Próximos lançamentos da editora Zahar

13/08/2013

A editora Zahar publicará o livro Um estudo em vermelho do Arthur Conan Doyle em formato bolso luxo, além de os lançamentos Mavericks: a onda sinistra, O polegar do violinista e Brilhante, a história do menino gênio e autista.



Publicado originalmente em 1887, Um estudo em vermelho chegou a ser considerado uma espécie de "livro do Gênesis" para os casos de Sherlock Holmes, pois marca não só a primeira aparição pública do detetive mais popular da literatura universal como o primeiro encontro entre Holmes e Watson. Ao buscar conhecer melhor seu novo amigo, em pouco tempo Watson vê-se envolvido numa história sinistra de vingança e assassinato...

Essa Edição Bolso de Luxo traz texto integral e cerca de 30 ilustrações originais.


Um dos locais mais respeitados e venerados pelos surfistas hoje em dia, Mavericks foi considerado durante muitos anos apenas uma lenda, um pico de surfe mítico - de enormes ondas gélidas, escuras e muitas vezes mortais - em algum lugar no norte da Califórnia.

Nesse livro, o jornalista Mark Kreidler oferece uma viagem emocionante e cheia de adrenalina. Conduzindo o leitor com maestria por tubos, quedas, caldos e dropes radicais, Kreidler conjuga o relato dos bastidores da temporada de 2010 - uma das mais perigosas da história de Mavericks - com a história do lugar e de Jeff Clark, o surfista que o descobriu.


O renomado jornalista Sam Kean conta a história da genética, de Mendel e suas ervilhas até os dias de hoje, em que exames de ponta são capazes de detectar doenças que poderemos desenvolver. Ele mostra como, em algum ponto no emaranhado de fitas do DNA, se encontra a solução de muitos mistérios da espécie humana. Dentre eles, a grande saga sobre o lugar de onde viemos e como evoluímos a ponto de dominar o planeta como nenhuma outra espécie havia conseguido antes.

Tudo isso entremeado a fantásticas narrativas protagonizadas pelo DNA: as mulheres grávidas que transmitiam câncer aos filhos ainda não nascidos; os sobreviventes de bombas nucleares; a morte precoce dos primeiros exploradores do ártico; o cientista russo que teria criado um híbrido de homem e chimpanzé; e até mesmo casos em que, como o do violinista virtuose Paganini, a ciência esclarece a arte.


Jacob Barnett tem QI mais alto que o de Einstein, uma prodigiosa memória fotográfica e aprendeu cálculo matemático sozinho em duas semanas. Com nove anos começou a desenvolver uma teoria original em astrofísica - que, para os acadêmicos da área, um dia pode levá-lo ao prêmio Nobel -, e aos doze tornou-se pesquisador remunerado em física quântica na universidade. Mas a história de Jake é ainda mais extraordinária: ele é autista.

Quando foi diagnosticado, aos dois anos, a previsão mais otimista era a de que conseguiria amarrar seus próprios sapatos aos dezesseis. Especialistas concentravam esforços em desenvolver no menino habilidades práticas, mas sua mãe, Kristine, notava que ele se isolava cada vez mais. Sua experiência lhe dizia que era preciso encontrar o "brilho" de Jake, sua chama de interesse e paixão. Contra a opinião do marido e dos profissionais, ela decidiu seguir seus instintos: tirou o filho da educação especial e começou a prepará-lo sozinha para a escola convencional. 

Narrada pela própria Kristine de forma cativante e dramática, essa é uma belíssima história de superação que pode inspirar leitores de todos os tipos.

3 comentários:

  1. Oii linda!
    Brilhante é tão meu estilo. rs
    Acho que foi o que mais me interessou, apesar de ter lido apenas por cima as sinopses.

    Clicando Livros
    Abraço :)

    ResponderExcluir
  2. Não curto muito esse tipo de livro, mas quem sabe...
    Beijos, @_RayPereira
    http://porredelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Bom dia Denise,

    Gostei das novidades, principalmente do livro Um Estudo em Vermelho....abraços.


    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.