Resenha de Banca: Sabor

09/08/2013


Ingredientes: Somente os maiores talentos da culinária são selecionados para participar do reality show Premier Chef. Staci Rowland chegou da Califórnia preparada para mostrar que até a chef com aparência mais frágil é capaz de manejar perigosamente uma faca afiada. Para equilibrar o sabor agridoce, acrescente Remy Cruzel. Picante, quente e sedutor, ele vem de uma das famílias mais badaladas do Sul, cuja especialidade é a tradicional cozinha cajun. Mas Remy está ansioso para mostrar que seus méritos excedem o sobrenome famoso...

Modo de preparo: Coloque Staci e Remy em competição direta e presos na mesma casa. Deixe a atração inicial atingir o ponto de fervura e rapidamente aumente o fogo até transbordar um caso flamejante.

Atenção! Como todos os ingredientes raros, Staci e Remy possuem segredinhos. Você vai querer acompanhar o preparo dessa deliciosa receita de prazer até o final!
Sabor é o livro de estreia da nova série que a editora Harlequin está lançando, Flor da Pele. Os livros são um pouco mais eróticos do que a maioria, isso dependendo do ponto de vista, e também são os primeiros, pelo menos para mim, que veem com um aviso de leitura para adultos. Quando eu vi esse detalhe, procurei nos outros livros deles que eu tinha, e esse aviso não está presente. O livro de estreia conta a estória da busca de autoafirmação de Staci Rowland e Remy Cruzel. Ambos são chefes de cozinha e ambos querem provar que são realmente bons no que fazem. Eles se conhecem durante um reality show e a química surge, fazendo com que ficar longe um do outro seja cada vez mais difícil.

O livro é narrado em terceira pessoa e acompanha o casal. A autora usou todo o enfoque na estória dos protagonistas, não deixando espaço para personagens secundários, o que é bem comum em romances de banca. A Staci é uma jovem chefe que teve problemas no passado envolvendo relacionamentos com colegas de trabalho, e que colocaram em cheque o seu talento na cozinha. Ela tem uma personalidade bem insegura em relação aos homens, no estilo de querer ter sempre algo casual para não se envolver e sofrer. Na verdade, ela fala que a família tem uma maldição, já que todas as mulheres foram abandonadas e permaneceram sozinhas.

Remy vem de uma família de chefes, todos reconhecidos no meio e que fazem bastante sucesso. Ele entra para o reality Prmier Chef, para se testar e provar a todos que o seu talento não vem de família e sim, dele. O Remy acaba mentindo sobre alguns fatos da vida dele o que acaba provocando brigas entre o casal e deixando a estória mais real e dinâmica. Como eu disse que esse livro ser mais erótico do que os outros depende do ponto de vista, foi no seguinte aspecto: tem romances de banca que não tem cenas hot e outros tem. Os livros da Linda Lael, que eu adoro, são hot assim como esse, e ás vezes até mais, e nem por isso veem com o aviso. Esse livro possui cenas descritivas, porém, poucas e nada vulgar ou fora do contexto.

Eu nunca tinha lido nada que envolvesse chefes de cozinha ou reality show, então já são pontos interessantes do livro. Tudo na estória faz referencia a comida, desde o titulo, até o relacionamento do casal. Ele não tem receitas no meio e nem nada disso, mas algumas comidas aparecem e os protagonistas a usam como forma de conquistar o outro. Como eu sou bem imaginativa, conseguia visualizar as comidas que eles estavam fazendo e outra, um é inspiração para o outro na criação de pratos e na hora de aprimorar os mesmos. O reality show é uma competição de chefes, então a gente acompanha um pouco de como são as eliminações, os prêmios, rixas e mais alguns detalhes que estamos acostumadas com esse tipo de programa.

A leitura do livro foi bem gostosa, do tipo que precisa para limpar a mente e ter um momento de lazer. A linguagem é acessível e a estória bem amarrada. Com personagens reais e que estão buscando o seu lugar no mundo, o enredo me convenceu e envolveu. Só não gostei do fim, achei um pouco corrido e esperava que a autora desenvolvesse mais a conclusão do reality show, assim como o relacionamento do casal, que brigam no ápice do livro. Foi por isso que não dei 5 estrelas para ele, mas isso não afetou muito as coisas para mim. Quero continuar lendo os livros da série, que possuem capas lindas diga-se de passagem, e espero outras boas estórias, assim como essa.

Chére, você não fez nada senão me impressionar desde o instante em que caiu nos meus braços.
Sabor - (Flor da Pele 01)
Katherine Garbera
Editora Harlequin - Twitter/Facebook

3 comentários:

  1. eu amei esse livro. Ele foi uma surpresa pra mim. E como vc falou as comidas não são narradas, mas dão muita abertura para a imaginação.

    Beijos, @_RayPereira
    http://porredelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oie :)
    Que bom que o livro é legal e prende apesar da correria que você citou no fim, pena isso, mesmo assim quero ler.

    Beliscões carinhosos da Máh-
    Cantinho da Máh
    @Maaria_Silvana

    ResponderExcluir
  3. Este livro já me conquistou pela sinopse que é uma delícia.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.