Editora Biruta lança livro sobre os conflitos de um garoto superdotado

24/06/2014

Utilizando personagens de seu livro anterior, a autora Milu Leite narra dessa vez os conflitos de um adolescente superdotado. O livro é um lançamento da editora Biruta.

Milu Leite faz uso da metalinguagem e traz de volta personagens de livro premiado com o Jabuti em 2006.

Bernardo, um adolescente superdotado, vive as descobertas e os conflitos de alguém que não encontra lugar em seu meio e se refugia na literatura, escrevendo uma história cujos personagens são inspirados em um grupo de jovens que ele observa da janela de seu apartamento. Em O dia em que b apareceu, a escritora e jornalista Milu Leite traz uma novela policial que lança mão da metalinguagem para falar da forma como uma obra pode ser escrita: em duas narrativas que ocorrem simultaneamente.

Seu primeiro grande achado é utilizar os mesmos personagens de O dia em que Felipe sumiu, seu livro anterior, agraciado em 2006 com o Prêmio Jabuti na categoria Juvenil (3º lugar), uma história escrita por Bernardo (o mencionado b do título), agora sob a óptica de um autor-narrador-personagem revelado em sua intimidade. A história contada por b gira em torno da investigação empreendida pelos amigos Dora, Hipotenusa, Farelo, Felipe e do cachorro Tobias, a fim de elucidar o desaparecimento de um músico famoso na década de 70.

Com habilidade, Milu vai costurando as duas narrativas, que não escapam do desafio de compor um painel muito particular da vida de um garoto e sua obra, propondo um instigante questionamento dos limites entre ficção e realidade, verdade e mentira, solidão e inclusão. As tipografias em cores diferentes facilitam o entendimento das sequências, bem como as ilustrações recortadas e bastante vivas de Sergio Magno que conversam muito bem com a trama, num tom bem-humorado.

O dia em que Felipe sumiu será relançado no segundo semestre de 2014 pela Editora Biruta.

Sobre a autora:

Milu Leite nasceu na cidade de São Paulo, mas vive em Florianópolis desde 1999. É jornalista, formada pela PUC-SP. Escreve reportagens na área de cultura e comportamento para várias revistas e tem contos infantis publicados na Folhinha (Folha de S. Paulo) e na revista Nova Escola.

Sobre o ilustrador:

Sergio Magno, publicitário formado pela ESPM, é um desenhista compulsivo. Trabalhando como ilustrador e designer gráfico há 2 anos, já ilustrou mais de 15 livros, além de campanhas publicitárias e matérias para as revistas Veja e Crescer.

Sobre a Editora Biruta:

A Editora Biruta, criada no ano de 2000 pelas sócias Eny Maia e Mônica Maluf, tem seu foco na Literatura Infantil e Juvenil. Os seus livros já receberam diversos prêmios, como o Altamente Recomendável da FNLIJ (Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil) e o Jabuti, além de terem sido inseridos em catálogos internacionais e selecionados pelo PNBE (Programa Nacional Biblioteca da Escola). A proposta da Editora Biruta é oferecer aos seus leitores o melhor texto, ilustrações criativas e projetos gráficos instigantes, por meio de temas que lhes acrescentem novas vivências e se abram a múltiplas interpretações – sempre de maneira lúdica e inventiva.

O dia em que b apareceu, Daniella Bauer, R$ 36,50, ISBN 978-85-7848-133-9, a partir de 9 anos, 108 páginas.

2 comentários:

  1. Olá,
    Adorei o blog!
    O livro parece interessantíssimo e a capa é tão fofa! E o melhor é que é nacional, neh?!
    o/
    www.wannabenerd.net

    ResponderExcluir
  2. mais um livro interessante que entra pra lista de desejados! muito interessante a proposta da autora
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.