Lançamento da HQ Asterix entre Os Pictos + Comentários sobre a HQ!

02/12/2013


O novo — e aguardadíssimo — álbum 35 de Asterix chega em outubro! E marca a estreia de uma nova parceria. Ilustrado por Didier Conrad e escrito por Jean-Yves Ferri, traz os personagens épicos em novas aventuras... na Escócia. É nas terras dos Pictos que Obelix, Asterix e Ideiafix, entre outros, entram nas mais incríveis situações e fazem uma série de novos amigos. E inimigos!

O ilustrador Didier Conrad nasceu em Marselha, na França, e se mudou para os Estados Unidos, onde trabalhou na Disney e Dreamworks. Em 1996, criou os personagens para a animação O caminho para El Dorado, da Disney (2000). Jean-Yves Ferri vive no sudoeste da França, em Ariège. Antes de trabalhar no mítico álbum 35 de Asterix, trabalhou na famosa série Le retour à la Terre e nas aventuras de um policial chamado Aimé Lacapelle. Ambas de muito sucesso na França.

Essa vai ser a primeira vez que faço comentários sobre uma HQ, não digo resenha porque não vou me aprofundar na análise do quadrinho, para falar a verdade, nem sei como faz isso. De antemão já peço desculpas para quem gosta dessa HQ em especial (da serie) por não ter conhecimento de causa para escrever. Aqui vão ser as impressões de uma leiga no assunto. Dito as coisas importantes, vamos para o que eu achei de Asterix entre Os Pictos.

Ao contrário do que eu esperava, essa estória tem começo, meio e fim. Já escutei comentários de outras HQs que são estórias divididas em quadrinhos e que você precisa ler na ordem, se não fica perdido no enredo. Com Asterix entre Os Pictos eu não senti isso, para mim foi uma estória pequena, mas completa. Ele narra as aventuras de Asterix e Obelix entre Pictos (que constatação!!), um outro povo vizinho aos que os protagonistas vivem. Num dia de inverno, eles encontram um Picto congelado e quando ele descongela, ficam sabendo que ele foi sequestrado por um clã inimigo e jogado no lago para morrer.

A estória se desenvolve quando o Asterix e Obelix decidem ajudar o Picto e voltar para casa e descobrir quem o sequestrou. O interessante nesse quadrinho é que logo na primeira pagina ele tem um informativo sobre quem são os personagens principais. Então você tem uma pequena explicação sobre quem é o Asterix, Obelix e assim por diante. Sobre o desenho. Bom, os traços são rústicos, já que a estória se passa a muito tempo, e as cores bem vivas. A linguajem dele é um pouco estranha, já que o autor coloca o nome de quase todos os personagens para terminar com 'ix', mas não é difícil de entender.

A leitura dele foi leve, acho que como a maioria dos quadrinhos, e rápida, em poucas horas eu tinha concluído a HQ. Eu gostei da estória, mas acredito que o apelo maior dessa serie seja para os meninos e para a classe infanto juvenil. O fato de poucas mulheres aparecerem e o enredo focar mais na ação e nas aventuras, vão chamar mais a atenção dos meninos. Porém, foi interessante voltar a ler HQ já que tinha muito tempo que eu não fazia isso. Mesmo não me envolvendo tanto com os personagens e o enredo, a leitura foi válida para relembrar que às vezes, uma HQ também pode ser um limpa mente.

Asterix entre Os Pictos
Albert Uderzo, René Goscinny, Jean-Yves Ferri e Didier Conrad
Quadrinhos
ISBN: 978-85-01-40456-5
Formato: 21 x 28 x 0,4 cm
Páginas: 48
Editora Record - Twitter/Facebook

2 comentários:

  1. Olha, faz muito, muito tempo que não leio um HQ, portanto fico totalmente por fora de tudo isso. Maaaas, foi bom ler seu comentário, me lembrou a época que eu amava quadrinhos.

    bjs.
    www.like-a-livros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Olá Denise,
    Esta ai um HQ que eu gosto demais, lia muito quando era mais novo os do amigo meu....show de bola...excelente dica;;.....abraços.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.