Resenha Hot: Amor sem Limites

20/10/2014


Blaire Wynn conheceu Rush Finlay num momento muito difícil da vida dela, logo depois de perder a mãe e a casa em que morava. Filho de um astro do rock, Rush vivia num mundo de luxo, sexo sem compromisso e total despreocupação com o futuro. Exatamente o oposto de tudo o que Blaire conhecia. Mesmo com tantas diferenças, a paixão entre os dois foi arrebatadora. Porém Rush guardava um segredo de sua família que levou ao fim do namoro e a um período de tristeza absoluta para o casal. Mas eles já não sabiam viver um sem o outro e cederam de novo àquele sentimento irresistível. 

Agora Blaire está grávida, eles estão felizes e planejam se casar. Mas nem tudo está garantido. O pai de Rush chega trazendo más notícias e novamente os antigos problemas de família podem fazer com que os dois se afastem.

A narrativa do livro é a mesma que a dos dois primeiros, com o Rush e a Blaire contando as suas versões dos fatos. A gente tem dois novos personagens narrando que vou explicar quem são mais para frente. Se você não gostou dos personagens nos primeiros livros sinto informar que eles continuam os mesmos, até com um certo excesso nessa estória. A Blaire pela gravidez, acaba sendo mais insegura e tomando umas atitudes impulsivas que uma simples conversa resolveria. Já o Rush continua um personagem ótimo de ler, mas com umas doses exageradas de possessividade. Isso é dele, só que nesse esta um pouco mais do que o normal. Vocês vão perceber que a autora exagerou em várias coisas nesse livro.

É com o coração partido que digo que esse foi o livro que eu menos gostei da Abbi até agora. Vocês sabem, essa série me prendeu nos dois primeiros livros e gostei mais ou menos do livro sobre o Woods, mas esse foi decepção quase que total. Começando pelo que não gostei antes de falar da introdução a próxima série que gostei. O propósito desse livro, para mim, era acompanhar a gravidez da Blaire e dar um desfecho para o casal, só que a autora deixou isso em segundo plano para colocar problemas de outros personagens em primeiro lugar. Ela até coloca alguns problemas entre o casal principal, mas a gravidez e os dois, não ficou tão em foco assim como eu esperava. Isso acaba sendo um erro de desenvolvimento, eu pelo menos penso assim. O livro começa seguindo um caminho e a coisa se perde pelo meio.


A irmã do Rush, Nan, é uma personagem intragável. O garota chata, vocês não tem noção!! E aqui ela ganha um destaque imenso e desnecessário. No segundo livro ela já aparecia mais do que o primeiro, causando problemas também, mas aqui foi demais. Ela é o tipo de menina mimada e acostumada a ter tudo na mão, ou seja, quando isso não acontece os chiliques são inevitáveis. Isso é um problema porquê? É bem provável que a autora faça um livro ou uma série para ela, o que penso seriamente em não ler, já que nós duas não nos damos bem. Só que assim, a autora costuma mesclar as estórias dos livros, como ter spoilers do livro sobre o Woods nesse, então não sei ainda como farei caso aconteça de ter um livro da Nan.

Outra coisa que me incomodou muito foi o excesso de vulgaridade nesse livro. Eu entendo que o livro é hot e que as cenas de sexo fazem parte, mas este livro tem muito mais do que os anteriores e não combinaram com todos os momentos. Não é nem as cenas que me incomodaram, foi um personagem chamado Kiro que de 10 palavras que fala, 20 é sobre sexo e são palavras consideradas sujas. Não vi necessidade e achei que autora errou a mão, levando assim, uma parte da estória para o vulgar. O ponto que eu gostei nesse livro foi que ela apresentou quem serão os próximos personagens que ganharão um livro ou série. O Grant, irmão adotivo do Rush, e uma menina que aparece só nesse livro. Novamente a necessidade de se ler os livros dessa série na ordem.

A verdade é que eu não senti em Amor sem Limites um desfecho de série, ele foi mais como um livro continuação mesmo, daqueles que a gente espera outro para finalizar. De fato, existe um outro livro pela visão do Rush que eu não sei se continua esse terceiro livro ou se é só ele recontando os outros dois. O fato é que eu esperava uma coisa desse enredo pelo começo da narrativa e ele se mostrou outra diferente. Os personagens que receberam mais atenção nesse não me agradaram, como é o caso da Nan, e a linguagem também me desagradou. A Blaire e o Rush são um ótimo casal, deixando de lado às vezes que ela é chatinha e ele possessivo. Saber mais sobre os próximos protagonistas foi um alivio bem vindo, e como os dois são bem diferentes um do outro, estou colocando fé que vai ser legal.

Eu a encontraria e imploraria seu perdão. Eu me arrastaria aos pés dela. Faria o que fosse preciso. E então nunca mais sairia do lado dela. Por ninguém.

Amor Sem Limites - Sem Limites - Livro 03
Abbi Glines
Editora Arqueiro: Twitter/Facebook

3 comentários:

  1. Oi Mayara, obrigado pela visita lá no Doces.
    Eu terminei o livro na semana passada e concordo com você, que teve algumas passagens que poderiam ter ficado de fora, mas mesmo assim gostei muito do livro. A Nan é insuportável. Não consigo me simpatizar com ela ou mesmo me solidarizar com seus problemas.Ela não me desce mesmo.
    E o casamento deles foi lindo! Achei muito fofo as coisas que o Rush fez para ela.
    Ótima resenha.
    Bjus

    ResponderExcluir
  2. Eu amei Amor sem limites e todos os livros da Abbi nos deixam com um gostinho de quero mais. A Nan é insuportável, imagina um livro dela... O livro do Rush é a versão dele para Paixão Sem Limites.

    ResponderExcluir
  3. Eu não li esse livro ainda e acho que nem vou. Li o primeiro da série mas não gostei muito.
    Achei mto comum e a autora não conseguiu me prender mto com a história contada.
    Agora então lendo a sua resenha é que não vou ler mesmo... HAAHAHA
    Bjos!

    http://lapiselivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.