Resenha Hot: Estranha Perfeição

21/06/2014


Della Sloane não é uma garota comum. Ansiando se libertar do seu passado sombrio e traumático, ela planeja uma longa viagem de carro em busca de autoconhecimento e dos prazeres da vida real. Seu plano, no entanto, logo encontra um obstáculo: o automóvel fica sem gasolina em Rosemary, na Flórida, uma cidadezinha praiana no meio do nada.

Neste cenário, ela conhece o jovem Woods Kerrington, muito disposto a ajudar uma menina bonita em apuros. O que ela não sabe é que Woods é o herdeiro do country club Kerrington e está de casamento marcado com Angelina Greystone, uma união arranjada que culminará na fusão de suas empresas, garantindo o futuro profissional do rapaz. Uma noite despretensiosa parece a solução perfeita para Della e Woods fugirem por um tempo de tanta pressão.

Do passado que ela gostaria de esquecer. Do futuro de que ele tantas vezes tentou escapar. Mas eles não poderiam prever que a atração os levaria a algo mais quando os seus caminhos se reencontrassem. Agora precisam aceitar suas estranhezas para descobrirem a perfeição. Se você é fã da série Sem Limites, vai adorar este delicioso romance ambientado no mesmo universo sedutor criado por Abbi Glines.

Quem diria que uma aula sobre como abastecer um carro renderia um romance, pois foi assim que Della Sloane e Woods Kerrington se conheceram. Naquele momento ela estava apenas de passagem e viu em Woods a oportunidade de curtir ao lado de um homem que ela achou muito atraente. Meses depois o destino coloca Della trabalhando no clube de Woods, mas se engana quem pensa que as coisas entre eles vão continuar de onde pararam no primeiro encontro. Della descobre que Woods é noivo e tenta se afastar dele, mas Woods é persistente e explica que seu noivado é de fachada, só que compromisso é compromisso e enquanto ele tiver um, ela não vai querer se envolver, vai tentar pelo menos não se envolver. Será que a atração que os dois sentem um pelo outro vai ser menor que a obrigação que Woods tem com sua família?

Estranha Perfeição é narrado em primeira pessoa pelos protagonistas Woods e Della. Woods já é conhecido para quem leu os outros livros da autora, mas aqui temos mais detalhes sobre a personalidade dele e seu modo de se comportar em um relacionamento. Quando ama, ele ama de verdade e para sempre e talvez isso seja o mais interessante para se saber sobre o Woods. O instinto protetor dele é fofo, assim como a forma que ele expressa o que sente pela Della. Já a Della é mais inocente e a gente entende por quê no decorrer da narrativa. Ela não teve uma vida fácil e mesmo assim tem sonhos e quer vencer na vida. Os dois personagens tem problemas familiares, mas o da Della é de longe o mais grave e mais explorado.

Podia ser uma estupidez da minha parte, mas eu tinha me apaixonado. Mas não poderia dizer isso a ele. Woods não sabia tudo a meu respeito e dizer a ele que eu o amava era injusto.

A série Sem Limites, a primeira que a autora lançou por aqui, é um amor de série, adoro mesmo e recomendo. Então a minha empolgação com essa estava lá encima, até porque, o Woods é um personagem que aparece nos dois livros da outra série, e já chamava a atenção desde lá. O problema foi que algo não me prendeu aqui, a semelhança das protagonistas das duas séries e a minha sensação de que o Woods dos outros livros está diferente desse. A Blaire, protagonista da outra série, e a Della, a protagonista desse, são muito parecidas na questão de personalidade e colocação no enredo. As duas chegam na cidadezinha que a estória se passa deixando o passado para trás, tiveram perdas na família, são emocionalmente instáveis e frágeis e outras coisas que não posso comentar por ser spoiler. Se uma não fosse loira e a outra com cabelos escuros, seriam a mesma coisa para mim.

O Woods foi um personagem que eu amei na outra série e estava torcendo muito para que ganhasse seus próprios livros antes de saber que eles existiam. Não sei se o destaque maior que ele recebeu num livro seu deu a impressão de que o personagem está diferente, mas senti isso lendo. Eu não imaginei que ele seria tão possessivo e ciumento em alguns momentos. As semelhanças com o Rush também não dá para esconder, só que elas não são tão aparentes como a das meninas. A questão hot é bem direta e logo nas primeiras páginas a coisa rola. Durante o livro todo teremos a tensão sexual, insinuações e as cenas de fato. Elas são descritivas e embora tenha o que a maioria dos New Adults tem, fica o aviso que essa série, como a outra, explora bem o sexo.

Até o livro terminar eu estava na dúvida se continuaria lendo essa série paralela ou não. A Abbi, como comentei nas outras resenhas, tem uma escrita viciante. Os livros são pequenos e o enredo flui, mesmo que com problemas, e você só larga quando termina. Com esse aconteceu isso e o final me pegou, por isso vou continuar acompanhando e com esperanças de que essa série se desvencilhe mais da anterior, porque dá sim. Dá pra autora fazer algo novo e diferente com esses personagens. Não comecem essa série sem ter lido a anterior, pois embora os personagens sejam outros, conhecemos o Woods no primeiro livro da outra série e um personagem dos outros livros aparece, rapidamente, neste.

Meu futuro estava prestes a sair completamente dos trilhos. Não podia mais ignorar isso. Não era só sexo. Havia sido no começo, mas não era mais.

Estranha Perfeição - Perfeição - Livro 01
Abbi Glines
Editora Arqueiro: Twitter/Facebook

3 comentários:

  1. Oie Deni
    Sério que o livro não foi isso tudo? Sou apaixonada pelo Woods, até prefiro ele do que Rush, então estou louca para ler esse livro. Fiquei triste agora com suas ressalvas, mas espero que isso não aconteça com isso. Que bom que o final te fisgou. Ótima resenha.

    Beijos,
    Jéssica
    www.leitorasempre.com

    ResponderExcluir
  2. Oi, Denise, já está anotado seu conselho sobre ler o livro anterior antes de iniciar a série. É importante colocar isso para o leitor porque alguns livros, que até podemos ler fora da sequência, ficam mais claros quando lidos na ordem correta. Foi assim comigo recentemente, para resenhar um tive que ler o anterior para entender o panorama em que se desenrolava a história.
    Gostei da sua resenha, das comparações que fez entre os livros e personagens. Quando lemos séries ficamos um tanto confortáveis pra fazer isso, não é? Cabe ao autor a habilidade de dar a dosagem certa de personalidade aos personagens.
    Beijo!

    Minhas novas resenhas, adoraria ter sua opinião:
    Ler para divertir
    As Meninas que Leem Livros

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Assim como você, eu me encantei com o Woods desde a outra trilogia com o Rush e Blaire =D
    Ele é tão perfeito, só me irritou o fato dele demorar a enxergar a Della e sair logo daquela loira kkkk, o pai dele é péssimo e já vi ele dando muitos problemas nos próximos livros para este casal.
    Realmente, a leitura não modifica muito, são uns caras babacas, mas que depois agem tão fofos que não da para derreter rs, mas a escrita da Abbi é realmente viciante, tenho que ler os próximos!

    Beijos!
    de-tudo-e-um-pouco.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.