Paixão platônica por personagens de livros, eu sofro desse mal.

15/12/2011


 
 Acho meio impossível, ainda mais você sendo menina, nunca ter se apaixonado ou desejada muito que um personagem masculino de livro fosse real. Isso acontece comigo o tempo todo, ainda mais quando falamos do ideal de garoto. Mesmo esse termo ''ideal de garoto'' ser subjetivo, algumas qualidades neles não mudam de garota para garota, e para ser esse o ponto que as autoras utilizam em suas obras para deixar o maximo de nós possiveis, apaixonadas pelos mesmo personagem.

Citarei abaixo alguns personagens que povoam o meu imaginário, sonhos, coração... Lembrando que não está em ordem de preferência, até porque meu coração é grande e cabe todos eles, não sendo assim, necessário escolher. (Denise esperta kkkk)


Sam - Os Lobos de Mercy Falls (Maggie Stiefvater)

Ele é o personagem masculino principal da trilogia Os Lobos de Mercy Falls. Um lobo que salva uma menina do ataque de sua própria matilha e se apaixona por ela enquanto lobo e tenta conquistá-la quando humano. O que o Sam tem de tão especial? Sensibilidade. Ele tem a alma de um poeta (compositor), compõe música o livro todo e observa, repara no que a Grace (mocinha do livro) ta sentindo e pensando. Ele é o tipo de cara que a gente percebe que realmente destinou uma parte da vida dele para a Grace.


 O que eu mais gosto nesse personagem é ele ser sensível sem ser estranho, sem ser doce demais. A autora escreveu o Sam na medida certa. E minha fixação por lobos ajudou também.


Edward Cullen - Saga Crepúsculo (Stephenie Meyer)

Lógicamente que Edward Cullen não poderia não dar as caras nesse post. O cara que me despertou para a leitura, que me fez sonhar com o homem certo, embora nem sempre ele venha do jeito que desejamos.


A amor incondicional do casal fez muitas meninas questionarem os relacionamentos delas. Não julgo, eu fiz a mesma coisa. Porque a Bella pode ter o cara perfeito e eu tenho que me contentar com um que gosta mais de tomar cerveja e sair com os amigos do que reparar em mim? Entrar nessas questões é entrar em terreno perigoso. O que vale aqui é que Edward é sim o par ideal de 80% da meninas. Pois ele demonstra o amor da forma que nós mulheres mais idealizamos, pensando em Bella em primeiro lugar.


John Matthew - Amante Meu (J. R. Ward)

E na minha lista não poderia deixar de ter um coitadinho, esse é o meu guerreio da saga favotiro. Órfão, nascido num banheiro, criado nas ruas e mudo, John  é o tipo de cara sem futuro. Mas quem diria que debaixo daquela magresa toda estaria um guerreiro, e um dos mais importantes (leiam o livro para saber mais). John escolheu a shelan mais diferente de todas e por isso é um dos que eu mais gosto.



Além de ele ter um coração enorme, ser meigo e gentil, a mulher que ele escolheu pra ser dele é uma guerreira. Não uma shelan toda linda e bem arrumada, mas uma mulher da ação. Com uma aparencia não tão feminina como as outras, mas que é uma mulher mesmo assim. O amor dele por ela me emociona.


 Patch Cipriano - Série Hush Hush (Becca Fitzpatrick)

E por fim, Patch o meu favorito. Sei que disse que não escolheria, mas é mais forte do que eu. Patch me conquistou de uma tal forma, que não tem mais volta. O anjo caido que deveria matar uma humana, mas que se apaixona por ela e troca o que ele mais deseja por esse amor. Tem como não se apaixonar?

Sei que muitas o acham sarcastico demais, só que pra mim, esse é o carisma dele. O fato de ele não ligar de ser inconveniente e falar na cara da Nora o que ela ta sentindo, faz parte do seu charme. Eu tenho na minha cabeça como ele seria e há alguns dias vi em um ponto de ônibos um rapaz igualzinho como o imagino. Meio índio, pele escura, cabelo longos, forte e rosto bem expressivo. (uma versão mais parecida com Jake). Nem preciso dizer que a minha vontade era de me jogar do ônibus, agarrar ele e não soltar nunca mais.



É isso meninas, esse post recheado de nossos amores platônicos só pra dizer que acho esse mal perfeitamente normal. O que seria da vida sem um pouco de fantasia, não? Se eu sou feliz sonhando que sou casada com o Patch e daí, me deixa ser feliz. 

Sei que vocês podem ter outros personagens que amam e que deveriam estar aqui também, mas lembrem-se, pode ser que eu ainda não tenha esbarrado nele nos livros. ;)

11 comentários:

  1. adorei o post eu tbm tenho um amor platônico por todos que você citou exceto o John Matthew pq eu não li nenhum livro dessa saga

    ResponderExcluir
  2. Nossa, post super interessante.Minha paixão platônica é o Vishous da série IAN *.*

    Minha primeira vez no seu blog, vim visitar
    e estou adorando, resolvi a seguir e me atrever a comentar ... rs
    Parabéns pelo blog, tb tenho um, se puder retribuir a visita.... Beijinhos

    Vivi
    Razão e Resenhas
    http://vivianeblood.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. oi flor, adorei seu blog mto lindo!
    tbm tenho uma paixão platônica por personagens de livros hihihi

    bjinho
    sorte e muitos livros na sua vida!


    www.oaromadeumlivro.com

    ResponderExcluir
  4. eu, definitivamente sofro desse mal!
    Ah, o Patch é... o cara!!!!
    Fala sério, sou apaixonada por vários! Tem o Jace de IM, tem o Wrath de IAN, tem o John de Simplesmente Irressitível....
    saõ muitos =P

    ResponderExcluir
  5. Aaaaaah Edward! Hahahahaha
    AMEI o post! :))))

    Beijos

    Gleice
    @MPessoais
    www.murmuriospessoais.com

    ResponderExcluir
  6. Adooorei o post, Denise.. *o*
    Patch *--------------* OMG, ele é TDB!! g.a
    kkkkkk
    Já amei o Sam, mesmo sem ler o livro, e por causa dele eu vou ler, hahaha
    Bom, o Edward era o meu sonho, mas, agora que conheci outros vamps nem, mas mesmo assim, é o meu Ed *--* haha


    Beijos,
    http://naminhaestanteliivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Eu sofro desse mal, mas meus adorados nunca são os protagonistas, são sempre uns tiozinhos velhos, tipo aquele amigo do pai do herói da história, aquele que da os conselhos. Diria que, se isso existir, eu sou uma pedófila as avessas.
    Exemplos de paixões platônicas minhas: Remo Lupin / HP, Sirius Black / HP, Hermes / PJ, e no momento, Halt / Rangers - a ordem dos arqueiros.
    (Me surpreendi de ter lido Jogos Vorazes e não ter me 'apaixonado' por ninguém.)
    Mas, uau, é terrível, porque é um sentimento que te consome infinitamente por uma pessoa que nem sequer existe. E o Halt é tão misterioso, tão profundo, seus olhos são tão negros e seu sorriso tão revelador na minha mente. Merda.

    ResponderExcluir
  8. Amores platônicos por personagens de livro, eu MORRO desse mal... Pensa... tudo começou com... ou seria.. bem, eu sempre amei certos homens de livros e sofria por eles não existirem na vida real... Patch, Ed Culle, e sei que amarai os irmãos de IAN também, estou fadada... Mas o que mais me pegou foi o Dimitri Belikov, de Vampire Academy. Ô homi... se um russo desse entrasse na minha vida, NUNCA largaria. FATO.
    Beijinhos sonhadores

    Mary
    http://jardimdeborboletas.wordpress.com

    ResponderExcluir
  9. 'normal people: boy/girl problems
    me: attractive fictional character problems'

    ResponderExcluir
  10. ADOREI esse post!! Sam é um amor mesmo, Edward e Patch <3 Quem nunca se apaixonou e quis conhecer um homem assim?
    bjs
    x
    http://divergentvote.blogspot.com

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.