Resenha de Ouro e Promoção: Villette

06/02/2015


Numa Inglaterra rural, uma jovem vitoriana empobrecida, sem esperança e sem família, parte numa viagem incerta de navio com destino à França e acaba na cosmopolita Villette, num internato de meninas ricas dirigido por Madame Beck.

Tímida, Lucy, que se achava feia e sem atrativos, com suas roupas estranhas e fora de moda, sentindo-se uma erética, vive situações difíceis no internato repleto de atraentes jovens burguesas. Inicialmente, como uma espécie de babá que ensinava inglês às filhas da diretora e, posteriormente, como professora de inglês, a sua inteligência e perspicácia são notadas por dois homens, doutor John e Monsieur Paul, mas também por Madame Beck.  A obra, que é recheada de outras histórias, todas entrelaçadas entre si, traz a luta pelo amor de um homem e a perseguição cruel de uma mulher.


Ficção ou realidade? Charlotte Brontë, intencionalmente, retratou com precisão o período em que viveu em Bruxelas, a saudade de casa, a solidão, rejeições, paixões conflituosas, perseguições, e, por que não, amizades; sofrimentos e alegrias, enredos primorosamente transformados em arte.

Uma obra-prima, cuja aceitação e rejeição estão lado a lado. Nessa emaranhada trama, na qual passado, presente e futuro se misturam num drama com toques de realidade, personagens como o doutor John, lady Bretton, Miss de Bassompierre, Miss Ginevra Fanshawe, Coronel De Hamal e muitos outros estão interligados entre si de forma admirável.

Baseado na sofrida vida de Charlotte Brontë, Villette é o retrato mais nítido do escritor que dramatiza a própria vida.


Quotes

A ausência do sofrimento era a maior aproximação de felicidade que eu esperava conhecer.

Devemos romper os limites de tempos em tempos, apesar da terrível vingança que aguarda o nosso retorno.

Não há nada como atribuir a tudo uma importância modesta: agindo assim, conserva-se a mente e o corpo tranquilos, enquanto grandes expectativas só podem causar-lhes frustrações e são até capazes de causar febre.

Fotos do livro







Villette: Edição Ilustrada
Charlotte Brontë
Editora Pedrzaul: Facebook

***Promoção***


Farei o sorteio desses dois kits de marcadores e chaveiros entre as pessoas que comentarem, tanto aqui quanto no youtube, sobre a resenha. Atenção, comentário como 'gostei', 'quero ler', não serão considerados. Também vou considerar APENAS os comentários que tiverem alguma forma de contato, facebook, instagram, email, twitter... alguma forma de eu entrar em contato com os vencedores para avisar do resultado.

No dia 22/02 vou fazer o sorteio pelo Random considerando primeiro os comentários postados aqui no blog e depois no youtube.

*Os kits serão enviados pelo Seja Cult num prazo de até 60 dias a contar a data do resultado.

***Resultado 27/02***

Vamos lá saber quem levou os dois kits. Lembrando que eu considerei os comentários feitos no site em primeiro lugar e depois os do youtube.

Sorteio do kit 1:

1. Cleizi
2. Rafaela Souza
3. Jaqueline Felix
4. Rudynalva Correia Soares
5. Maria de Fatima
6. Cristiane de Souza


Parabéns Jaqueline Felix! Vou enviar um email para você hoje e aguardo os dados completos até a meia noite do dia 02/03, ou faço um novo sorteio. 

Sorteio do kit 2:

1. Cleizi
2. Rafaela Souza
3. Rudynalva Correia Soares
4. Maria de Fatima
5. Cristiane de Souza


Parabéns Maria de Fatima! Vou enviar um email para você hoje e aguardo os dados completos até a meia noite do dia 02/03, ou faço um novo sorteio.

9 comentários:

  1. Oi!
    Não conhecia esse livro.
    Gostei das ilustrações, ;)
    Vc marcou vários quotes heim, rs

    http://meuhobbyliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Ai que livro lindo (tanto de aparência quanto de conteúdo,pelo que vi na resenha)!!! Sinceramente,bateu uma vontade de ler Villette (e mais vontade ainda de ganhar esses prêmios Diwos kkkkk). As irmãs Brontë são esplendidas, mesmo que Emily tenha escrito apenas um único livro.
    Ah,lhes dou meus parabéns também pelo Blog. É tão lindo,aconchegante (até parece que conheço o blog a tempos) e completo. Acho que é essa a palavra exata para ele: PERFEITO <3
    Continuem assim,viu meninas?! Bjokas em seus corações *o*
    Ops,já estava me esquecendo...
    aqui está meu email:
    cleiziane.santos@gmail.com
    e Facebook:
    https://www.facebook.com/cleiziane.bombonato
    (são as unicas redes que tenho)
    Tchau tchau amores <3

    ResponderExcluir
  3. Oiii, sabe que eu tinha lido alguma coisa sobre este livro, mas na verdade o que me chama a atenção nestas obras é a questão da história no tempo como eu sempre falo nas minhas resenhas. Mas não imaginava um livro tão grande. É um tipo de livro como os da Lucinda Riley que vai e volta no tempo?
    Nunca li um livro da Editora ainda, mas por falta de oportunidade. Preciso arrumar minha estante!

    Greice

    Blogando Livros
    www.amigasemulheres.com

    ResponderExcluir
  4. Otima resenha, fiquei com muita vontade de ler o livro, ainda nao li nada das irmas Brontë mas Jane Eyre esta em minha meta de leitura. No especial que voce vai fazer sobre Charlotte Brontë poderia comentar sobre as traduçoes brasileiras, tem uma da Martin Claret com uma capa linda mas fico com medo de comprar pela traduçao.
    Nao imaginava que os romances da Charlotte Brontë nao eram do tipo tudo vai da certo no final e esses personagens que nao sao muito bonitos parecem que sao tao reais, isso é desafiador ja que tem muito autor atual que escreve historias sobre pessoas que sao perfeitas.

    lispectorazul@hotmail.com

    ResponderExcluir
  5. Sou fã de livros de época, até porque me identifico muito com as histórias (me sinto deslocada nesse mundo moderno, queria ter vivido em outros tempos) e elas conseguem atrair minha desfragmentada atenção. Ah, também porque sou uma romântica, em segredo.
    Primeiro, essa capa tá linda e meu sonho é ter um marcador da Editora Pedrazul, que são muito fofos, na minha coleção. Segundo, esse enredo é atemporal, o que torna mais instigante a leitura: meninas e mulheres esnobes que humilham os humildes, relacionamentos complicados e luta pela auto-afirmação são temas que nunca saem das rodas de discussão literárias.
    jaque_borchardt@hotmail.com

    ResponderExcluir
  6. Denise!
    Não conhecia o livro, embora a Charlotte Brontë seja uma autora conhecida e pelo visto, sabe escrever e mostrar sua própria vida através da Lucy Snow.
    Embora não tenha tido empatia com ela como teve com a Jane Eyre no outro livro, por ela ser um tanto mordaz.
    As personagens me parecem bem diversificadas e de certa forma interessantes pela diversidade de personalidade.
    Livro interessante por ser um clássico.


    Rudynalva Correia Soares
    rudynalva@yahoo.com.br
    https://www.facebook.com/rudynalva.soares
    @rudynalvasoares
    Carnaval com leitura E PAZ NO CORAÇÃO!!
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Adorei, essas ilustrações fica diferente né, fica mais bonito... rsrs e romance de época é uma delicia, sou apaixonada, nem preciso dizer que esse livro ja entrou pra minha lista de desejados né.
    Participando do sorteio.
    Maria de Fátima Fernandes Oliveira
    fatinhafo@yahoo.com.br
    @fatinhaernan

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Olá....

    Adorei a resenha e o estilo do livro me chamou muito a atenção... Espero poder lê-lo muito em breve.... Adoro livros de época.... Eles realmente me fazem viajar no tempo... Beijinhos...

    Contato - e-mail: cris.rachid@hotmail.com

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.