Resenha Hot: Um gosto de Esperança - As Irmãs Keyes

13/07/2013


Jesse Keyes finalmente cresceu de verdade… Com um emprego fixo e mãe de um garotinho super agitado, ela agora está em uma posição muito melhor do que 5 anos atrás, quando saiu de Seattle grávida e incompreendida por quase todas as pessoas que conhecia. Mas havia chegado a hora de voltar para casa e enfrentar seus medos e culpas. Só que suas irmãs,Claire e Nicole, não parecem muito confiantes em relação à nova Jesse, adulta e responsável. Ainda por cima Matt, o pai de Gabe, deixa claro que não tem a menor intenção de vê-la novamente, apesar do forte desejo que ainda sentem quando estão próximos. Jesse está confusa, não sabe se poderá consertar os erros cometidos. Por outro lado, percebe que ainda é possível reconquistar Matt. E esse é todo o incentivo de que precisa para se animar outra vez!

Assim como nos outros livros, esse é narrado em terceira pessoa e acompanha os personagens Matt e Jesse, apresentados rapidamente no primeiro livro. A relação entre eles começa desgastada, o Matt acha que a Jesse traiu ele e que o filho que ela esta esperando não é dele. Jesse é mandada embora da vida dele e das irmãs por outras situações que aconteceram entre elas. Sem casa, gravida e rejeitada pelo homem que ama, ela sai da cidade e tenta recomeçar. Anos depois ela está de volta. Gabe, agora com 4 anos, pergunta pelo pai sempre, e ela acha que já foi tempo mais do que suficiente se escondendo. Jesse volta para resolver seus problemas com as irmãs e tentar reconquistar o único homem que amou.

Conhecemos a Jesse no primeiro livro muito por cima, até porque não era o livro sobre ela. A personalidade dela é a de uma jovem imatura, mimada e egoísta. Algo de grave envolvendo uma das irmãs e Matt acontece e ela é forçada a crescer. Sozinha e com um filho, ela muda e passa a ser uma mulher mais tranquila e que pensa nos outros, principalmente em Gabe. Essa mudança fica muito clara no enredo, o quanto ela teve que aprender e ser uma pessoa melhor. O Matt nunca deixou de amar a Jesse e por causa da traição, se fechou para o amor. Ele não é o cara mais bacana do mundo no começo, mas o verdadeiro Matt aparece até o fim do livro.

Sendo um romance sensual, o livro tem uma tensão entre os protagonistas e algumas cenas hots. Desde o segundo as cenas de sexo são mais detalhadas, mas ainda continuam do jeito que gosto, fazendo parte do enredo e não de forma aleatória. Porém, vale ressaltar que elas estão em maior numero e um pouco mais intensas. A química entre o Matt e a Jesse me agradou muito, só que a relação deles é mais conturbada do que a dos outros casais, além de uma traição no meio, tem também um filho que o Matt não conhecia. Eles começam o livro brigando, mas depois se acertam e o romance fica gostoso. Só um ponto legal, o filho dos dois é uma fofura, muito inteligente e falante para a idade, daqueles que te conquistam de cara.

Um detalhe na construção da estória é interessante comentar. Acontece um fato no primeiro livro que só é explicado nesse, e como se passam alguns anos entre esse fato e o tempo real do terceiro livro, a autora coloca flashbacks para explicar o que de fato aconteceu. O que eu gostei foi que nesses flashbacks, a autora soube construir o ambiente e nos fazer acreditar que eles era mais novos do que são, sejam na roupa que usam, no modo que falam ou nas atitudes. Eu acreditei que o Matt e a Jesse eram completamente diferentes antes e depois, coisa que muito autor não consegue fazer, modificar tanto a personalidade que parecem personagens diferentes.

Ah, que triste terminar uma trilogia tão boa quanto essa. Como disse nas resenhas passadas, esse era o livro ápice dos três, já que a proposta dele vinha sendo construída desde o primeiro. O que eu posso dizer é que ele não me decepcionou, gostei de como a autora finalizou a estória do Matt e da Jesse e ainda deu uma palinha da vida das outras protagonistas. Isso porque o tempo da estória caminha conforme a trilogia e esse foi o ultimo acontecimento, ou seja, as estórias não são tão independentes assim, já que existe essa linearidade. Não tenho como escolher qual deles gostei, porque todos foram 5 estrelas. Recomendo a serie pelos personagens reais, as cenas bem feitas e a estória que faz sentido e não deixa furos.

Acho que sou capaz de entregar meu coração apenas uma vez. E foi para ele. Mas a questão é se ele ainda o quer...

Um Gosto de Esperança - As Irmãs Keyes - Livro 3
Susan Mallery
Editora Harlequin

6 comentários:

  1. Eu amo os livros da Harlequin, sou suspeita pra falar. E tbm amo suas resenhas então...

    Beijos, @_RayPereira
    http://porredelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Eu nunca me interessei muito por essa trilogia não, mas depois de ler sua resenha mudei um pouco de ideia. Quem sabe ainda não a leia..
    beijos!

    ResponderExcluir
  3. Como assim essa trilogia é sensual??????????????
    Jurava que era mais uma melosa... rsrs... Ou seja, preciso tirar da minha estante e ler finalmente!
    Adorei sua resenha!!!! =)
    Beijos,
    Nica
    http://www.nicasdrafts.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá Denise! Bom, primeiro eu nem sabia que era um trilogia.. Pois é..rs
    E acho que não vou gostar do livor não: É uma trilogia, sobre um casal (não sei ao certo sobre o que a estória é realmente) Mas pelo que li, percebi que a autora apenas enrola.. Não sei se estou certo, mas é a impressão que tive. Me corrija se eu estiver enganado.. Enfim, bela resenha, mas acho que não rola ler esse livro por enquanto. hehe

    Luis Fernando
    http://novelodeletras.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Amo livros hots
    E esse parece ser muito bom, começando pela capa
    Ainda mais tendo um triologoa

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Bom dia Denise,

    Gostei muito da sua resenha, mas o livro não faz meu estilo...abraços.


    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.