Resenha: Pausa - Trilogia Slammed #2

17/12/2014


Destinados um ao outro, Layken e Will superaram os obstáculos que ameaçavam seu amor. Mas estão prestes a aprender, no entanto, que aquilo que os uniu pode se transformar, justamente, na razão de sua separação. O amor pode não ser o bastante. 

Depois de testado por tragédias, proibições e desencontros, o relacionamento de Layken e Will enfrenta novos desafios. Talvez a poesia desse casal acabe num verão solitário... Sem direito a rimas ou ritmo. A ex-namorada de Will retorna arrependida de ter deixado o rapaz. E está disposta a tudo para reconquistá-lo. Insegura, Layken começa a ler novas reações no comportamento do rapaz. E na insistência para adiar a "primeira vez" de ambos. 

Presos em uma ironia cruel do destino, eles precisam descobrir se o que sentem é verdadeiro ou fruto da extraordinária situação que os uniu. Será que é amor? Ou apenas compaixão? Layken passa a questionar a base de seu relacionamento com Will. E ele precisa provar seu amor para uma garota que parece não conseguir parar de "esculpir abóboras". Mas quando tudo parece resolvido, o casal se depara com um desafio ainda maior - e que talvez mude não só suas vidas, mas também as vidas de todos que dependem deles. 

Pausa não é a visão do Will do que acontece em Métrica, é uma continuação. É o que acontece logo depois do fim do primeiro. Se você ainda não leu Métrica e não gosta de spoiler, não leia esse primeiro paragrafo, porque embora não fale nada demais de Pausa, vou comentar um fato sobre Métrica. Em Pausa o Will e a Lake estão juntos e começam a viver a vida como se fossem um casal. Ele agora está fazendo o mestrado e a Lake se prepara para iniciar a vida universitária. Tudo esta bem, tudo esta ótimos, mas eis que uma pessoa ligada ao Will volta das profundas para atormentar o casal. A Lake se desespera e o que era o começo de uma vida feliz, se torna um pesadelo para ambos.

Will é o narrador do livro dessa vez e ele está mais apaixonante do que nunca. Ele foi uma grata surpresa em Métrica e agora foi um deleite. Ver tudo pela sua visão vai fazer muitas de vocês desejarem um Will em suas vidas, coisas que eu já venho fazendo. O cara é romântico, honrando, se preocupa mais com os outros do que com ele mesmo e quando ama, ama de verdade. Eu tive a mesma relação com a Lake que tive em Métrica, só que agora um pouco mais exagerada. Ela foi muito imatura nesse livro e por causa disso, o enredo deu uma travada um pouco depois que o personagem 'intriguento' aparece e vai assim até a metade. Sério, ô menina cabeça dura!!


Uma coisa que eu não falei na resenha de Métrica e aqui se repete é que o enredo é dividido em duas partes. No caso de Pausa a autora usou um recurso que eu não gosto na primeira, que é a volta de um personagem para fazer intriga entre o casal. Estava tudo bem entre eles e dai vem esse personagem, que aparece em poucas cenas, e faz um estrago que dura metade do livro. Não fez sentido e isso meio que travou o enredo, fez a Lake repensar um monte de coisa do relacionamento e um monte de coisa nada a ver e que pobre do Will não entendeu, e até pensou que era bobagem dela. Eu digo que esse recurso é fraco, porque os autores só usam isso quando não tem mais ideia nenhuma na manga e um ex sempre causa confusão.

Vou ser sincera com vocês, senti que a autora não estava preparada para escrever esse livro. Métrica é um livro que tem um bom final, que fecha a estória do casal de uma forma satisfatória. O que deve ter acontecido, e ela até colocou isso no inicio, é que os fãs insistiram para ter mais estória sobre os dois e ela fez. Sabemos que a parte financeira também está por trás disso, enfim. Então ela fez um fim bom e depois teve que reabrir essa estória, só que sem um plano interessante de desenvolvimento. O livro parece dois em um, a primeira parte um enredo com um conflito e a segunda outro enredo com outro conflito, e os dois não se encaixam muito bem. Faltou linearidade e elementos que liguem uma parte a outro do que só ser os mesmos personagens.

Ah Denise, então por quê você deu 5 estrelas para um livro que você acha que não foi tão bem escrito? Primeiro que o skoob não me deixa dar 4,5, porque essa seria a real nota do livro, e segundo porque o Will é um personagem apaixonante e é ele quem narra. Mesmo eu sentindo que a autora não articulou bem o enredo, estar dentro da cabeça dele valeu muito a pena. E a segunda parte do livro foi interessante também, mostrou o casal enfrentando problemas reais, mais sérios. Em Métrica tiveram problemas sérios, mas os dois não estavam juntos mesmo, agora a coisa foi diferente. Já estou lendo o último livro da trilogia e infelizmente o livro decai mais um pouco em relação ao primeiro, que até agora, é o melhor para mim.

Meu coração dispara no peito. Não por eu estar nervoso. Nem porque nunca a desejei tanto. Ele está em disparada porque nunca tive tanta certeza de como vai ser o restante da minha vida. Essa garota é o restante da minha vida.

Pausa (Slammed #2)
Colleen Hoover
Editora Galera Record: Twitter/Facebook

Um comentário:

  1. Ainda não li o primeiro livro, então só passei o olho. Isso que dá os fãs pedirem tanto por algo que ja ta de bom tamanho, né? kk as vezes a gente acaba querendo tanto mais daqueles personagens, que acaba se esquecendo de que a autora pode não ter a mesma criatividade pra uma continuação, e assim estragando o enredo. Mas, ainda bem que nesse caso deu pra salvar, e os personagens permaneceram encantadores, que é o que os fãs mais desejavam né haha

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br
    Tem resenha nova no blog de "Não Fuja!", vem conferir!

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.