Resenha Nacional: Guardians - Volume 1

10/07/2013


O mundo dos homens é protegido do mundo de malignas criaturas por uma barreira dimensional. Frágil e sob constante ameaça, ela é protegida por doze guerreiros sob os signos das estrelas: os Guardiões. A missão desses jovens, que contam com poderes sobre-humanos, é evitar que catástrofes tomem o mundo, fechando uma fenda na barreira e impedindo a passagem dos monstros. Porém, por mais que tenham incríveis poderes, as fraquezas inerentes aos humanos – o amor, o ódio, a vingança e a hesitação – continuam presentes, tornando a missão um pouco mais difícil do que parecia ser... 
Narrado em terceira pessoa, Guardians conta a estória de Anne, uma jovem que vê a sua vida virar de cabeça para baixo ao descobrir que faz parte de um grupo de guardiões que precisam salvar o planeta. Cada guardião é regido por um signo, totalizando 12, e o da Anne é o de câncer. Porém, a maioria deles foi trinado desde pequeno para lutar contra os demônios, youkais, que ameaçam a vida na Terra, e ela é apenas uma garota mimada, tímida e reclusa. Quando vai para o Japão se reunir com os outros, Anne descobre que tem muito mais por trás dessa estória de guardiões do que apenas salvar a Terra.

Eu tive alguns problemas com a obra que me impediram de gostar mais do livro. O primeiro deles foi com o numero de personagens, são doze guardiões, mais a mentora e alguns personagens malvados. O que da por alto quinze personagens, e conhecer e acompanhar todos é complicado, sem contar que interagir eles também é difícil. Tanto que são poucas as cenas que conseguem reunir os doze guardiões. Eu não consegui guardar o nome e os detalhes de cada um, mas a personagem principal não me agradou. Senti mais empatia pelos personagens secundários como o Mau, Hikari e Shermmie. Infelizmente por serem coadjuvantes eles não tem nem uma trama maior e nem mais destaque.

O segundo foi quanto a marcação do tempo no enredo e os vários cortes que a narrativa possui. O livro não tem uma ordem linear, no sentido de um enredo bem amarrado. Ele pula de cena e situação o tempo todo. A construção dele é muito parecida com uma novela, onde varias coisas acontecem ao mesmo tempo e em lugares diferentes. Isso travou a leitura do livro para mim, pois não permitiu que ela fluísse rapidamente. Outra coisa, acredito que o tempo cronológico não foi bem determinado. O enredo gira num tempo preciso para que os guardiões salvem a Terra, só que esse tempo depois diminui e se passa tanta coisa que ele nem é lembrado mais e acaba ficando por isso mesmo.

Como eu disse, o enredo não é bem fechado, ficam muitos assuntos pendentes para as continuações e isso não é algo que eu goste. Prefiro quando a autora conclui o enredo proposto no primeiro e deixa um gancho para os outros. O livro tem furos na conclusão do enredo principal e de alguns personagens, inclusive dos secundários. Eu já imagino qual será o desfecho de tudo, mas dos personagens não e ficar com essa de "o que será que vai acontecer?" é muito desesperador. E como eu não pretendo ler as continuações, não saberei nunca.

O livro possui ilustrações, da Ana Claudia Coelho, que ajudam na visualização dos personagens, e isso proporciona ao livro um ar de mangá. Os desenhos são bons e na folha branca criaram um contraste legal, mas eu senti falta de um desenho dos demônios que os guardiões lutam para defender a Terra. Para  falar a verdade, quando eu vi as ilustrações eu pensei que elas tinham sido cridas para isso, mostrar como a autora imaginava esses seres. Só que eles não aparecem em nenhum momento, deixando para que a gente visualize. Nesse ponto eu tive um pouco de dificuldade, pois a descrição deles é pouca e dá a entender que existem vários tipos diferentes de youkais.

Esse livro tem uma cotação muito boa no skoob, mas eu não consegui me envolver com a estória. Eu demorei bem mais do que o normal para ler por causa do grande numero de personagens e porque quando eu estava gostando de uma cena, mudava para outra e assim por diante. Acredito que quem goste de mangá ou desse universo japonês vai amar esse livro. Guardians tem aquele ar de desenho animado, onde um grupo tem que lutar para vencer o mal e salvar o planeta. Para mim o livro não funcionou, não sei, acho que não era o momento dele.

Ela foi morta por um youkai, mas o mal que outros seres humanos lhe fizeram foi muito pior do que a própria morte. Nossa missão é proteger a humanidade dos youkais... Mas quem defende a humanidade dela mesma?

Guardians - Volume 1
Luciane Rangel, Ana Claudia Coelho
Editora Lexia

11 comentários:

  1. Que chato isso :( Mas do mesmo modo que não gostamos de um livro internacional pode ocorrer no brasil.

    Beijos
    @_RayPereira
    http://porredelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Já tinha ouvido falar dessa série
    Parece ser bem interessante

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Poxa esse tipo de enredo e de história definitivamente não é do tipo de coisa que me chama atenção em livro. Essas histórias que parecem ter influências em histórias japonesas, mangas, etc ... não me atrai, infelizmente.
    Abraços
    Melissa Padilha
    De Coisas por Aí

    ResponderExcluir
  4. Não é o o meu gênero favorito, me lembra manga, animê, não é o tipo de livro que eu gosto.

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia o enredo desse livro , mas achei proposta interessante, então quem sabe um dia eu leia.

    *bye*
    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Eu li e curti muito a leitura, mais até do que imaginava. O único porém pra mim é que, por ter muitos personagens, ficou um pouco difícil me envolver com todos eles, mas achei a história bem legal e bem construída!

    Beijocas!
    www.nossosromancesadolescentes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Não gostar de um livro pode acontecer, sendo nacional ou não. :(
    Eu já tinha ouvido falar do livro, mas não havia me interessado por ele e nunca havia lido uma resenha também.

    Realmente, mesmo se a história fosse bem amarrada, eu não leria por não ser o meu estilo de leitura.

    Beijos,
    Letícia - Literature Diary

    ResponderExcluir
  8. Que capa fofurinha!
    Uma pena você não ter gostado...
    Nunca tinha lido uma resenha desse livro, na verdade nunca o tinha visto!
    Não gosto muito de mangás...
    então provavelmente não irei gostar tbm D:

    Bjinhos
    Paula, http://psicosedaleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Olá,
    bom vou ser bem sincera com você eu nunca ouvi falar dessa serie de livros. Mais pelo que eu vi da sua resenha é meio chato e com varios personagens onde confunde realmente o leitor. Eu detesto esses tipos de livros, por que realmente não consigo decorar nem a metade da personalidade do personagem principal imagine bem uns 15 personagens... Mais uma coisa que eu posso dizer é que eu gostei muito da sua resenha é muito confortável de ler e de entender :D

    Beijos, Becky ^^
    http://muchachoonline.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Uma aventura que eu pretendo seguir em frente.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  11. Olá Denise,
    Já li algumas resenhas desse livro, mas sempre tive dúvidas, sua resenha deixou mais claro alguns detalhes e não sei se leria ....parabéns pela sua resenha...abraços.


    devoradordeletras.blogspot.com.br


    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.