Resenha: Geek Girl #1

04/10/2014


"Meu nome é Harriet Manners e sou uma geek." Harriet Manners tem 15 anos e sabe tudo... sobre quase tudo. Ela só não sabe porque ninguém na escola parece gostar dela - especialmente sua arqui-inimiga Alexa, que adora humilhá-la todos os dias. Harriet só queria que sua vida fosse diferente... Quando Nat, sua melhor amiga, a arrasta para fazer compras num evento badalado, Harriet é descoberta por uma agência de modelos. É a grande chance de recomeçar! Mas tem um pequeno detalhe: Harriet não conhece nada sobre moda. Na verdade, ela não "Dá a mínima para a moda". E, claro, tem a Nat, que é linda, fashionista e sempre quis ser modelo.

Seria como roubar o sonho da sua melhor amiga, não é? Harriet decide fazer uma sessão de fotos com o famoso - e incrivelmente lindo! - Nick, mas esconde a verdade e mente para as pessoas que ama. O que ela não esperava é que no dia seguinte essas fotos fossem estar nas capas de todas as revistas de moda! Em meio a muitas confusões, Harriet descobre que ser modelo não é nada fácil... Afinal de contas, também existem "Alexas" nas passarelas. Será que Harriet vai gostar do mundo da moda? Ou melhor, será que o mundo da moda vai gostar dela?

Lendo a orelha do livro eu fiquei sabendo que essa estória é baseada na vida da autora, que foi descoberta com 15 anos e modelou durante dois. Geek Girl nada mais é do que um livro sobre uma adolescente, Harriet, que é atormentada na escola por ser uma nerd e num belo dia é descoberta por olheiros e vira modelo. Claro que o livro tem algumas tramas paralelas que complementam o enredo principal, como a melhor amiga de Harriet, Nat, sonhar em ser modelo desde quando era pequena. E essa trama paralela é uma das que mais impulsionam o livro, já que a amizade delas é uma das coisas mais importantes que a Harriet tem. Um romance é sempre interessante num livro e nesse tem também. Durante a sua descoberta como modelo a Harriet conhece o Nick, e um encantamento juvenil acontece entre eles.

A Harriet é quem narra o livro e o jeito que ela faz isso é engraçado, porque com os outros, às vezes, ela tenta ser outra pessoa, mas com o leitor não. Então ela coloca toda a sua 'nerdisse' para fora. Ela se atrapalha na hora de falar sobre as roupas, de conversar com o Nick e de se defender. De outros personagens tem os pais, pai e madrasta, a Nat, que é a melhor amiga dela e o Nick, o interesse amoroso. EO romance que tem no livro é bem leve e o Nick, por não aparecer tanto assim, tem as suas características pouco comentadas. Ele é um pouco mais velho que a Harriet e tem uma aparecia comum, mesmo ela descrevendo ele como a coisa mais linda que ela já viu.


O livro casou muito bem a quem ele se destina com a mensagem que deseja passar. A protagonista tem 15 anos e está naquela fase de descobertas, de saber a qual grupo pertence e qual imagem quer passar. Então o foco do livro não é o romance, embora tenha algo assim, é o crescimento que a protagonista tem diante dos obstáculos normais da idade. A mensagem do livro é, por mais complicado que a vida do adolescente esteja no momento, ela passa; ainda mais se você tiver o apoio da sua família e das pessoas que ama. Não seria legal se o livro querendo passar essa mensagem de autoconhecimento colocasse dramas que fugissem disso. Na verdade ela colocou um problema entre os pais da Harriet, que não está ligado a ela diretamente, só que a solução foi um aprendizado para ela também.

Pelo título do livro e sinopse é perceptível que o bullying será um dos temas principais do livro, e algumas pessoas costumam comentar que o assunto já é batido e as estórias acabam sendo repetitivas, eu não acho. O bullying é um dos problemas que os jovens mais enfrentam hoje em dia e o que mais determina a sua vida, no sentido de como ele vai lidar com a própria vida e com as pessoas a sua volta. Bater nessa tecla para mim nunca é demais e, o melhor, o livro não terminou a estória mostrando a Harriet e a menina que fazia bullying com ela, como amigas ou com a situação resolvida. A autora terminou mostrando que esse tipo de coisa acontece, infelizmente, mas que você precisa saber lidar com elas. Um reflexão importante não só para o adolescente, mas para qualquer pessoa.

Recebi Geek Girl de book tour e antes de receber o convite para participar, eu não conhecia o livro ou a autora. Aceitei ler porque as resenhas comentam que o livro era muito fofo e leve, além de engraçado, e realmente, ele é tudo isso e não me decepcionou. De todas as características dele eu acho que a mais importante são as lições que ele traz a respeito de como lidar com a imagem que as pessoas tem da gente e como se aceitar do jeito que é. A leitura foi mesmo rápida e divertida, mas a autora também merece os méritos por colocar assuntos importantes num livro que mesmo assim nos faz rir. Geek Girl é o primeiro do que até agora é uma trilogia e ninguém precisa se sentir enganado a respeito disso, já que logo na capa tem o nº1 para confirmar as continuações.

Geek Girl - Geek Girl - Livro 01
Holly Smale
Editora Fundamento: Twitter/Facebook

6 comentários:

  1. Olha, parece ser um livro válido de ser lido, especialmente pela questão do bullying. Concordo contigo: nunca é demais falar sobre esse tema, já que é algo que ocorre por toda parte e com muitos adolescentes/jovens. Quanto mais for falado, debatido, rebatido, mais as chances de o bullying ir se extinguindo, até não existir mais (ou pelo menos ser diminuído de forma bem significativa).
    Ótima resenha. Falou do livro, sem falar muito da estória. Isso é ótimo!
    Um abraço!

    Sacudindo Palavras

    ResponderExcluir
  2. Oii
    Não sabia que era história baseada na vida da autora.Mas gosto de livros que tratem de alguma tema interessante. Tenho vontade de ler este livro. A única coisa que desanima é que tem continuação.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Gostei bastante da resenha
    E é muito interessante o fato do livro se basear na autora
    Já estou seguindo ;)

    Beijos
    http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi Denise!

    Primeiramente, muuuito obrigada por ter aceitado participar desse Book Tour, viu? ♥
    Fiquei super contente em saber que a leitura foi agradável pra você... É realmente um livro leve com ensinamentos muito preciosos, tanto é que se eu pudesse, faria muitos adolescentes lerem. Estou bem curiosa com o segundo volume e espero que seja lançado em breve!

    Beijo :*
    http://www.estantedasfadas.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Denise, tudo bem?
    Adorei sua resenha! Também estou participando do book haul desse livro e sua resenha me animou ainda mais para realizar essa leitura.
    Concordo que Bullying é o tipo de tema que nunca está batido, já que infelizmente é algo praticado todos os dias, principalmente nas escolas.
    Fico feliz que você tenha gostado da leitura e tenha se divertido com ela. Espero gostar do livro tanto quanto você!

    Beijão ;*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  6. Este não me interessou no momento.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.