Resenha de Banca: Desperte Comigo

28/09/2012


O acidente que deixou Blake temporariamente sem sentir as pernas também havia roubado sua vontade de viver. Seria necessário uma mulher cuja alma estivesse tão paralisada quanto a dele para trazê-lo de volta à vida. Dione Kelley era sua última chance... Ela sabia disso, e entendia o desafio que o caso dele apresentava.No entanto, o que ela não imaginava era que, ajudando Blake a superar a desilusão e recuperar as forças, ela pudesse expor as próprias dores e despertar a cura de si mesma… 

Quando eu li a sinopse desse lançamento da Harlequin fique desesperada para ler esse livro, não pelo romance, mas por um dos protagonistas ser deficiente. Personagens diferentes ou fora do convencional não são comuns, então quando aparece um livro com esse perfil, corro para ler.

A sinopse não poderia resumir o enredo de melhor forma, só vou acrescentar alguns pontos. O empresario Blake sofreu um acidente quando escalava uma montanha e perdeu temporariamente os movimentos das pernas, junto com ela, ele perdeu também a vontade de viver. Dione é fisioterapeuta e foi contratada para tirar Blake da depressão que o acidente causou, ele pode perfeitamente andar, mas precisa de alguém forte para mostrar isso a ele. Blake só não imaginava, que essa mulher forte que quer vê-lo andar novamente e ser o homem que ele era, também carrega cicatrizes de uma vida difícil.

O livro é narrado em terceira pessoa com enfoque na Dione, quem conhecemos mais durante o enredo. Percebemos logo no inicio que ela é uma mulher solitária e que algo de muito grave aconteceu em sua vida. Já Blake é a sombra do homem que foi, de ativo e sorridente passa para depressivo, emagrece e vira quase um morto vivo. Os atrativos dele só aparecem quando ele começa a acreditar no tratamento e ganhar vida novamente, dai sim ele vira um mocinho desejável, embora a protagonista, e eu também, veja ele com outros olhos logo no começo.

Esse livro trata de temas sérios com leveza e romance. Temos protagonistas que sofreram demais na vida e que estão tentando seguir em frente, pessoas assim combinam e se ajudam. Blake e Dione podem até a principio serem dois opostos, mas são iguais no quesito superação. O que Blake precisava, assim como Dione, era de alguém disposto a enfrentar com eles as dificuldades e mostrar que no fim ,as coisas podem sim dar certo. Juntos eles são aquele casal gracinha, que ficam se bicando só para fazer as pazes depois. 


Seus olhos são como ouro liquido. ... Olhos de gato. Brilham no escuro? Um homem pode se perder neles.

O livro fala sobre a fisioterapia com argumentos, é perceptível o conhecimento e cuidado da autora ao tratar do assunto. A série de exercícios que o Blake faz, o progresso, como a família lida com um fato como esse e os termos técnicos são usados com propriedade. O papel do fisioterapeuta é bem explorado, e de um modo geral como o profissional da saúde atua. Claro que o romance entre os protagonistas não poderia acontecer por não ser ético e a Dione até se questiona a respeito, só que contar como isso é resolvido seria spoiler.

Aconteceu algo na vida da Dione que a marca profundamente, é uma das cicatrizes que contei no inicio, e esse é outro tema delicado que a autora trata. É um fato que infelizmente acontece sempre, e lidar com ele varia de mulher para mulher. A protagonista se fecha para o mundo e se dedica exclusivamente ao trabalho, afastando a todos que chegam perto dela. As partes que a Dione narra no começo são um pouco angustiante porque não fazemos ideia do aconteceu e quando descobrimos ficamos tristes e torcendo para que ela supere isso e tenha um final feliz ao lado de Blake.

É um livro que recomendo por não ser só um romance sem plano de fundo, ele tem sim as cenas hots, mas não é só isso. São 200 e poucas páginas bem escritas e estruturadas, com personagens reais e que superam uma vida muitas vezes injusta com quem não merece. A autora foi feliz em como conduziu o romance e as estórias paralelas, deixou o livro de fácil entendimento, mesmo com termos técnicos, e com uma leitura gostosa. 


Quero estar com você, conversar, brigar, vela rir, fazer amor. se isto não é amor, doçura, ninguém jamais saberá qual é a diferença.


Desperte Comigo - Come Lie With Me (Rainhas do Romance 67)
Linda Howard
Editora Harlequin

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.