Resenha: 2001 - Uma odisseia no Espaço

17/02/2014



No alvorecer da humanidade, a fome e os predadores já ameaçavam de extinção a incipiente espécie humana. Até que a chegada de um objeto impossível, além da compreensão das mentes limitadas do homem pré-histórico, prenunciasse o caminho da evolução. Milhões de anos depois, a descoberta de um enigmático monolito soterrado na Lua deixa os cientistas perplexos. Para investigar esse mistério, a Terra envia para o espaço uma nave tripulada por uma equipe altamente treinada, assistida por um computador autoconsciente. Do passado distante ao ano de 2001, da África a Júpiter, dos homens-macacos à inteligência artificial HAL 9000, penetre a visão de um futuro que poderia ter sido, uma sofisticada alegoria sobre a história do mundo idealizada pela mente brilhante de Arthur C. Clarke e imortalizada nas telas do cinema por Stanley Kubrick. 

O livro 2001: Uma odisseia no Espaço poderia ser dividido em 4 partes. Na primeira parte temos a apresentação da obra que contem um In Memoriam e dois prefácios, sendo um deles à edição do milênio. Como eu não conhecia o autor, livro ou até mesmo o filme, essa apresentação foi muito importante como ponta pé inicial para entender a obra. O que eu achei mais interessante foi saber que o livro faz parte de uma trilogia de 4 livros e que ele foi escrito junto com o roteiro do filme. Na verdade o Arthur Clarke e o Stanley Kubrick tinham a intenção de escrever um roteiro a partir de um conto do autor, mas como ele era pequeno, eles decidiram escrever um livro e depois adaptá-lo. É bom deixar claro que o livro e filme tomaram rumos diferentes e que se você viu o filme ou leu o livro, vai encontrar detalhes diferentes nos dois.

A segunda parte é um conto, um tanto estranho sobre os homens-macacos. A princípio eu não vi muita relação nesse conto com a estória do livro, mas faz sentido sim. Esse conto fala sobre como o homem primitivo descobriu a sua força e que armas como pedras e pedaços de pau poderiam matar outros seres e alimentá-los e mais, que quem tem armas que ferem, tem poder. A estória que dá título ao livro seria a terceira parte dessa obra e ela começa com a Lua sendo habitada por humanos e a viagem de um deles para descobrir algo que está acontecendo por lá. O humano em questão é o dr. Heywood Floyd, um astronauta, que foi designado pelo presidente a descobrir se os boatos de que a uma epidemia na Lua seriam verdadeiros.

Todas as vezes que Floyd decolava da Terra, ele se perguntava se ela ainda estaria lá quando chegasse a hora de seu retorno.

A estória do dr. Floyd é a maior parte da obra e a principal por assim dizer, e tanto ela como o conto, que classifiquei como sendo a segunda parte, são narrados em terceira pessoa. A última parte do livro são dois contos que serviram como base para 2001 e que como eu disse no inicio, seriam o roteiro do filme. Vale ressaltar que essa é uma edição especial que a editora Aleph lançou, que vem com vários extras inéditos no Brasil. A edição é linda, com folhas amarelas, corte todo preto, assim como a capa. Essa imagem aí de cima é a capa do box. Li alguns comentários sobre essa edição ser ruim por não ter orelhas e que o corte preto mancha e sai com o tempo. Sobre a segunda parte eu não sei se acontece, porque é o primeiro livro que tenho assim, mas a primeira não tem fundamento. Eu li o livro e ele ficou intacto, não amassou por não ter orelhas e eu andei com ele pra todo lado sem problemas.

Esse foi meu primeiro contato com o autor e eu notei duas coisas que eu gostei no livro. Ao longo da leitura vocês não vão encontrar muitos diálogos. Essencialmente ele tem mais texto corrido do que interação entre personagens. E a segunda coisa é o detalhamento de todos os aspectos que envolvem a narrativa. O Arthur Clarke quis que o leitor se sentisse dentro do livro e deu tudo o que ele podia para isso acontecesse. No inicio de 2001 ele vai contar como é uma viagem espacial narrando a nave, as roupas, a gravidade, como que funciona o banheiro, se dá enjoo, se não dá, entre outras coisas. No decorrer do enredo ele vai contar como é a Lua, os outros planetas, a visão da Terra vendo de cima e outros componentes que formam a estória. Só para vocês entenderem, ele sabe do que está falando e te faz acreditar em tudo o que está no livro.

A leitura de 2001: Uma odisseia no Espaço não foi fácil para mim, porque o detalhamento que eu comentei acima requer atenção, e às vezes eu dispersava e precisava voltar um pouco para pegar o fio da meada. Então, esse é um livro que você tem que ler com atenção para absorver e imaginar tudo o que o autor está te oferecendo. Apesar de ser um sci-fi a linguagem dele não é complicada e é bem visual, eu vi nisso um reflexo dele ter sido feito para ser um roteiro de cinema. Eu agora estou curiosa para ver o filme e saber o que tem de diferente entre um e outro, e também porque as pessoas associam tanto ele como um dos melhores filmes do gênero. Sem falar que eu espero ter outras oportunidades de ler livros do autor, já que me dei bem com a sua escrita.

Ele havia feito, sem o menor incidente e em pouco mais de um dia, a incrível jornada com a qual o homem sonhara por dois mil anos. Depois de um voo normal e rotineiro, havia pousado na Lua.

2001: Uma Odisseia No Espaço - Odisseia Espacial - Livro 01
Arthur C. Clarke
Editora Aleph - Twitter/Facebook

3 comentários:

  1. Sinceramente? Não me empolguei com a sinopse. E nem a sua resenha bem escrita me fez ter a mínima vontade de ler 2001. =P

    Um abraço!

    Sacudindo Palavras

    ResponderExcluir
  2. Eu tenho MUITA vontade de ler este livro!!!
    Gosto do tema e do que eu acho que seja o livro, rs, acho porque só tenho visto resenhas.
    Curti a sua. Entendi bem o que você diz como uma certa dificuldade; é um clássico, e eles sempre são mais difíceis, mas são muito bons né?!

    Amei!!

    Bjkas

    Lelê Tapias
    http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. É um excelente livro que também resenhei. Gostei da tua resenha. É muito diferente da escrita da minha, mas a percepção é a mesma: é uma obra prima.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.