Resenha: Branca de Neve - Os contos Clássicos

13/01/2014



Entre os diversos autores presentes na publicação organizada por Alexandre Callari estão, os irmãos Grimm, o aristocrata Giambattista Basile, os folcloristas Joseph Jacobs, Laura Gonzenbach, Thomas Frederick Crane e Ernst Ludwig Rochholz, o romancista Alexandre Pushkin, além de um conto do próprio Alexandre Callari, que deu via a sua própria Branca de Neve, recontando a história da bela de uma maneira peculiar.

As histórias de cada autor se passam nas mais variadas regiões europeias e abordam diversos temas bem atuais e humanos como a inveja, ciúme, traição e mentira, algumas com uma pitada de romance, terror, suspense e até mesmo tragédia. Todos os contos presentes no livro vêm com um comentário e análises que visam o entendimento dos elementos que compõem suas origens, já que as narrativas contém um pouco do folclore de diversos países como a Itália, Alemanha, Suíça, Escócia, Rússia, entre outros locais.

Além de incorporar sua própria história sobre a Branca de Neve, Alexandre Callari também comenta sobre as variações da história e da própria personagem ao longo de cada conto e cada versão, analisando também os filmes com a personagem, desde o primeiro lançado em 1902 até os que estão prestes a serem lançados.

Eu estava querendo ler esse livro tem um tempo já, ele foi lançado naquele boom que tivemos sobre a Branca de Neve recentemente. Muitos livros sobre o assunto foram laçados, mas o diferencial deste, e o que me fez o desejar por muito tempo, foi que ele trazia o conto original da Branca de Neve e mais contos antigos. Além de um apanhado sobre a a influência do conto no cinema, televisão, teatro e música. A verdade é que eu estava esperando que ele fosse mais ou menos parecido com Frankenstein - As muitas faces de um monstro, que tem resenha aqui no site. No livro sobre o Frankenstein, a autora faz um apanhado histórico sobre a estória e fala sobre a influência dele em outros gêneros e como ele chegou ao que a gente conhece hoje, só que Branca de Neve - Os contos Clássicos não é bem assim.

Quando o livro chegou a primeira coisa que eu notei é que ele tinha uma diagramação lindíssima. A capa é linda e a parte gráfica não fica atrás, as paginas são decoradas e tem fotos na parte contemporânea sobre a Branca de Neve. A segunda coisa que eu percebi sobre o livro, e que me decepcionou um pouco, foi que ele era bem fininho. Assim, eu sei que livros finos podem ser ótimos e muito profundos, isso depende apenas do autor, mas no caso de um apanhado de conteúdo, onde ele esta acrescentando informações, seria mais interessante que o livro fosse gordinho. Passaria a ideia de muita novidade, sem contar que das 200 e pouquinhas pgs, 100 é um dos contos como explico a seguir, ou seja, de informação mesmo só é metade do livro.

Branca de Neve - Os contos Clássicos é dividido em 3 partes. A primeira delas é sobre os contos e nele estão reunidos 7 contos incluindo o original, dos Irmãos Grimm. Eles são antigos e de países como Itália, Rússia, Alemanha entre outros. O melhor conto é o original e quem nunca leu vai perceber o quão diferente é do que sabemos do conto da Branca de Neve. Os outros são bons também, mas a estranheza das estórias é o que marca eles. O que eu achei mais estranho foi o que narra que o papel do espelho mágico é um peixe, uma carpa para ser mais exata e ele fala. Sim, a rainha faz a pergunta clássica, com alguma diferença é claro, para um peixe. Tem contos onde a rainha tem um fim cruel e outros não, e contos onde a Branca de Neve sai ilesa e outro que nem dá um fim para ela.

A segunda parte é sobre a Branca de Neve na era contemporânea. O autor fez um apanhado superficial sobre a influência do conto em alguns gêneros, que talvez o mais conhecido seja o cinematográfico. Quem aqui não conhece a versão da Disney do conto? Eu não ficaria surpresa se alguns dissessem não saber de quem é conto original. No livro tem fotos de algumas adaptações, e informações sobre elas, como as mais recentes Espelho, Espelho meu e Branca de Neve e o Caçador. Um fato engraçado é que o autor citou inúmeras adaptações pornográficas do conto, incluindo uma brasileira. A terceira parte é uma versão do autor do livro para o conto Branca de Neve e eu não gostei, para falar a verdade eu nem cheguei a terminar de ler. O conto ser um pouquinho maior do que o resto do livro foi desnecessário, me deu a impressão de que o livro foi criado para o conto e não o conto foi acrescentado ao livro. Sem contar que tem uma cena da rainha praticamente nadando no sangue e partes cortadas de uma criada que não me desceu, parei aí.

Eu não posso terminar a resenha dizendo que gostei desse livro porque só gostei de parte dele, até a metade para ser mais exata. Os contos foram ótimos e perceber a mudança deles de quando foram escritos para como o conhecemos hoje, foi revelador. É claro que eu já sabia das mudanças, mas nunca tinha lido esse conto original, então a surpresa foi grande. A parte sobre a influência da Branca de Neve nos gêneros foi boa, mas deixou a desejar. As vezes em um parágrafo eram citados 3, 4 filmes sem muita explicação onde o autor poderia ter discorrido mais sobre eles. O conto final realmente não me agradou e eu achei que poderiam ter colocado mais conteúdo informativo ao invés de uma versão atual do conto. Recomendo o livro sim, mas saibam que tem partes que poderiam muito bem ser tiradas e outras melhor trabalhadas e acrescentadas.

*O livro vem com um prefácio da autora Babi Deweet, conhecida pelo livro Sábado a Noite, também da Generale. Ela comenta sobre os contos de fadas e sobre este em especial.

Branca de Neve é uma história sobre vaidade, mas, acima de tudo, sobre o caro preço a ser pago por colocar suas paixões acima de todas as outras.

Branca de Neve - Os Contos Clássicos
Alexandre Callari
Editora Generale - Twitter/Facebook

7 comentários:

  1. Ainda não tinha lido resenhas sobre esse livro, com a sua me convenci de que gostaria de ler só a primeira parte... Deve ser interessante conhecer os contos mais antigos da Branca de Neve, mas o resto não prenderia minha atenção.
    Beijos!
    http://sobrelivrosesonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Super interessante a ideia do livro, geralmente sabemos das histórias e nem sempre a origem delas né ^^

    Bjs, http://bsaccani.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Nossa, eu achei interessantíssimo, Mesmo vi uma entrevista com uma especialista falando sobre os contos de fada e os papéis femininos neles. De uma maneira bem crua e realística, falou muito sobre a branca de neve... Acho que gostaria de ler outras versões do conto. Beijos!

    http://umamamaeemapuros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Gosto de contos de fadas e já até tinha ouvido falar desse livro
    Mas infelizmente nunca peguei para ler

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Tenho vontade de ler, mas foi bom ler uma resenha dizendo que tem coisas a acrescentar e outras a tirar.

    Beijos,
    Carissa
    www.carissavieira.com

    ResponderExcluir
  6. Adoro esse tipo de livro com contos clássicos! É a primeira resenha que vejo sobre esse e já tenho certeza que vou me apaixonar.
    Beijos!
    http://poucosutil.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Legal, estava procurando sobre esse livro, porque quando vi ele em promoção me deu mt vontade comprar, acho depois de ler sua resenha que, de fato, vou gostar xD
    bjos!
    Komanoesifioni.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.