Resenha: Métrica - Trilogia Slammed #1

15/12/2014


O romance de estreia de Colleen Hoover, autora que viria a figurar na lista de best sellers do New York Times, apresenta uma família devastada por uma morte repentina. Após a perda inesperada do pai, Layken, de 18 anos, é obrigada a ser o suporte tanto da mãe quanto do irmão mais novo. Por fora, ela parece resiliente e tenaz; por dentro, entretanto, está perdendo as esperanças. Um rapaz transforma tudo isso: o vizinho de 21 anos, que se identifica com a realidade de Layken e parece entendê-la como ninguém. A atração entre os dois é inevitável, mas talvez o destino não esteja pronto para aceitar esse amor.

Finalmente meu povo eu li o tão comentado Métrica e olha, agora eu entendo vocês. Vou explicar melhor o que senti lendo esse livro, mas vamos pelo começo. Por incrível que pareça, eu não conhecia o enredo do livro e não sabia muito bem o que esperar dele. Achava que era um romance no estilo new adult, com bastante cenas quentes e tal, mas não. É um livro com um casal que passa por muita coisa para ficar junto, e que acaba enfrentando a vida também e tentando entender o que ela fez com eles. O casal em questão se chama Layken e Will, e eles se conhecem quando ela se muda para a casa em frente a da dele. Com isso vocês percebem que as coisas vão ser bem rápidas né? Pois então, são mesmo.

Quem narra Métrica é a Lake e eu tive altos e baixos com ela. No começo achei ela muito centrada, séria e com uma ferida difícil de cicatrizar, já que o pai tinha falecido a pouco tempo. Em outros momentos ela foi bem egoísta por pensar só em si e não querer entender ou aceitar como os outros se sentem. Ela gosta de impor a sua vontade e com isso faz uns chiliquinhos. Mas no fim nos demos bem. O Will está naquela famosa categoria de cara incrível e que deveria ser real, ou pelo menos que deveria estar na vida de todas nós. Ele é um cara honrado, não teria melhor palavra para descrevê-lo, já que é assim que descrevo pessoas que pensam mais nos outros e no que é certo acima delas mesmas.


Vocês sabem que eu não costumo ler livros com música porque meu cérebro só consegue prestar atenção em uma coisa de cada vez. Só que quando uma autora dedica um livro para uma banda, a curiosidade é muito grande e logo que eu terminei corri para saber quem são os caras. Gostei de tudo o que escutei dos The Avett Brothers e isso me deu uma noção melhor do enredo, consegui lembrar de uma ou outra cena e associar as músicas, o que fez muito sentido. A poesia no romance é algo forte e marcante, tanto que o nome da série é esse tipo de competição no qual a pessoa recita uma poesia. Só que não uma poesia com um tamanho especifico, é mais uma estória que você narra bem pequena, passando a mensagem e emoção que deseja.

Eu não classificaria Métrica como um new adult, porque esse gênero para mim tem que ter sexo, o que não é o caso desse livro. Ele é mais um romance onde duas pessoas, que tem uma vida trágica, se conhecem e começam a se ajudar. Acho que isso é que torna o livro tão atraente para todo mundo, já que a maioria deseja uma pessoa com a qual possa compartilhar não só uma intimidade, mas também que se reconheça no outro. A Lake e o Will tem dores parecidas e por isso se atraem tanto, nada como alguém que te entenda para encontrar conforto. Fora que o Will é um personagem super fofo, doce e gentil. Ele é aquele que ama não só com palavras, mas com ações também.

O livro tem uma escrita muito gostosa, eu lia e não conseguia largar, precisava saber o que ia acontecer e só larguei quando terminei. Engraçado, eu tive uma sensação diferente com esse livro. É sobre amor, sobre relacionamentos e sobre crescimento, mas quando eu penso no livro, não penso no casal como a maioria, eu acredito, penso no fato deles crescerem juntos como pessoa e casal. O que ficou para mim é que eles podem ser um casal de verdade e dar certo juntos. Não é algo que eu pense que só combinou porque a autora quis assim, não, eles se tornaram reais para mim. Por causa disso estou tão empolgada com as continuações e espero que a estória só melhore.

Não foi a morte que deu um murro em você, Layken. Foi a vida. A vida acontece. Merda acontece. E acontece muito. Com muita gente.

Métrica (Slammed #1)
Colleen Hoover
Editora Galera Record: Twitter/Facebook

3 comentários:

  1. Aii estou doida pra ler esse livro e ate tenho o primeiro.. Meu medo é ler e não ter como comprar as continuaçoes! Não sabia que o livro envolvia música e vou procurar mais sobre essa banda..
    Quanto a classificação, não acho que NA tem a ter sexo não.. É mais pela idade dos personagens e a situação que eles estão vivendo wue é diferente de YA..
    Forever a Bookaholic
    Curta a página do blog

    ResponderExcluir
  2. Oi!
    Estou completamente louca para ler esse livro. Só leio resenhas super positivas, o que aumenta mais ainda minha vontade.
    Já li um livro da Colleen Hoover e posso dizer que adoro a escrita dela.
    Só falta eu conhecer essa história que está dando o que falar.
    Beijos

    >>Tem promoção de Natal e Final de Ano lá no blog. São livros, marcadores e vale presente. Não fique fora dessa!<<
    Construindo Estante || Facebook

    ResponderExcluir
  3. Denise! Muiiita gente fala para eu ler este livro hahaha mas ainda nao tive tempo, tenho Métrica e Pausa aqui só me esperando, se seguir o nivel de Um Caso Perdido sei que vou amar!

    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.