de narração. Achei que o estilo seco foi forçado e arrastado (tem que ter mão boa pra guiar a história daquele jeito, e não senti que a autora tinha). Mas fiquei curiosa com o final e fui caçar spoilers. Achei legal. Era uma história muito interessante, mas, pra mim, contada do jeito errado.

    Sem sombra de dúvidas, minhas melhores leituras do ano (e acabaram sendo algumas da vida também) foram: "Amor de Redenção", de Francine Rivers; "As Crônicas de Nárnia", de C. S. Lewis; e "Anne de Green Gables", de L. M. Montgomery. Foram perfeitos em cada silabazinha.

    Beijos e até mais!

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.