Resenha: Belo Desastre

01/05/2013


Abby Abernathy é uma boa garota. Ela não bebe nem fala palavrão, e tem a quantidade apropriada de cardigãs no guarda-roupa. Abby acredita que seu passado sombrio está bem distante, mas, quando se muda para uma nova cidade com America, sua melhor amiga, para cursar a faculdade, seu recomeço é rapidamente ameaçado pelo bad boy da universidade. Travis Maddox, com seu abdômen definido e seus braços tatuados, é exatamente o que Abby precisa – e deseja – evitar. Ele passa as noites ganhando dinheiro em um clube da luta e os dias seduzindo as garotas da faculdade. Intrigado com a resistência de Abby ao seu charme, Travis a atrai com uma aposta. Se ele perder, terá que ficar sem sexo por um mês. Se ela perder, deverá morar no apartamento dele pelo mesmo período. Qualquer que seja o resultado da aposta, Travis nem imagina que finalmente encontrou uma adversária à altura. E é então que eles se envolvem em uma relação intensa e conturbada, que pode acabar levando-os à loucura. 


Abby Abernathy acabou de entrar na faculdade e tudo o que ela mais quer é deixar o passado para trás e começar de novo. Assistindo a uma luta ilegal ela conhece Travis Maddox, o popular e lindo primo de seu amigo. A atração entre eles acontece, mas para que não seja mais uma em sua rede, ela fingi não sentir nada, só que uma aposta muda tudo. Travis propõe que caso ela perca passe um mês em seu apartamento ou se ela ganhar, ele deverá ficar sem sexo pelo mesmo período. Travis e Abby começam um relacionamento totalmente entregue e sem reservas que pode tanto ser benéfico, quanto fazer mal para ambos.

A estória de Belo Desastre é contada pelo ponto de vista da Abby, o que deixa as coisas mais empáticas se você for uma mulher. Digo isso pela forma como ela narra determinadas cenas, como descrever o corpo do Travis ou o sexo. Também é interesse por ela ser o alvo do interesse dele e narrar como lida com a obsessão ou as lutas por exemplo. A Abby não é uma personagem chata ou irritante, achei que a personalidade dela é mais vulnerável por dentro e durona por fora. O outro componente do casal é o intenso, explosivo e impulsivo Travis Maddox. Não tem como negar que ele é o fator mais importante deste livro, a estória é sobre as atitudes e como a Abby lida com ele. A aparência física não podia ser melhor, tatuagens e músculos em cima de uma moto, fora a inteligencia.

O desenvolvimento da narrativa é algo que chamou bastante a minha atenção. São poucas as autoras que conseguem prender o leitor com apenas uma estória. O livro todo gira na relação da Abby e do Travis, são poucos os personagens secundários e a estória deles quase nem aparece.  Até estranhei o começo do livro, pois geralmente o casal protagonista demora um pouco para se conhecer e o relacionamento começar, mas com Belo Desastre você já entra na estória nas primeiras paginas. E para mim não ficou forçado, foi o jeito que a autora encontrou de mostrar como o romance seria dali para frente, intenso, muito intenso.

Sabe por que eu te quero? Eu não sabia que estava perdido até que você me encontrou. Não sabia que estava sozinho até a primeira noite em  que passei na minha cama sem você. Você é a única coisa certa na minha  vida. Você é o que eu sempre esperei, Beija-Flor.


Eu tinha uma impressão completamente errônea sobre esse livro, impressão essa movida pela opinião dos outros, achei até que estava lendo um livro diferente que a maioria. Brincadeiras a parte, a imagem de Belo Desastre que eu tinha era de um romance violento, onde o Maddox coagia a Abby a ficar com ele e coisas do tipo. O relacionamento dos dois é intenso e obsessivo por parte dele, mas que em nenhum momento agrediu ou a obrigou a ficar com ele e isso fica claro lendo pelo ponto de vista dela. A Abby tem consciência de como as coisas são, mas sabe que não consegue se afastar dele e dá sinais disso para o Travis. De um jeito estranho e totalmente deles, os dois formam um equilíbrio.

Outra coisa que causa uma definição errada em Belo Desastre é o de incluir ele na lista dos livros eróticos. Essas definições são pouco claras, o que é um romance erótico, sensual ou histórico. É preciso lembrar que essas divisões de gêneros são recentes, o que torna a coisa todo muito complicada. Pela minha visão Belo Desastre é um livro YA contemporâneo e sensual, isso porque em sua narrativa existem poucas cenas de sexo e essas, sem muito detalhes. Não é como se a autora descrevesse todo o ato, é apenas ela fazendo uma alusão de um momento que complementa o romance.

Não entrarei em víeis se as pessoas são injustas ou não com o livro. Sei por mim e eu amei a estória, a Abby e o Travis e como tudo se desenvolveu. A narrativa fluiu rápida para mim, pois me envolvi logo no começo da narrativa. Cheguei a comentar no twiiter que eu fazia as minhas atividades, mas com a cabeça no livro e no que poderia acontecer. Estou muito empolgada com a possibilidade do filme (post sobre isso em breve no site), com Walking Disaster e por saber que terá os livros dos irmãos do Travis. Esse tem começo, meio, e fim, mas os irmãos dele são introduzidos e são igualmente encantadores.

Eu sabia, no segundo em que te conheci, que havia algo em você que eu precisava. Acabou que não era algo em você. Era simplesmente você.


Belo Desastre - Belo Desastre #1
Jamie Mcguire
Editora Verus

16 comentários:

  1. Esse livro me atraiu há tempos, mas ainda não tive oportunidade de ler. Sei que ele foi lançado na época dos romances eróticos, mas logo percebi que não tinha nada a ver....Ansiosa para ler a saga.

    ResponderExcluir
  2. Li esse livro ano passado, é perfeito! Ao contrário de vários romances fictícios que tem por ai mostra um relacionamento mais real, afinal é bem mais fácil conhecer um cara de goste de apostas do que um vampiro rs -nada contra, também gosto de Crepúsculo-. Enfim, eu amo o equilíbrio da Abby e do Travis, como você disse. E agora estou super empolgada com Walking Desaster, a versão dos fatos do Travis deve ser incrível de se ler *-*

    ResponderExcluir
  3. eu ainda não li Belo Desastre, mas admito que até agora, minhas primeiras impressões são mais ou menos como as suas: tenho a sensação de que o relacionamento entre eles não é nada saudável ahhaha. todas as resenhas que eu li me passaram essa impressão só pelas descrições do comportamento do Travis, que parece muito louco psicopata pro meu gosto :P ainda não decidi se quero ler ou não Belo Desastre. vai depender do meu humor XP
    Beijocas

    http://nossosromancesadolescentes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Hum...pelo visto você amou o livro, hein? Não sei muito bem o que achar desse livro. Já vi resenha falando bem outras super mal...acredito que só lendo para tirar as próprias conclusões. E nem tinha visto que mudou o visu aqui, gostei!
    Beijos!
    Paloma Viricio- Jornalismo na Alma.

    ResponderExcluir
  5. Eu gostei dos irmãos dele, mas não acho que teria a necessidade de fazer um livro pra cada um deles. Esse livro foi o meu preferido do ano passado, me apaixonei por essa história.
    http://leituramagnifica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. O livro me atraiu desde o lançamento, pois gostei muito da capa. Uma coisa que você comentou e que agradou bastante foi o Travis ser inteligente, geralmente os tipos fortões e bonitões não tem tanto desta característica. Assim que puder, lerei esse livro com certeza.

    Beijos
    http://fromafallenangelsheart.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Simplesmente esse é um dos livros que mais adoro e que já reli milhares de vezes.
    Quem conhece Travis Maddox pela primeira vez se apaixona (alguns pessoas pensam como eu rs).
    Louca pra que chegue próximo mês pro lançamento da versão do Travis.
    Estou seguindo o blog, obrigada pela visita.
    Resenha #83 - Não Sou Este Tipo de Garota.
    Confere lá!
    Manuscrito de Cabeceira
    Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha fiquei muito interessada na VERSÃO DO TRAVIS!
      SABE me dizer quando sai!!!!

      Excluir
    2. Olá JeV, a previsão é para julho deste ano.

      Bjs, @dnisin

      Excluir
  8. Eu ri quando vi que este era o último post.
    Eu simplesmente tenho corrido de qualquer comentário deste livro.
    Isto porque quero lê-lo sem nem saber da sinopse, é loucura, eu sei. Mas é que as opiniões tem sido bem conflitantes (digo por cima).
    Ele está na lista de "próximo do próximo", aí eu venho conferir!

    Beijão

    Ana
    @blogeuleitora
    www.euleitora.com.br

    ResponderExcluir
  9. Sempre falam super bem desse livro
    E tenho muita vontade de ler
    Mas essa capa é bem sem graça

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Eu estou terminando de ler Walking Disaster... Muito perfeito!! Ver tudo pelo ponto de vista do Travis deixou a história ainda mais emocionante, alias foi ele que mais sofreu!!

    ResponderExcluir
  11. Esse é o próximo da minha infinita lista!


    Bjooos

    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Ola,
    Amei a sua resenha do Belo Desastre e esse livro me cativou muito pela sinopse,e agora que eu vi e li a sua resenha pude perceber que me despertou interesse ainda mais.

    Beijos
    http://muchachoonline.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Vim ver sua opinião sobre o livro porque eu tô querendo comprá-lo, espero que realmente seja bom, estou confiante na sua opinião. HAHAHA

    ResponderExcluir
  14. Nossa esse livro é simplesmente perfeito! e pra quem ainda não leu Desastre Iminente é ainda melhor!
    Pessoal eu sei que é chato, mais que tal dar uma passada no meu blog: http://meudiariojk.blogspot.com.br lá tbém tem resenhas de livros!beijoos

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.