Resenha: Meu pai fala cada m*rda

20/01/2012


Aos 28 anos, depois de ser dispensado pela namorada, Justin Halpern volta a morar com o pai, Sam Halpern, de 73 anos. Na infância, Justin morria de medo dele, tão mal-humorado, direto e desbocado que beirava a grossura. 

Agora, já adulto, ele passa a admirar a mistura de franqueza e insanidade que caracteriza os comentários e a personalidade do pai, que considera 'sábio como Sócrates e até mesmo profético'.

Disposto a registrar a sabedoria contida nas tiradas de Sam, Justin cria uma página no Twitter para reunir suas frases malucas e observações ridículas. A obra traça um retrato da relação pai e filho e aborda temas da vida - medo, amigos, estudo, namoro, esporte, família.

A primeira vez que eu li o título do livro pensei ''o meu também'', sendo atraida pelo título, folheei o livro e logo na primeira página me deparo com a seguinte citação: ''Tudo o que peço é que cate suas tralhas e não deixe seu quarto parecendo que foi usado para uma suruba. Aliás, é uma pena você ter levado um pé na bunda da sua namorada.'' Depois de ler isso, eu soube que daria boas risadas com o livro.

Justin Halpern volta a morar com os pais aos 28 anos depois de levar um fora da namorada, e com isso passa a reviver momentos memoráveis ao lado do pai, Sam. O livro é autobiográfico e foca no relacionamento entre pai e filho, no caso, Justin e Sam. Vemos tudo pelo ponto de vista do Justin e é muito fácil se identificar com ele em algumas situaçãos, não é atoa que dizem ''pais são sempre pais''.

O que difere um pouco é que Sam tem uma maneira muito única de passar conhecimento e de ensinar Justin. Ele é sarcastico e sem pudor ao falar de qualquer assunto com o filho. Eu conseguia visualizar o tempo todo o Sam forte e imponente como é descrito no livro e Justin pequeno e medroso.

O livro reune todas as anedótas e pensamentos de Sam durante o crescimento do filho mais novo. Eu separei algumas muito engraçadas e recomendo demais a leitura. Lembrando que são fatos verídicos e que o Justin fez um twitter com o mesmo nome do livro, onde podemos encontrar outras pérolas do Sam

Sobre usar o vaso sanitário: ''Você tem 4 anos. Precisa fazer cocô no vaso. Está não é uma daquelas negociações nas quais avançamos e recuamos até chegar a um meio-termo. No final, você vai ter que fazer cocô no vaso.''

Sobre segurança infantil: ''Não toque naquela faca, você não tem necessidade alguma de segurar uma faca... Não me interessa, aprenda a passar mantega com uma colher.''

Sobre esqueçer o filme pornô no quarto dos pais: ''Seu pênis o traiu filho. Fez com que você raciocinasse mal. Está não será a última vez que isso acontece.''

Sobre minha primeira aula de direção: ''Primeiro vamos aprender o básico: um carro tem cinco marchas. Que cheiro é esse? ... Tudo bem, o básico antes do básico: só um babaca peida em um carro parado.''

Sobre vender seu amado Mercury Cougar duas portas 1967: ''Isto é o que acontece quando você tem uma família. Você faz sacrifícios. [Pausa] Você faz muitos sacrifícios. [Pausa longa.] É melhor você ficar longe de mim nos próximos dias.''

Meu Pai Fala Cada M*rda - Um Retrato Hilário e Verdadeiro da Relação Pai e Filho
Justin Halpern
Sextante

5 comentários:

  1. EU PRECISO LER ESSE LIVRO!!
    Rii muito com a tua resenha, Denise, ficou ótima, parabéns e me deixou loucamente louca para ler esse livro, vou correndo por ele na minha listinha, hahaha

    Beijos,

    http://naminhaestanteliivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela resenha!
    Pela forma divertida que você criou a sua resenha, acredito que o livro é muito engraçado.
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Oi Denise!

    Já conheço o livro e tem até um seriado de TV sobre Justin e Sam. É bem divertido! E só pensar que tudo começou no Twitter! *-*
    Beijocas,

    Lu
    www.equinocioaprimavera.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Adoooooreiiii sua resenha!!!!
    Cara esse livro deve ser muito bom!
    Já dei algumas risadas lendo a resenha imagina lendo o livro. Adorei mesmo!! (acho q vou pedir esse livro para editora kkkk)
    Muito bom mesmo Denise!!!
    Parabéns pela resenha

    Daiane
    nouniversodaliteratura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. PQP!!!

    Desculpa amiga, mas esse livro merece um PQP!
    KKKKKKKKKKKKKKKKKK

    Nooosssaaaa
    Se só com esses trechinhos, quase fiz xixi de tanto rir, imagina lendo o livro todo!!!

    Ótima Resenha!!!
    Vou ate a livraria agora mesmo pra comprar!!!

    Beijokas!
    @AnnyPlata - Estranha Estante
    aestranhaestantedagi.blogspot.com

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.