Resenha: Amor nas Entrelinhas

18/06/2014



Prestes a ficar desempregada, Laura Horsley acha que o convite para ajudar na organização de um festival literário veio bem a calhar. Mas quando recebe a missão de convencer o famoso escritor Dermot Flynn a comparecer ao evento, ela é dominada pelo pânico. Dermot é temperamental, nunca sai de casa e enfrenta um bloqueio criativo. É também o escritor favorito de Laura, além de extremamente atraente e dono de uma longa lista de conquistas amorosas. Por isso, não é de surpreender quando ele diz que só vai participar do festival se ela concordar com uma única condição, que pode colocar em risco não só o sucesso do evento, mas também o coração de Laura. 

Laura é uma jovem oficialmente desempregada e sem perspectivas de conseguir um novo emprego, até que por intermédio de seu antigo chefe, surge a possibilidade de organizar um festival literário. Organizar um evento requer mais do que apenas boa vontade e a exigência de um dos patrocinadores para que o festival aconteça prova isso, trazer o autor recluso e inacessível Dermont. Laura não sabe como vai fazer isso, mas parte numa aventura rumo a Irlanda para tentar convencer o autor a vir para o festival, só que ela te um motivo a mais para fazer isso. Ele é uma paixonite que ela tem desde a faculdade e ver ele pessoalmente pode trazer a tona os sentimentos que ela achava ter esquecido.

Embora seja narrado em terceira pessoa, Amor nas Entrelinhas acompanha quase que exclusivamente a protagonista Laura. Uma jovem inteligente, mas muito tímida e com uma vida certinha demais. O seu amor por livros me agradou e em muitas situações me vi no lugar dela, desejando poder trabalhar com livros e vivendo um romance que lemos neles. A outra metade dessa estória se chama Dermot, um escritor com uma personalidade forte, por vezes egoísta e sarcástica. As características que a autora deu para esse personagem podem, num primeiro momento, não agradar muito, mas parando para pensar você percebe o quanto ele é real e eu gostei disso.

Sabe quando um livro tem tudo para ser perfeito, mas por algum motivo não é? Então, aconteceu exatamente isso com Amor nas Entrelinhas. Quando li a sinopse e vi que envolvia um escritor famoso e uma aspirante a agente literária e organizadora de um festival literário pensei 'esse livro foi feito para mim', mas quando terminei a leitura percebi que faltava alguma coisa e fui reavaliar o livro em busca disso. Cheguei a conclusão de que falta um equilíbrio entre o romance e a parte literária dele, da organização do festival. Acabou que o casal ficou em segundo plano e quando as coisas começaram a acontecer foi bem para o final e eu já não estava mais tão sintonizada com os dois. Talvez um livro mais curto e direto me agradasse mais.

Será que luxuria combina com um enorme afeto e um toque de obsessão era o mesmo que amor?

Se por um lado a parte do casal deixou a desejar, isso porque a capa e o titulo vendem isso, a parte sobre livros foi ótima. A autora colocou a organização de um evento literário nos mínimos detalhes, e para quem gosta desse tipo de evento é um prato cheio para entender como as coisas funcionam. A Laura organiza desde o local, passando pelos autores, concursos, oficinas e muito mais. É que a gente vai num evento desses e pensa que é simples, tudo pronto e você chegando e cumprimento o autor, autografando o livro dele e indo para casa. Por trás disso tem muito trabalho que precisa ser feito para dar certo e é esse trabalho que a autora mostra pra gente usando a personagem Laura.

Foi uma boa leitura, mas fiquei decepcionada quanto ao romance como disse, mas não posso deixar que isso afete a empatia que tive pela protagonista. Ela sou eu em muitos aspectos e suspeito que tenha um pouco de muitos leitores também. O amor que a Laura tem pelos livros com certeza vai agradar a maioria, e saber como é a organização e o trabalho de uma agente literária idem. O que pode pegar é o romance, mas dai cada um é cada um e isso pode ser relevante para alguns. O enredo demora a prender e é preciso ter paciência no começo. Quando a movimentação do evento começa, a leitura pega ritmo e as paginas correm até a conclusão da narrativa.

Amor nas Entrelinhas
Katie Fforde
Editora Record: Twitter/Facebook

5 comentários:

  1. Bom dia Denise,

    Essa é a primeira resenha que leio desse livro, a sinopse é interessante e me deixou curioso, mas pelo detalhe da sua resenha vi que alguns pontos deixaram a desejar como o romance anunciado, mas parece um bom livro, boa dica...abraços.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olá.
    Adorei a resenha. Eu acho que não tinha visto sobre esse livro ainda, mas parece ser bem interessante. Uma pena que a parte do romance não tenha te agradado tanto. Geralmente é o contrário, né? As autoras se focam tanto no romance que esquecem do restante UASHUAHSUA

    Beijos, Vanessa.
    This Adorable Thing
    http://thisadorablething.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Não precisei nem ler a resenha, só pela capa já sei que quero ler ahhuauhahua
    Mas sim, li a resenha e adorei

    http://penelopeetelemaco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Tenho visto muito esse livro no instagram ultimamente =P
    Estava super curiosa a respeito porque, convenhamos, a capa é puro amor <3 Quase fiquei triste quando você disse que tinha tudo pra ser perfeito e não foi, mas, no fim das contas, eu nem curto tanto um romance suuuuper romântico, então acho que isso não é motivo pra eu desistir da futura leitura - oba! Vai de gosto, né, como você disse. Espero ter mais 'sucesso' na leitura do que você, hehe

    Blog da Mo

    ResponderExcluir
  5. Oie Denise
    Estou lendo esse livro e concordo com você, a parte literária é maravilhosa, o sonho de trabalhar com livros, mas o romance não está me convencendo. Sei lá, também está faltando algo e por isso estou com dificuldades em terminar a leitura, mas espero que até o final isso mude. Ótima resenha.

    Beijos,
    Jéssica
    www.leitorasempre.com

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.