Resenha de Banca: Noiva Desafiadora

01/03/2015


Noiva Desafiadora - Bela e corajosa, lady Elgiva é um prêmio tão precioso quanto as terras que o poderoso viking Earl Wulfrum acabara de conquistar. Ele levará Elgiva para casa e a tomará como esposa, mesmo que contra a vontade dela. Wulfrum é um guerreiro lendário, mas dominar o coração de sua mulher será a maior batalha de sua vida. Entretanto, a forma como Elgiva reage aos seus toques indica que ela talvez esteja escondendo algo que apenas poderá ser descoberto na noite de núpcias…

Embora os romances do gênero Histórico da editora Harlequin sempre pareçam ser os mesmos, com temáticas, personagens e enredos parecidos, eles são os que mais gosto e leio. Em Noiva Desafiadora teremos a mocinha, Elgiva, sendo subjugada pelo Wulfrum. Ele conquista as terras que pertencem a ela e sendo o mais forte, fica com tudo. Elgiva tenta, como pode, remediar essa intrusão, mas o seu povo não consegue vencer os guerreiros de Wulfrum e ela acaba se casando com ele. Era para ser apenas um casamento de conveniência, mas Wulfrum não quer isso. O seu desejo é ter uma mulher que aqueça a sua cama e seus filhos conquistando outras terras.

Como de costume nos romances de banca, e pensando bem acho que nunca li um livro nesse estilo que não fosse assim, Noiva Desafiadora é narrado em terceira pessoa acompanhando Elgiva e Wulfrum. Elgiva é uma mulher forte, determinada, que tem um amor imenso pelo seu povo e por isso se sacrifica por ele ao se casar com Wulfrum. Ele é um homem que teve algumas tragédias na vida e que não esconde ser um guerreiro em primeiro lugar. Sua personalidade é marcada pela lealdade e a vontade de ser aceito, e amado. O que no fundo também acaba se repetindo na personalidade dos mocinhos, por fora são uma armadura e por dentro existe uma vulnerabilidade que só a mocinha consegue aplacar.

A questão da invasão e o mais forte prevalecendo sobre o mais fraco é um tema que eu gosto de ler e como disse, recorrente nos romances históricos da editora. O quão forte as mulheres precisam ser em momentos assim é o que me atrai. Muitas delas são praticamente estupradas, apanham, precisam aceitar a dizimação do seu povo e mesmo assim encontrar forças para não esmorecer. No caso da Elgiva é um pouco diferente. Ela acaba sendo a única herdeira das terras que vive, mas por ser mulher, não pode comandar. Quando Wulfrum invade e conquista as suas terras, ela vê um certo alivio na possibilidade de ainda participar do comando, mesmo que ao lado desse estranho.

Você significa muito mais do que imagina. Gostaria que não houvesse mais segredos entre nós.

Uma outra temática recorrente e que me atrai, são os costumes que as autoras acabam revelando quando ambientam os seus romances. A Elgiva é curandeira, e naquela época isso era visto como algo meio místico, mágico até, e muitas vezes não compreendido. Ela precisa cuidar dos feridos e ainda que faça isso bem, o ato de curar por meio de ervas é visto com desconfiança. Embora o casal brigue a maior parte do livro eu gostei deles juntos, achei que combinam. Ambos tem feridas e mesmo que a Elgiva não saiba lidar com o fato de ter se casado a força com Wulfrum, ela cede e acaba se envolvendo. Eu sempre fico com raiva das mocinhas por serem assim, mas se eu me colocar no lugar delas por um minuto consigo entender a razão delas se entregarem.

Noiva Desafiadora tem uma leve sensualidade, alguma mão aqui e outra ali, umas palavras que remetem ao sexo, mas só. Nada explicito ou que já não tenhamos lido pior em outros romances. O enredo é direto, rápido e a leitura flui sem problemas. Temos um pouco de ação também, nas cenas de lutas acompanhando Wulfrum ou quando a Elgiva se mete em confusão; então esse livro acaba sendo bem completo e não fica na mesmice de apenas uma vertente. Não sei se a autora lançou outros livros por aqui, mas fiquei interessada em ler outras coisas dela, se forem históricos principalmente. Recomendo esse livro não apenas para quem gosta de históricos como para quem não conhece o gênero, para quem gosta de um romance sem tanto sexo ou só focado no amor.

www.seja-cult.com
Noiva Desafiadora 
Joanna Fulford
Editora Harlequin: Twitter/Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.