Resenha de Banca: Uma nova Chance & Desafio do Desejo

01/09/2014



Uma nova Chance – Anne Mather

Eve Robertson leva uma vida tranquila em um vilarejo afastado e quer deixar seu passado para trás. Mas a estabilidade recém-conquistada é ameaçada pela chegada de Jake Romero… Ele é alto, moreno, perigoso… e deseja Eve. O toque de Jake a deixa ansiando por mais, porém, seu segredo a impede de se entregar. No entanto, por quanto tempo ela resistirá à intensa e exótica sedução dele?

Desafio do Desejo – Lynne Graham

Desde o momento em que viu Abbey em um desfile, o magnata russo Nikolai Arlov deseja cada centímetro de seu corpo curvilíneo e sedoso. Quando ela o dispensa, ele imediatamente muda de tática e mira em seu coração vulnerável… Com os negócios da família passando por sérios problemas, Abbey sabe que o dinheiro de Nikolai é sua única esperança e sucumbe à sedução letal e à chantagem dele. Ela está pronta e ansiosa para fazer o que ele quiser. Mas Nikolai nem desconfia que sua amante relutante seja virgem. 

As duas estórias são narradas em terceira pessoa e os protagonistas da primeira são Eve e Jake. Eu não gostei da Eve logo de cara, não sei, ela me passou a impressão de ser aquele tipo de mulher sonsa, que se faz de coitadinha e desentendida para conseguir o que quer. Ela tem uma estória de vida sofrida, só que ao invés de se superar, ela se esconde num segredo muito mal explicado. O Jake já é o modelo de macho alfa que lemos na maioria desses romances, não diferencia em nada. Ele preza a quantidade e não a qualidade, só que quando se depara com a rejeição, seu pensamento muda. Como isso é um fato recorrente em romances, começo a me questionar se tudo não gira nesse fato, o de ser dispensado e só depois começar a prestar atenção. É isso o que acontece, enfim.

O casal principal da segunda narrativa é engraçado em alguns momentos, principalmente pela Abbey, que passou um tempo casada, mas ainda é virgem. Oi?! A estória toda do casamento dela é para que uma situação no futuro, aproxime ela do Nikolai. Só quem ler vai entender, mas a Abbey é muito inocente e delicada. A tipica mocinha que os homens querem salvar e quando o Nikolai a vê, fica louco por ela. E daí vem a questão da rejeição novamente. A Abbey como uma mulher viúva, mas que ainda pensa no marido, pondera ficar com esse milionário atrevido ou não. O Nikolai é um pouco inescrupuloso, forçando a Abbey a ficar com ele quando a empresa que ela trabalha, e é da família, passa por dificuldades. Depois que você passa a entender como que funciona a mente e sentimentos dele, entende por que ele é assim.

A segunda estória foi o que salvou o livro para mim. Embora ambas sejam rápidas na questão do envolvimento entre o casal principal, a autora do segundo ainda tentou trabalhar isso, tornando o relacionamento mais real. Ela colocou a mocinha em cheque sobre atos e consequências. Isso no sentido de como ter um caso com um milionário interferiria na sua vida profissional e pessoal, já que ela era uma mulher casada e que ainda tem sentimentos pelo marido falecido. O casal do primeiro, logo no incio da narrativa já tem um fogo difícil de controlar. Eles mal se olham e já começam com as frases clichês 'será que ele sabe o efeito que tem sobre mim?', quando lia coisas assim ficava pensando que é forçar muito a barra entre os personagens para ter química. O segundo casal tem e o primeiro não.

A autora da primeira narrativa quis fazer algo mais parecido com novela, com tramas paralelas e reviravoltas, cenas de efeito com suspense e alguns cortes. Isso não é ruim, pelo contrário, um enredo que dá várias possibilidades é mais fácil de gostar por não te restringir a só uma estória. Só que esse tipo de coisa precisa ser bem desenvolvida, o que não foi o caso. O segredo envolvendo a Eve, Cassandra e a avó foi forçado e depois a autora quis envolver o Jake no meio e virou uma confusão sem fim. No fim você entende onde a autora quis chegar, mas até lá não desce. No caso do segundo enredo a autora foi mais simples e focou no relacionamento da Abbey e Nikolai, com desdobramentos envolvendo os dois apenas. Nada de fator externo. Não acabou ficando do mesmo? Sim, mas depois do desastre que foi a primeira, ler algo assim foi bom.

Já li romances de banca melhores e onde as autoras souberam me envolver com poucas páginas. A leitura do primeiro não avançava de forma nenhuma e quando estava quase abandonando o livro, as duas estórias, lembrei da segunda e comecei a ler. Acabou que isso me impulsionou a terminar a primeira. Quando eu estava colocando os dados do livro li que a segunda estória, Desafio do Desejo, faz parte de uma trilogia, na verdade ele é o último. Como cada livro conta sobre um personagem, não senti falta dos livros anteriores, mas pode ser que eles sejam sobre alguém citado no enredo. Não fui atrás dos primeiros livros, porque não me interessei em ler mais dessas autoras. A Lynne Graham tem até outras estórias que as meninas gostam, mas deixa essa impressão ruim passar primeiro para depois pegar algo dela novamente. Somente dela!

Uma nova Chance & Desafio do Desejo - Coleção Passado Secreto 03
Anne Mather,  Lynne Graham
Editora Harlequin: Twitter/Facebook

2 comentários:

  1. Oi Denise,
    Já li as duas estórias, mas prefiro Desafio do Desejo da Lynne Graham, não só pela leitura ter fluido melhor, mas também por ter gostado mais de Abbey e Nikolai como casal.
    Uma observação o livro Desafio do Desejo faz parte da série Noivas Rebeldes e ele é o livro 02.

    *bye*
    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Não li nenhum dos enredos, mas não me interessei neles.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.