Resenha: Uma pitada de Amor

25/09/2015


Uma aspirante a cozinheira em um programa de TV. Um jurado muito atraente. Um amor proibido.

Quando Zoe Harper conquista uma cobiçada vaga em um reality show de culinária, ela mal pode esperar para pôr suas habilidades à prova. Sua principal motivação é o prêmio em dinheiro: um valor que certamente a ajudaria a abrir sua tão sonhada delicatéssen.

No entanto, ela logo percebe que a competição vai muito além da cozinha. Cher, outra concorrente, está disposta a tudo para ganhar, incluindo jogar seu charme para cima dos jurados. E as coisas se complicam ainda mais quando Zoe percebe que está se apaixonando por um deles: o incrivelmente sexy Gideon Irving. Com tudo o que está em risco, os dois têm muito a perder caso se envolvam, algo que parece cada vez mais inevitável.

De repente, Zoe percebe que há mais em jogo do que apenas canapés, cupcakes e técnicas de corte. Uma pitada de amor é um livro engraçado e doce na medida certa.

• Uma pitada de amor foi vencedor do prêmio de melhor romance contemporâneo da Romantic Novelists’ Association, instituição inglesa que tem por objetivo promover a ficção romântica.
• Da autora, a Editora Record já publicou Amor nas entrelinhas.
• Para fãs de chick-lit e reality shows de culinária. Este tipo de programa de TV vem se tornando cada vez mais popular no Brasil e no mundo, como Masterchef, Top Chef, Hell’s Kitchen, Cake Boss, Cozinha Sob Pressão, Cozinheiros em Ação.

A moda dos reality shows de culinária ter virado um livro é a oportunidade perfeita para juntar duas coisas que eu adoro, ler e comer, numa coisa só. Foi por isso que solicitei Uma pitada de amor, esperando um bom romance em meio as receitas e provas. A Zoe é uma jovem que sonha em ter seu próprio negocio, e participar de um concurso de culinária pode ser a solução para isso, já que o prêmio em dinheiro para o vencedor daria para investir no seu sonho. Só que Zoe vai enfrentar dois problemas, uma concorrente que não joga limpo e fará de tudo para eliminá-la e um dos jurados, Gideon, com quem ela se envolve. É errado de muitas formas, e Zoe terá que responder a pergunta: Um amor vale a oportunidade da sua via?

A primeira coisa que atrai nesse livro é a capa e quando comecei a ler e vi a autora descrevendo os personagens, percebi o quanto a capa tem tudo a ver com eles. A Zoe e o Gideon são esses desenhos. Ela com o cabelo castanho e curto, com uma aparência mais feliz e prestativa e ele emburrado, ruivo e com um nariz proeminente. O livro é narrado em terceira pessoa acompanhando principalmente a Zoe e preciso confessar, ela me irritou muito. Ela é o tipo de personagem que as pessoas gostam de fazer de capacho, sem muita atitude e vontade de batalhar pelo que quer. O Gideon já é o oposto, um cara mais maduro e decidido. Se a teoria de que os opostos se atraem for mesmo verdade, esses dois são a prova viva disso, pois não combinam em nada fora o amor pela cozinha.


Eu já li outro livro da autora Katie Fforde, Amor nas entrelinhas, e as impressões foram as mesmas. O livro começa com um ritmo bom, falando sobre um assunto que tá em alta no momento e dando uma perspectiva de dentro dos reality shows de culinária. O que acontece é que a autora envolve até certo ponto e depois o livro cai ladeira abaixo. Ela demora a concluir o enredo e acaba colocando outras estórias, que não tem muito a ver com a principal, no meio e isso cansa. Eu senti que o livro poderia ter muito menos paginas do que tem, e que a parte envolvendo a Zoe cuidado da casa onde ela fica hospedada para o programa foi completamente desnecessária. Não acrescentou em nada a vida da protagonista e só fez o livro entrar para a minha lista de livros infinitos, aqueles que você lê, lê, lê e não acaba nunca.

Focando uma parte do livro em conteúdos que não agregaram, a autora também demorou para fazer o romance engrenar. As coisas acontecem muito pontuadas, não tem leveza, não tem naturalidade, é truncado e sem muita paixão. As coisas só acontecem mesmo no começo e depois no fim, com a conclusão. Aqui não tem cenas de sexo, são só insinuações e eu gostei disso, o que faltou para o casal mesmo foi mais desejo. Um ponto que eu gostei no livro foi que a autora elaborou um reality show interessante, com provas que nenhum dos que eu assisti, e assisto, fizeram. Ela conta quem é eliminado e porquê, o acaba fazendo a gente visualizar o programa. O que peca nessa parte é que por causa de coisas exteriores, e novamente, desnecessária, a Zoe fica aquém dos outros competidores em algumas provas.

Uma pitada de amor tem uma capa linda e muito atrativa, mas o enredo deixa a desejar em muitos momentos e acaba não sendo tudo o que você imagina. Achei que seria um livro que me faria amar mais reality shows culinários, só que ele me apresentou bastidores falhos e bastante fantasiosos. É claro que seria muito antiético um jurado se apaixonar por uma participante, provavelmente isso não seria divulgado, mas dava para a autora bolar formas de nos fazer acreditar nisso. A narrativa não tem agilidade, você lê e tem a sensação de que não leu muito, então o livro não funcionou para mim. Só dei três estrelas no skoob porque gostei da autora ter narrado a dinâmica do programa, as receitas e as provas, o resto não me conquistou.

www.seja-cult.comUma Pitada de Amor
Katie Fforde
Editora Record: Twitter/Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.