Seja Cult entrevista: Katie McGarry, autora de No limite da Atração

19/05/2013

Acredito que deu para perceber a minha empolgação com o livro No limite da Atração né? Se não, leia aqui a resenha e sinta. Devido a isso, o site entrou em contato com autora e fez uma entrevista com ela. Gente, a Katie McGarry é uma autora muito simpática e atenciosa, que te responde no twitter (@KatieMcGarr) e provavelmente no facebook também. Abaixo a entrevista e espero que vocês gostem, porque eu AMEI!!!


Qual foi a sua inspiração ou de onde surgiu a ideia para o enredo de Pushing The Limits (No limite da Atração)? E a construção dos personagens? Escrever sobre qual ponto de vista foi mais complicado, de um homem (Noah) ou mulher (Echo)?

Eu estava escrevendo outro livro, quando me deparei com a voz da Echo. Quando ela pensou na seguinte questão "Quanta madeira uma marmota lançaria, se uma mormota conseguisse lançar madeira?" (jogo de palavras) e mais tarde desejou que a madeira entrasse em combustão espontânea, eu sabia que tinha encontrado alguém especial... alguém cuja inteligência me fez rir, mas que a sua dor me fez chorar. 

Eu escrevo estórias de amor, então me senti livre para levar o tempo que fosse necessário escrevendo, até encontrar o cara perfeito para a Echo -  uma pessoa que poderia ajudá-la com sua dor. Esta pessoa era o Noah. 

Sobre qual ponto de vista é mais complicado de escrever, tenho que dizer que os dois são. Às vezes a Echo era mais fácil, às vezes, o Noah. Eles se revezavam. 

O que mais me chamou a atenção no livro foi o fato do casal ser tão sofrido, porque só um ter problemas é mais convencional, mas foi na dificuldade que eles se encontraram e nasceu algo bacana. O que você espera que os leitores sintam lendo a estória deles? O Noah me fez chorar muito.

Pushing The Limits (No limite da Atração) é uma estória sobre esperança. Eu adoraria se meus leitores ficassem com a ideia, de que não importa as circunstâncias que eles estão enfrentando na vida, sempre há esperança.

Com essa explosão de livros sendo adaptados, você já imaginou a possibilidade de Pushing The Limits (No limite da Atração) virar filme ou talvez um seriado? Existe algum ator que você pense que seria o Noah perfeito ou atriz para interpretar a Echo?

Estive tão ocupada escrevendo os outros livros da serie Pushing The Limits (No limite da Atração) que não pensei muito sobre isso. Mas gosto de ouvir quem os meus leitores gostariam de ver interpretando a Echo e oNoah! 

O livro foi lançado no Brasil mês passado e está sendo um grande sucesso. Você sabe algo do país, tem sentido a nossa receptividade? Espero que um dia você possa nos visitar!!!

Acredito que a Echo e o Noah possuem um sentido universal. Eles estão enfrentando problemas que talvez nem todo mundo possa se identificar, mas que a maioria das pessoas pode entender, que é a dor, o desejo de amar e ser amado, e a busca incessante pela esperança. 

Eu acho que seria incrível visitar o Brasil! 

Você imaginava que o livro repercutiria dessa forma? Que as pessoas se identificassem e amassem os personagens?

Eu esperava que a estória de Echo e Noah tocassem meus leitores. A esperança é algo que é muito importante para mim e eu quero que as pessoas tenham isso em suas vidas. 

*Já tem algum nome especifico para as fãs do livro, algo que o fandom escolheu e você ficou sabendo?

Ainda não, mas seria divertido se isso acontecesse. =D 


E por fim, você pode nos adiantar algo do que acontece em Dare You To? A Beth é uma personagem secundaria no primeiro, mas com muito potencial. Pena que pela sinopse parece que ela não ficará com o Isaiah e sim com um novo personagem.

Eu mal posso esperar para que vocês leiam Dare you To. A Beth foi uma personagem tão incrível de escrever. E a química entre ela e Ryan é explosiva. Quando vocês lerem o livro, vão entender porque a Beth e o Isaías não ficam juntos. 

 Sobre Dare you To, tudo o que posso dizer é: chuva! 

*Noah e Echo aparecerão nesse livro?

Sim!

3 comentários:

  1. Adorei a entrevista e só fiquei com mais vontade ainda de ler o livro!
    Pena que não posso agora, tenho vários livros de parceria para ler antes desse, e por isso estou me odiando por não ter lido em inglês antes.

    Sei o quão legal é falar com um autor/autora internacional cujo livro você amou ele/ela ser super simpático.
    Tenho minhas autoras favoritas e uma delas, a Cora Carmack é uma fofa com todos os leitores, com os blogueiros também, mesmo que não sejam americanos e eu acho isso demais.

    Beijos!

    Letícia Literature Diary

    ResponderExcluir
  2. Ainda não tive o trabalho de conhecer o trabalho da autora ainda
    Mas amei a entrevista e me interessei bastante

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAI eu AMEI, ADOREI, MARAVILHOSA essa entrevista Denise, me emocionei que até quase chorei kkkk, vdd. Somos 2 então, pq eu também tenho uma enorme empolgação por No limite da Atração. Não vejo a hora de ler a história da Beth e Rya... também não vejo a hora da do Isaías <3. Você está de parabéns!

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.