Resenha Hot: Adivinhe quem sou

25/04/2015


Como toda jovem, Yanira é inquieta e quer mais da vida do que trabalhar no comércio da família. Por isso, ao deixar sua vida tranquila, ao lado de seus pais e irmãos, na paradisíaca ilha de Tenerife, a cantora e neta de roqueira quer traçar um novo destino para si, mais apimentado e recheado de aventuras. Incentivada por sua impetuosa amiga Coral, ela se muda para Barcelona e se emprega num cruzeiro de férias como garçonete.

Sobre as águas do Mar Mediterrâneo, Yanira vai acumular experiências de vida e conhecer pessoas do mundo todo, como o porto-riquenho Dylan, um atraente empregado da manutenção do navio, que a excita só com o olhar. Apesar da forte química que existe entre eles, Dylan não parece ser muito afeito ao que Yanira tem a oferecer, o que a incita ainda mais.

Não deixe de ler esta inspiradora e picante comédia romântica, da best-seller Megan Maxwell - autora da trilogia Peça-me o que quiser.

Yanira é uma jovem que gosta de aproveitar a vida, em todos os sentidos. Principalmente nesse sentido que você está pensando. Quando aceitou um trabalho que a amiga ofereceu em um cruzeiro, ela não imaginava que seu coração blindado contra o amor seria abatido por um porto-riquenho.O homem em questão é Dylan, um dos responsáveis pela manutenção do navio. Assim que ela o vê é sedução à primeira vista, ela adora seu corpo e faz de tudo para que ele caia nas suas garras. Mas Dylan não cede as investidas de Yanira, ele tem seus próprios segredos, que ficamos sabendo melhor depois. Só que a carne é fraca, vocês sabem, e os dois juntos é uma explosão de sexo que deixa o navio pequeno demais para eles.

Quem narra o livro é a Yanira e ela é uma personagem divertida, pra cima, que gosta de fazer o que tem vontade e não liga para o que os outros pensam. Ela não tem muita profundidade grande, pois o livro só gira no romance, mas ela não ser chatinha me agradou bastante. O fato dela ser cantora foi algo legal e o livro tem partes das músicas que eles, ela e o Dylan, gostam. O Dylan me deixou um pouco preocupada, ele é um cara que num primeiro momento, até por ser mais velho, tem uma seriedade maior, mas a questão do ciúme eu não gostei. É um ciúme que tenta impedir a Yanira de fazer o que ela mais ama, cantar. Então eu não vejo com bons olhos a personagens se anulando para fazer o que ele quer em alguns momentos.


Eu tinha muita curiosidade para conhecer a Megan por causa de uma série famosa dela de outra editora, e quando esse livro chegou eu me joguei nele. A primeira coisa que eu reparei foi que a autora gira a sua estória completamente no sexo. É o sexo que move os personagens, que faz eles se conhecerem, caracteriza eles (as preferências sexuais) e assim por diante. Eu já imaginava que isso ia acontecer e não posso não gostar do livro por causa disso, não teria coerência da minha parte. A única ressalva, e não foi por isso que eu tirei estrelas do skoob, é que chega um ponto que a estória não se sustenta, não acontece outras coisas no livro que não sejam ligadas a sexo. Os personagens não são tão explorados, nem os secundários, e quase não acontecem situações que não terminem nisso.

Não acredito no amor ou em casais. Por quê? Porque quando eu tinha vinte anos, um neozelandês que veio de férias para Tenerife quebrou meu coração, depois de sofrer a decepção da minha vida, me blindei a prova de namoricos e bobagens românticas. 

Eu tirei estrelas do livro por dois motivos. O primeiro deles é que o livro começa bem, depois fica cansativo, depois legal, depois chato... Tinha dia que eu lia 60 pgs e outro 10. Ele não tem uma escrita constante, e acaba que você para a leitura em vários momentos. Isso me faz pensar que esse livro deveria ser bem menor do que realmente é, pois essas partes desnecessárias poderiam ser facilmente retiradas do livro, pelo menos para mim. Outro ponto que me incomodou foi a repetição de palavras. Tem algumas expressões que aparecem muito no livro e poxa, dava para a autora variar um pouco o seu repertório de adjetivos, principalmente os ligados ao sexo. Já não basta ter várias cenas eróticas, tem que ter várias cenas eróticas escritas quase que usando as mesmas palavras.


O balanço de Adivinhe quem sou foi de um livro que eu nem gostei e nem desgostei. Não me marcou de alguma forma, embora tenha comentando só sobre os aspectos que não gostei. Os personagens serem interessantes e divertidos é um ponto importante e que fez diferença para eu não abandonar a leitura, pois não tem nada pior do que um livro que hora fica bom, hora fica chato. Eu esperava mais pelo tanto de comentários sobre a autora que tinha lido, mas tudo bem, vou ler a continuação e espero que eu goste mais. Falando nisso, gente o final desse livro é no meio de uma cena de ação. Como vocês conseguiram ficar sem saber o que acontecia quando a continuação ainda não tinha saído? Sério, essa maldade não se faz com o leitor.

Certamente ele tem razão. Sou mimada. Mas mimada por ele. Por nosso tempo juntos. Por nossa sexualidade louca e selvagem. 

www.seja-cult.comAdivinhe Quem Sou - Livro 01
Megan Maxwell
Editora Essência (selo Planeta)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.