Resenha Nacional: Perdida

01/11/2013


Sofia vive em uma metrópole, está habituada com a modernidade e as facilidades que isto lhe proporciona. Ela é independente e tem pavor a menção da palavra casamento. Os únicos romances em sua vida são os que os livros lhe proporcionam. Mas tudo isso muda depois que ela se vê em uma complicada condição. Após comprar um novo aparelho celular, algo misterioso acontece e Sofia descobre que está perdida no século XIX, sem ter ideia de como ou se voltará. Ela é acolhida pela família Clarke, enquanto tenta desesperadamente encontrar um meio de voltar para casa. Com a ajuda de prestativo Ian, Sofia embarca numa procura as cegas e acaba encontrando algumas pistas que talvez possam leva-la de volta para casa. O que ela não sabia era que seu coração tinha outros planos... 
Ao que tudo indicava, o celular que a Sofia comprou num belo dia normal, era apenas mais um aparelho que prometia ter o mundo em suas mãos, porém, o celular fez muito mais que isso, ele a levou par o séc. XIX. Ela acorda desorientada, em um lugar diferente e que ela nunca viu. Esse lugar não tem carros, asfalto, prédio e nem nada familiar. Quando um estranho montado a cavalo se aproxima, ela descobre que foi parar em outro século, em um onde ainda não existiam banheiros. Desesperada para voltar, Sofia será amparada pela família de Ian, o estranho que a encontrou. A convivência entre eles se mostra uma grata surpresa e o encantamento inicial, se torna envolvimento e isso deixa a decisão de Sofia, voltar para o seu tempo, um pouco complicada.

Quem narra o livro é a Sofia, protagonista, então é pelos olhos dela que vamos acompanhar essa volta ao séc. XIX. Essa personagem é muito descontraída e leva a vida numa boa, apesar de ser sozinha, só tendo uma amiga por perto. É ela quem dará o tom engraçado ao enredo. Imaginem vocês voltando para um tempo sem tecnologia? As cenas engraçadas envolvem a falta de banheiro e as vestimentas estranhas da época, por exemplo. A Sofia terá um bom crescimento ao longo do enredo, percebendo que o que importa nem sempre está na superfície, que é preciso cavar mais fundo para encontrar. Só para ressaltar, a protagonista não é chatinha, como a gente lê em alguns livros.

O Ian me cativou, assim como a maioria das leitoras. Ele é um personagem fofo e super educado, daqueles que você tem vontade de abraçar e não soltar nunca mais. Acho que eu fiquei mais ligada nele, por causa do amor que ele sente pela Sofia. Ele não esconde isso e expressa da forma mais doce possível, cuidado dela e sempre estando por perto. A aparência dele é bastante comum, bem bonito e chamativo, me pareceu também que ele tem aquele ar mais calmo e receptivo. Outros personagens são interessantes, como a irmã do Ian. Elisa é uma menina simpática e que você torce para ter um final feliz.

Achei esse livro super rápido e bonitinho. O tipo de livro que você quer saber o que vai acontecer e não larga até que tenha terminado. A cadencia dele é muito boa, envolvente tanto no enredo, quanto nos personagens. O interessante, é que ele se passa num século diferente do nosso, e a autora soube ambientar isso muito bem. Temos costumes, roupas, mobiliário, comida, entre outras coisas expressas de forma a te fazer acreditar que a Sofia esta num tempo diferente do dela. O romance no livro é o foco, então temos cenas bem românticas e algumas mais engraças envolvendo os dois. Outra coisa, a Carina sabe como são os jovens, e por isso, colocou algumas cenas intimas no livro, mas nada vulgar ou explicito.

Já fiquei sabendo que Perdida terá uma continuação. Para mim, isso não era necessário. O livro tem o seu fim, redondinho o que eu achei ótimo, porém, eu vou ler a sequência. Eu imagino da onde a autora partirá para escrever ele, e eu espero que seja tão bom quanto o primeiro. Só, por favor Carina, não vá me colocar nada sem muito nexo como uma outra mulher na vida do Ian ou alguém para atrapalhar a Sofia porque estragaria tudo. Se ela der continuidade ao fim, o 'depois do felizes para sempre', ai sim vai ser bacana. O livro é leve, fofo e agradável. Recomendo para todo mundo, principalmente os que gostam de um romance para se divertir e passar o tempo. É boa leitura na certa.

E aprendi que uma vida simples podia ser a mais complexa de todas, a mais feliz de todas, sobretudo se o amor da sua vida estivesse ao seu lado.
Perdida - Um amor que ultrapassa as barreiras do tempo
Carina Rissi
Editora Verus - Twitter/Facebook

18 comentários:

  1. Sofri com essa resenha e com o Ian. Gente do céu, confesso que não tinha lido nenhuma resenha antes da sua, que amei, mas já adorei o Ian. E o livro parece ser mesmo muito, muito fofo. Aqueles romances que te faz suspirar. Quero muito, como faz?!

    Beijos, http://porredelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Quando comeceia ler esse livro simplesmente não consegui parar, me diverti muito com a história e até me emocio nei em algumas partes. Sem spoiler. No fim acho que acabei me apaixonando pelo Ian também, que garota não quer alguém que cuide dela e que não esconda seus sentimentos? O livro é mesmo muito fofo...
    Beijos, Evelise

    ResponderExcluir
  3. Tenho muita vontade de ler esse livro
    Sempre falam super bem dele

    Já estou seguindo ;)

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Nossa, todo mundo está resenhando esse livro! hahahaha Eu fiz uma também, faz alguns dias. Adorei a sua resenha, realmente indica o que o livro é de verdade.
    Beijos :)

    http://poucosutil.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Ainda nao li o livro, mas de tanto ler resenha e o pessoal falando bem da historia estou muito curiosa para ler!


    xx

    ResponderExcluir
  6. Já assumo que sou uma romântica miserável e homens cavalheiros de outros séculos me encantam , ok ? hahaha Lan já estou apaixonada por você!! A resenha está maravilhosa e agora já estou louquinha pra ler! A coisa do século XIX e tal me lembrou a série A Mediadora da Meg Cabot que eu super recomendo . Acho que o Lan e o Jesse formariam belos amigos hahaha Você já leu ?
    Beijinhos!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Li eu ainda não li A Mediadora, mas está nos meus planos ler. Você não é a única que ama o Jesse e estou bem curiosa para conhecê-lo. =D

      Bjs, @dnisin

      Excluir
  7. Oi Denise :)Eu não sei ao certo, mas comecei a ler ele e adiei, preferi está em um momento melhor para essa leitura!
    Li Procura-se um Marido e super amei, esse sei que vou amar também!
    Bom final de semana :)
    http://clicandolivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá Denise,

    Achei o livro bem interessante e sua resenha me despertou curiosidade....boa dica...abraços.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. kkk sofia parece ser bem conturbada na vida, ela me deixou intrigado a quanto ler esse livro, agora to com vontade, não só pela personagem principal mas a resenha me deu tambem curiosidade em como é formado cada personagem.

    charlesmanckman@gmail.com

    ResponderExcluir
  10. Hey
    Ah super tenho vontade de ler 'Perdida'
    Adoro as resenhas que leio e Sofia parece ser meio atrapalhada hahaha
    E quero conhecer o Ian né :B

    Ótima resenha

    bjs
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  11. Oie Deni
    EU li o outro livro da autora, Procura-se um marido é amei. Gostei muito da escrita da autora e pretendo ler Perdida.
    Parabéns pela resenha.
    Beijos

    Jéssica - Leitora Sempre
    http://www.leitorasempre.com/

    ResponderExcluir
  12. Oi Denise gostei da resenha de Perdida faz tempo que quero colocar ele na minha lista de desejados, já listei para o amigo secreto!
    bjkas
    Dani Casquet- Livros, a Janela da Imaginação

    ResponderExcluir
  13. Já li vários comentários positivos sobre “Perdida” e tenho muita curiosidade de lê-lo, espero que seja em breve.

    *bye*

    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Amei a resenha! Não vejo a hora de poder ler o livro.
    Já li Procura-se um marido e amei, sou super fã da Carina Rissi. Aposto que este livro deve ser melhor ainda.
    Beijos ♥

    ResponderExcluir
  15. Este é um livro que estou mega-hiper-super curiosa em ler. Só vejo resenha positiva. Agora virando filme então, preciso mesmo ler!
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  16. Li 'Perdida' cerca de um ano depois que ele foi lançado pela Baraúna. Lembro que gostei muito da escrita da Carina, ainda mais porque ela consegue colocar cenas engraçadas e românticas em um mesmo enredo sem deixar a história destoar de sua proposta. O Ian é um fofo, impossível não se encantar com ele. Só me irritei um pouco com a forma coloquial demais que a autora utilizou para dar voz a Sofia, bem como, a repetição de algumas palavras. Com relação ao segundo livro, eu não também não vi necessidade, mas infelizmente essa é a nova mania dos autores: fazer sequências e mais sequências.
    Beijos,
    Isabelle | http://www.mundodoslivros.com/

    ResponderExcluir
  17. nossa, pela sua resenha eu já ,e apaixonei pelo Ian!!
    Com certeza eu quero conferir essa historia!! Deve ser muito apaixonante <3

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.