Lançamento Gaivota: A Camisa Amarela da Seleção Brasileira

01/06/2014

Copa do mundo chegando e a editora Gaivota traz uma interessante estória sobre o assunto, a de um garoto estrangeiro que sofre preconceito por torcer para a seleção brasileira e não para a do Japão, seu país de origem. Com ilustrações e uma linguagem mais infantil, o livro retrata a diversidade, imigração, bullying e outros temas importantes. Confiram todas as informações abaixo.

O personagem dessa história é Marcelo: brasileiro, descendente de japoneses e, como grande parte da população brasileira, é também um apaixonado por futebol. Vivia uma infância comum e tranquila, até o dia em que virou piada entre os colegas por usar uma camisa amarela da seleção brasileira. 

Desde então, passou a ser visto como um garoto sem identidade “que torce pelo time de outro país”. Mas, ao invés de se deixar abater, o garoto foi atrás de suas raízes para tentar entender o motivo da gozação dos colegas.

Nessa busca, Marcelo acaba descobrindo a importância de respeitar a diversidade das raças e culturas do povo brasileiro. Além disso, seu amor pelo futebol o transforma em um craque das quadras e campos, conquistando o público com suas habilidades. 

Após concluir o ensino médio, decide cursar jornalismo e, finalmente, realiza o sonho de se tornar um cronista esportivo, aproveitando a oportunidade para homenagear a seleção brasileira em sua primeira crônica. 

De maneira simples, os autores tratam de temas como a imigração japonesa e sua cultura inserida no Brasil, relações familiares, preconceito racial, bullying e a importância de não abandonar os sonhos. 

Em pleno cenário de Copa do Mundo, Gílson Yoshioka e Myriam Chinalli prendem a atenção do leitor com uma escrita que provoca reflexões profundas a respeito do comportamento dos brasileiros em relação aos imigrantes. 

As ilustrações de Rafael Antón completam a obra literária promovendo sensibilidade e identidade, assim como o projeto gráfico que remete aos símbolos do futebol e à bandeira brasileira, representada nas cores azul e amarela. O prefácio de Tostão, eterno craque da seleção brasileira e campeão mundial na Copa do Mundo de 1970, presenteia a obra, ressaltando a sensibilidade da linguagem utilizada e a exposição tão sincera da temática. 

Sobre os autores:

Gílson Yoshioka é escritor e jornalista, pela Faculdade Cásper Líbero, em São Paulo (SP), e autor dos livros Trocando os pés pelas mãos – O futebol e a vida nas crônicas de Tostão, e Frugais transgressões (no prelo). Myriam Chinalli é escritora e psicanalista, pelo Instituto Sedes Sapientiae, em São Paulo (SP). Participou do Laboratório de Estudos sobre a Intolerância (FFLCH-USP). É consultora de ONGs ligadas à defesa dos direitos humanos e coautora de livros infantis voltados para a formação da cidadania. 

Sobre o ilustrador:

Rafael Antón nasceu na Galícia, Espanha. Já morou em Madri, Munique e agora vive em São Paulo. Trabalha para produtoras de cinema e agências de publicidade com criação de storyboards, animatics e ilustrações em geral. 

Sobre a Editora Gaivota:

A Gaivota, selo da Editora Biruta criado em 2011, prima pela qualidade literária, projetos gráficos ousados, instigantes, e ilustrações que encantam. Mas o desafio vai além: abordar de maneira lúdica temas muitas vezes considerados complexos ou desinteressantes, com o intuito de aproximar crianças e jovens de assuntos que parecem distantes de seu cotidiano. Esse foco não exclui obras que estimulem a fantasia e inspirem a aventura – por isso apresentamos aos jovens leitores aquilo que há de melhor na literatura infantojuvenil nacional e estrangeira, com livros premiados nacional e internacionalmente. 

A Camisa Amarela da SeleçãoBrasileira, R$ 29,90
44 páginas, a partir de 8 anos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.