Resenha Histórica: Segredos de uma noite de verão - As quatro estações do Amor #1

14/08/2015


Apesar de sua beleza e de seus modos encantadores, Annabelle Peyton nunca foi tirada para dançar nos eventos da sociedade londrina. Como qualquer moça de sua idade, ela mantém as esperanças de encontrar alguém, mas, sem um dote para oferecer e vendo a família em situação difícil, amor é um luxo ao qual não pode se dar.

Certa noite, em um dos bailes da temporada, conhece outras três moças também cansadas de ver o tempo passar sem ninguém para dividir sua vida. Juntas, as quatro dão início a um plano: usar todo o seu charme e sua astúcia feminina para encontrar um marido para cada, começando por Annabelle.

No entanto, o admirador mais intrigante e persistente de Annabelle, o rico e poderoso Simon Hunt, não parece ter interesse em levá-la ao altar – apenas a prazeres irresistíveis em seu quarto. A jovem está decidida a rejeitar essa proposta, só que é cada vez mais difícil resistir à sedução do rapaz.

As amigas se esforçam para encontrar um pretendente mais apropriado para ela. Mas a tarefa se complica depois que, numa noite de verão, Annabelle se entrega aos beijos tentadores de Simon... e descobre que o amor é um jogo perigoso.

No primeiro livro da série As Quatro Estações do Amor, Annabelle sai em busca de um marido, mas encontra amizades verdadeiras e desejos intensos que ela jamais poderia imaginar.

“Um romance excelente.” – Publishers Weekly

A série As quatro estações do amor é sobre quatro solteironas que se conhecem em um dos bailes de Londres e percebem que se não tiverem ajuda uma das outras não conseguirão aquilo que almejam, se casar. A que primeiro será ajudada é a Annabelle, a mais velha das quatro e que quase não tem esperanças de ver a sua família fora do aperto em que se encontra. Para a Annabelle o casamento não significa só encontrar um homem para ser feliz, significa que as contas atrasadas serão pagas e que o irmão mais novo não será tirado da escola e forçado a trabalhar para ajudar. A intenção dela é se casar com um nobre rico, mas é a atenção de um emergente na área industrial, e sem qualquer titulo ou finesse, que ela atrai.

Acompanhando as visões de Annabelle e Simon, Segredos de uma noite de verão mostra não só o lado do romance, como também o lado feio da sociedade londrina da época. Quem estuda história sabe disso, e se você ler outros romances de época que tenham essa pegada também já deve ter se deparado com a divisão de classes. Aqui ela vem no personagem Simon, que embora seja rico, até mais do que alguns nobres, não consegue entrar e se estabelecer no mais alto circulo social. Sempre que ele se faz presente ninguém se importa com as posses que ele tem hoje, mas sim que é filho de um açougueiro e por isso não pertence a esse mundo.


Por outro lado, a Annabelle tem um certo berço, mas a família vive quase na miséria, por causa disso ela não tem dote e dificilmente se casará com algum nobre. A autora aproveitou essa deixa para trazer uma ideia bem interessante e complicada que acontecia na época, a prostituição para manter o padrão. Nenhum nobre quer se casar com a Annabelle porque ela é pobre, mas por ter uma beleza estonteante, muitos a querem como sua amante. Não é usado a palavra prostituição, mas na pratica ser amante nesse contexto é ser isso. Presa a valores pessoais, ela se mantém firme durante o livro todo, às vezes esmorece pensando que tudo seria resolvido se ela aceitasse alguma das propostas, mas no fim tudo dá certo. O que se destaca na personagem é a firmeza de não desistir desses valores.

O romance entre o Simon e a Annabelle vai acontecer aos poucos. No começo eles vão brigar, a Annabelle não vai querer a atenção dele porque o Simon não é nobre e ele vai ser persistente. Ele oferece a ela a oferta de ser sua amante, mas com a convivência ele vai se apaixonando por ela e ela percebe que pode ter um casamento com amor, se abrir mão dos círculos sociais do qual sempre participou. Essa dúvida persiste na Annabelle até ela tomar a sua decisão e arcar com isso. Sendo um romance histórico, a Lisa pegou leve nas cenas de sexo, talvez não igual a outras autoras, mas não tem nada explicito e aberto. Os dois tem química e essas cenas só complementaram o romance deles.


Uma coisa que a autora fez nesse primeiro e me agradou é que ela não parou no casamento, geralmente isso é o final do livro, mas esse evento acontece faltando muito para o fim. Eu vi nisso uma forma de mostrar como foi para a Annabelle se ajustar no meio de outra classe, tendo as suas perspectivas mudadas e pondo a provo o seu amor pelo Simon. Isso deu ao livro uma dinâmica melhor e diferente, pois eu eperava que o casamento fosse mesmo o fim e me surpreendi com a quantidade de coisa que acontece depois disso. Não considero passar essa informação para vocês como spoiler, pois convenhamos, só pela sinopse já dá para imaginar o que vai acontecer. Estou apenas avisando que se esperarem isso terão uma surpresa.

Eu já tinha tido contato com a autora pela outra série que ela lançou pela Arqueiro e gostei muito, desse também. São livros que sempre trazem algo novo, que não terminam, ou são, como os outros. Agora é esperar o próximo, que se for de quem eu estou pensando, será bem divertido. Outro aviso rápido, leiam na ordem porque é nesse primeiro que vocês vão saber como as amigas se conheceram e provavelmente elas devem aparecer no livro umas das outras.

Segredos de Uma Noite de Verão - As Quatro Estações do Amor #1
Lisa Kleypas
www.seja-cult.comEditora Arqueiro: Twitter/Facebook



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.