Seja Cult entrevista: Susane Colasanti

12/08/2013

Quem acompanha o site a algum tempo já sabe que eu AMO os livros da Susane Colasanti e fazer essa entrevista me deixou imensamente feliz. Ainda mais pelas revelações que ela fez e o quão solicita e atenciosa ela foi, ao dedicar um pouco do seu tempo para o Seja Cult. Muito obrigada Susane, adorei as respostas e você como pessoa. Espero que um dia possa ter o seu autografo nos meus livros.

Estejam preparados com a fofura da autora e espero que gostem!


1. Começando pelo básico. As ideias para o enredo dos livros geralmente vem de algum lugar especifico ou de pessoas que você conhece?

As ideias para os enredos vêm de toda parte. Alguns dos meus livros foram inspirados nas minhas próprias experiências. Keep Holding On (ainda não lançado no Brasil) inclui uma série delas, e extremamente embaraçosas que sofri na escola, de longe o pior momento da minha vida. When It Happens (ainda não lançado no Brasil) foi inspirado nas minhas experiências durante o último ano do ensino médio. Mas algumas ideias para os enredos vêm de sonhos. A ideia do triângulo amoroso de Tipo Destino veio de um sonho. Acordei e imediatamente anotei tudo o que eu conseguia lembrar dele. Eu sabia que as notas iriam evoluir para o enredo do meu próximo livro.

2. Possui algum ritual de escrita, lugar favorito ou qualquer lugar serve para escrever?

No verão passado eu me mudei para um apartamento novinho em folha. É duas vezes maior do que o antigo que eu morava. Meu escritório agora é em casa, e uma das paredes tem uma grande janela com vista para o sul. Eu tenho luz, ar fresco e uma vista para o centro de Manhattan durante todo o dia. Minha casa é o paraíso de qualquer escritor!

3. Em Bem mais Perto, assim como nos agradecimentos, fica claro o quanto Nova York é importante para você. O que ela tem de tão especial que te encanta? E qual outra cidade você tem vontade de ambientar uma história?

Nova York tem uma energia que me faz sentir viva. Mesmo nos dias em que estou triste, estar aqui me faz sentir muito grata por esta oportunidade incrível. Eu não encontrei essa energia maravilhosa em qualquer outro lugar na Terra.

4. O que mais me atrai nos seus livros são os temais sérios por traz de toda a linguagem simples e juvenil. Em Bem mais Perto você retratou a disgrafia e em Esperando por Você o transtorno de ansiedade. Você vê como sendo importante mostrar para as pessoas que algumas doenças podem ser superadas mesmo os personagens sendo tão jovens? 

Quando estou escrevendo um livro, o meu maior objetivo é sempre chegar aos leitores e ajudá-los a se sentirem menos sozinhos. Eu quero que meus leitores saibam que podem superar seus problemas ou viver normalmente com eles. Não importa o que aconteça. Eu também quero que os meus leitores sejam simpáticos com as outras pessoas que possam estar passando por esses problemas que mostro, ou até mesmo, mais graves. Estamos todos conectados. Nós não estamos sozinhos.

5. Percebo que todos os seus livros são voltados para os jovem, o que te atrai para escrever para esse público?

Minha idade é 16. Acabei de fazer 40 anos, mas não me sinto com 40! Apaixonar-se quando se é adolescente, é uma das experiência mais avassaladoras que se pode ter. Um adulto não consegue assimilar a enormidade do amor adolescente. Já que eu adoro escrever sobre o amor, especificamente almas gêmeas, escrever para os adolescentes foi uma escolha óbvia. Adolescentes são o meu povo. Eu era professora de ciências do ensino médio, antes de me tornar uma escritora em tempo integral. Tenho muito amor pelos adolescentes.

6. No livro Esperando por Você, são várias as citações do cantor John Meyer. O quanto a musica influência na sua escrita e quais outros cantores te servem de inspiração?

John Mayer canta a trilha sonora da minha vida. Suas músicas me fazem sentir como se ele me conhecesse. As emoções e o tom da sua música ressoam em mim. Outros artistas que eu sou ligada dessa maneira são Paul Simon, James Taylor, The Cure, R.E.M., Coldplay e Death Cab.

7. Se você pudesse transformar um de seus livros em filme qual seria e porquê?

Estamos trabalhando em uma adaptação cinematográfica para o livro Tipo Destino agora. Esse é o livro que os leitores mais querem ver adaptado. Eu também gostaria de ver When It Happen (ainda não lançado no Brasil) na telona. Ambos os livros têm grandes dramas envolvendo meninos e ação nas suas histórias paralelas, suficiente para manter os espectadores entretidos.


8. Conte um pouco sobre seus novos projetos.

Meu oitavo romance adolescente vai ser lançado nos Estados Unidos no próximo ano. Depois eu vou me dedicar a uma trilogia chamada Love City. O primeiro livro dessa trilogia será lançado nos Estados Unidos no verão de 2015.

9.  E para terminar, eu não poderia deixar de perguntar sobre o Brasil. Quando você virá divulgar seus livros por aqui? Tem alguma mensagem para os fãs brasileiros?

Eu gosto tanto dos meus leitores brasileiros. Eles são incrivelmente entusiasmado online. Eu realmente aprecio todo o seu apoio. Um dos meus maiores objetivos é visitar o Brasil em uma turnê. Nesse meio tempo, eu vou participar de um Hangout na sexta, 16 de agosto, com a minha editora brasileira Novo Conceito. Espero que possam participar. Vejo vocês lá!

Então, como a Susane já adiantou, vai ter hangout com ela na sexta, às 16h. Não deixem de participar enviando perguntas para esse link.


3 comentários:

  1. Oi Denise!
    Adorei a entrevista, ainda não li Bem Mais Perto, mas li Esperando Por Você e todas as sensações de se apaixonar, gostar de um programa de rádio, ser adolescente em sua essência voltaram a mim durante a leitura.
    Gostei muito da escrita da Susane e gostei muitos das perguntas que você fez a ela.
    Parabéns pela entrevista!
    Beijos,
    Ananda Dias
    http://www.entrelinhascasuais.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Denise,estou meia confusa com os livros de Susane.
    Eu comprei o tipo destino, iria começar a ler mais vi que ele tem uma continuação então não comecei a ler... Comprei também o Bem mais perto e esperando por vc! Gostaria de saber se teria alguma sequencia para leitura. Vc esta de parabéns, ótima entrevista! Aguardo retorno

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Anninha!!

      Tipo destino não possui continuação. O que acontece é que a editora Novo Conceito, para promover Bem mais perto, colocou um trecho dele no fim do livro e ainda numerou as páginas. Tipo destino termina na página 270.

      *Nenhum dos livros da autora lançados no Brasil possuem continuação, são livros únicos.

      Bjs, @dnisin

      Excluir

Tecnologia do Blogger.